A Zeca-feira de Brahma

0

Se uma sexta-feira não é suficiente, não tem problema. A Brahma transforma a quarta-feira em mais uma oportunidade para curtir com os amigos, relaxar e recuperar o fôlego para o final da semana. Desde o último dia 11 de abril de 2007, quando estreou sua nova campanha nacional de Brahma, a quarta-feira passou a ser conhecida como ‘Zeca-feira’ e virou polêmica. Na internet, muitos reclamam que a campanha está sendo veiculada em rádios abertas e chega a todos os locais onde estão os consumidores, mas o fato é que, como queria o publicitário Nizan Guanaes, da agência Africa, a Zeca-feira começa a fazer efeito. Ou seja, está caindo na boca do consumidor.

“A criação da ‘Zeca-feira’ é uma homenagem ao consumidor de Brahma, que precisa quebrar a rotina para recarregar as baterias e continuar seguindo em frente”, afirma Bruno Consentino, gerente de marketing da Brahma. “A idéia uma ‘nova’ sexta-feira no meio da semana”, completa.

O primeiro filme, estrelado por Zeca Pagodinho, apresentou ao consumidor o conceito da Zeca-feira. Com linguagem leve e divertida, ele traz cenas comuns do cotidiano do consumidor que acontecem às quartas-feiras, mas que seriam muito mais interessantes numa sexta-feira, com Brahma e na companhia dos amigos. Assistir ao jogo de futebol na TV é um exemplo. O filme é narrado pelo cantor, que já aderiu ao conceito. “Mais uma sexta-feira na semana todo mundo ama”, diz o sambista.
Outros comerciais, ainda sem data de veiculação definida, darão sustentação ao primeiro. Além de TV, a campanha prevê anúncios em impressos, internet, mídia exterior, spots em rádios e ações em pontos-de-venda.

Campanha

Estrelado por Zeca Pagodinho, “Zeca-feira”, o primeiro filme da campanha mostra consumidores em cenas corriqueiras que aconteçam às quartas-feiras, mas que seriam muito mais interessantes numa sexta-feira. Uma locução em off comenta as cenas “Nos países onde têm Brahma, a quarta feira sempre foi assim. Você via uma mulher linda e não estava com os amigos pra comentar. Você ficava com raiva do chefe e voltava pra casa com a raiva. Você via o seu time ganhar na televisão e não tinha com quem comemorar”. O filme corta para uma folhinha de calendário e o Zeca Pagodinho escreve letra Z sobre o Q da quarta-feira. Por isso, a quarta-feira virou Zeca-feira, comenta o locutor, que é o próprio Zeca. A cena corta para um bar lotado, todos na maior animação. Vemos o Zeca e amigos numa mesa. Todos cantam o hit da campanha: “É a Zeca-feira no meio da semana. A quarta-feira agora é sexta também. É mais uma idéia da Brahma. Pediu Brahma, pediu bem”.
O filme termina com a assinatura “Brahma. Todo mundo ama”.

Brahma

Lançada em 1888 por um imigrante suíço, Brahma é, hoje, sinônimo de cerveja no Brasil, e a 5ª mais vendida no mundo. A ampliação de suas vendas para outros continentes é um marco em sua história centenária.
Em pouco mais de um ano de existência em países fora da América Latina, a Brahma alcançou excelentes resultados e mostrou que além de sinônimo de cervejas no Brasil tem grande potencial junto aos consumidores do mundo todo
Atualmente, Brahma pode ser encontrada em mais de 30 países, entre eles a Rússia, que representa hoje o quinto maior volume de vendas de Brahma no mundo, depois de Brasil e América Latina. Estados Unidos, Canadá, Bélgica, França, Inglaterra, Irlanda, Ucrânia, Itália, Espanha, Suécia, Austrália, Nova Zelândia, China e Holanda também estão entre os países onde desde 2005 os consumidores podem saborear a cerveja brasileira.

Share.

About Author

Comments are closed.