CANNES LIONS 2016: UM DRIBLE NA CENSURA E UM GRAND PRIX

0

A censura aos seios femininos por parte de redes sociais, como o Facebook, mesmo quando se trata de serviço de utilidade pública como o combate ao câncer de mama, onde o toque é importante ferramenta preventiva, levou a agência David Buenos Aires a dar um drible na censura colocando um homem na frente com uma mulher massageando os seus mamilos e veiculando a campanha “Man Boobs”, criada para o Movimiento Ayuda Cancer de Mama (Macma), entidade argentina de prevenção ao câncer de mama, nas redes sociais. Resultado: a agência acaba de conquistar o Grand Prix for Good do Festival de Cannes 2016.

De uma maneira leve, o filme mostra uma mulher fazendo o exame de toque, passo a passo, nos seios de um homem, uma vez que as redes sociais censuram imagens dos seios femininos.

A ideia surgiu quando a agência descobriu ser difícil convencer as jovens com mais de 25 anos sobre a importância do acompanhamento da saúde das mamas regularmente. Porém, estas mesmas mulheres checam seus aparelhos celulares a cada cinco minutos. Esta foi a oportunidade que a DAVID abraçou para criar uma campanha que pudesse ser vista em qualquer dispositivo.

“Em geral, os seios femininos ainda são um tabu na comunicação, mesmo que seja para um alerta de saúde. Então, optamos por sinalizar usando homens e assim alcançar o nosso objetivo, de difundir esta mensagem de uma forma descontraída e bem-humorada”, explica Gaston Bigio, um dos fundadores da DAVID e head de criação do escritório de Buenos Aires.

Para Bigio, o GP da DAVID no maior evento da comunidade criativa global é uma coroação. “Abrimos a DAVID quatro anos atrás com um sonho, fazer o melhor trabalho que importa para as pessoas e estamos muito contentes que o sonho tenha se tornado realidade”.

O Grand Prix for Good é dedicado a trabalhos realizados para organizações sem fins lucrativos ou para serviços públicos. Além deste GP, a campanha também levou 2 Ouros no Lions Health em Branded Content: Digital; e Digital: Online Video.

Compartilhar.

Sobre o autor

Comentários desativados.