ASSÉDIO SEXUAL NO METRÔ DE LONDRES

0

O Metrô de Londres lançou campanha de grande impacto para estimular as denúncias de assédio dentro dos seus vagões e chamar a atenção para o uso do número telefônico 101, onde estas atitudes podem e devem ser denunciadas. Quem liga não precisa comprovar a denúncia, a polícia irá apurar. A ofensiva, intitulada “It To Stop It”, nome do relatório revelando que apenas uma em cada 10 pessoas relatam casos de assédio no Metrô de Londres surge na sequencia do projeto “The Guardian” que reúne Transport for London (TfL), Metropolitan Police e City of London Police. O filme criado pela Polícia de Transportes Britânica (BTP) é de altíssimo impacto.

 

A ideia do filme, que também ganhará os canais do próprio Metrô de Londres, é mostrar que, muitas vezes, nos calamos diante de situações como a apresentada. No horário de pico, com vagões lotados, um homem começa a se encostar numa mulher sem permissão. Ela procura, educadamente, como ocorre na maioria dos casos, se desviar, mas ele insiste. O vídeo provoca com perguntas do tipo se ao ver tal situação você a denunciaria, pois esse seria o procedimento desejado que a polícia pretende estimular. A ideia é inibir tais atitudes que encorajam  a masturbação sobretudo masculina e que tem afastado as mulheres do transporte público.

O programa “The Guardian”, de acordo com Mark Newton, um dos responsáveis pela campanha em Londres, ampliou em 30% o número de denuncias. Ele diz que essa é a intenção, pois todos precisam usar o transporte público com segurança e respeito. No Brasil, tais queixas são comuns e levaram gestores, como no caso do Metrô no Rio e em São Paulo, a criarem inclusive vagões femininos, também criticados por segregar. O importante para os usuários é disciplinar o público para a inconveniência de tais atitudes de assédio sexual sejam inibidas, que é justamente o que tem procurado fazer as autoridades britânicas.

Compartilhar.

Sobre o autor

Comentários desativados.

000-017   000-080   000-089   000-104   000-105   000-106   070-461   100-101   100-105  , 100-105  , 101   101-400   102-400   1V0-601   1Y0-201   1Z0-051   1Z0-060   1Z0-061   1Z0-144   1z0-434   1Z0-803   1Z0-804   1z0-808   200-101   200-120   200-125  , 200-125  , 200-310   200-355   210-060   210-065   210-260   220-801   220-802   220-901   220-902   2V0-620   2V0-621   2V0-621D   300-070   300-075   300-101   300-115   300-135   3002   300-206   300-208   300-209   300-320   350-001   350-018   350-029   350-030   350-050   350-060   350-080   352-001   400-051   400-101   400-201   500-260   640-692   640-911   640-916   642-732   642-999   700-501   70-177   70-178   70-243   70-246   70-270   70-346   70-347   70-410   70-411   70-412   70-413   70-417   70-461   70-462   70-463   70-480   70-483   70-486   70-487   70-488   70-532   70-533   70-534   70-980   74-678   810-403   9A0-385   9L0-012   9L0-066   ADM-201   AWS-SYSOPS   C_TFIN52_66   c2010-652   c2010-657   CAP   CAS-002   CCA-500   CISM   CISSP   CRISC   EX200   EX300   HP0-S42   ICBB   ICGB   ITILFND   JK0-022   JN0-102   JN0-360   LX0-103   LX0-104   M70-101   MB2-704   MB2-707   MB5-705   MB6-703   N10-006   NS0-157   NSE4   OG0-091   OG0-093   PEGACPBA71V1   PMP   PR000041   SSCP   SY0-401   VCP550   HP0-S42   70-483   101   000-080   1z0-434   CCA-500   CAP   1Z0-804   220-802   70-483   SY0-401   70-980   300-101   c2010-652   ICGB   1Z0-144   101   70-533   000-017   1Z0-060   640-916   9L0-012   MB2-704   9L0-066   2V0-621D   1Z0-144   1Y0-201   74-678   EX200   70-483   700-501   210-260   200-310   100-105  , JK0-022   350-080   300-070   CISSP   810-403   CAS-002   300-206   200-101   OG0-093   000-104   MB6-703   CISSP   1Z0-144   070-461   1Z0-060   SSCP