A maçã da discórdia

0

A Apple Inc., fabricante do iPod, anunciou hoje que chegou ao fim a disputa com a Beatles Apple Corps Ltd. sobre o uso da maçã, a marca das duas empresas. A informação, que está em sites abertos nesta segunda-feira, é da agência Reuters. Em comunicado distribuído à imprensa, o presidente da Apple Inc., Steve Jobs, disse que “amamos os Beatles, e foi doloroso o desentendimento com eles sobre estas marcas”.

A Beatles Apple Corps é uma empresa controlada por Paul McCartney, Ringo Starr, Yoko Ono (viúva de John Lennon) e pela fundação George Harrison e a disputa judicial começou quando a Apple, dona do iPod, decidiu entrar no negócio de música. O símbolo usado pelo Beatles é uma maçã verde, enquanto a Apple a usa mordida. Como os Beatles registraram a sua marca em 1968 e a empresa fundada por Jobs em 1976, adotou a imagem depois, a disputa foi intensa.

Um acordo permitiu a Apple Inc. usar a sua maçã mordida, desde que não fosse usada em música. Só que a empresa de Jobs entrou nesse universo e cresce a cada dia os seus investimentos nesse setor, o que levou a nova disputa. Agora, o acordo foi selado e todas as marcas relacionadas a Apple pertencem agora a Jobs.

Neil Aspinall, gerente da Apple Corps, informou à agência internacional de notícias Reuters que foi ótimo deixar a disputa para trás. “Os anos que virão serão emocionantes para nós. Desejamos à Apple Inc. todo o sucesso e buscaremos muitos anos de cooperação pacífica com eles.”

A Apple Inc., segundo a Reuters, venceu uma disputa de marcas com a Apple Corps em maio de 2006, quando um juiz determinou que a empresa não violou acordo anterior ao usar o logotipo da maçã para vender música. A Apple Corps decidiu apelar do julgamento na ocasião.

Share.

About Author

Comments are closed.