CELEBRIDADES GLOBAIS CONTAM COM SEU APOIO AOS REFUGIADOS

0

Mais de 60 celebridades de diferentes partes do mundo se uniram para pedir ao mundo mais solidariedade #ComOsRefugiados. Campanha busca assinaturas para petição que vai ser apresentada na Assembleia Geral da ONU. O Dia Mundial dos Refugiados será celebrado amanhã, 20 de junho, em todo o mundo com o objetivo de alertar a humanidade para o problema que afeta milhões de vidas ao redor do planeta.

A Agência da ONU para Refugiados (ACNUR) lançou uma campanha global para pedir ao mundo mais solidariedade #ComOsRefugiados. Em um vídeo em defesa das populações deslocadas pela violência e por riscos às suas vidas, mais de 60 celebridades de diferentes partes do mundo aparecem ao lado de refugiados e trabalhadores humanitários para difundir a mensagem: “Nós estamos juntos com os refugiados. Por favor, junte-se a nós”.

A campanha quer conquistar assinaturas para uma petição que apela aos governos por ações em prol das pessoas que são forçadas a se deslocar por causa de guerras e conflitos.

O documento pede especificamente que governos garantam acesso à educação para todas as crianças refugiadas, lugares seguros para todas famílias deslocadas e oportunidades de trabalho e aprendizado para que refugiados consigam contribuir positivamente com suas comunidades.

Em meio ao recrudescimento de uma retórica antirrefugiados e de restrições aos pedidos de asilo, a campanha também busca mobilizar apoio público às vítimas de deslocamento forçado que tiveram de cruzar fronteiras nacionais.

A petição será entregue aos Estados-membros antes do encontro de alto nível da Assembleia Geral da ONU sobre Refugiados e Migrantes – que será realizado em setembro, em Nova York.

Assine o documento aqui.

A embaixadora da Boa Vontade do ACNUR e premiada atriz australiana Cate Blanchett alertou que “a solução definitiva é política, precisamos de paz e estabilidade”.

“Mas enquanto esperamos por isso, nós – como uma voz única – podemos e devemos fazer a nossa parte. Temos de exigir que todos os países tenham uma responsabilidade compartilhada para assegurar que os refugiados tenham proteção, abrigo e a chance de viver uma vida digna e produtiva”, enfatizou.

Outros embaixadores da Boa Vontade do ACNUR aparecem no vídeo da iniciativa, incluindo o autor Khaled Hosseini e a supermodelo e ex-refugiada Alek Wek. Outras vozes que apoiam a campanha são o secretário-geral da ONU, Ban Ki-moon; líderes religiosos, como o arcebispo Desmond Tutu; atores como Benedict Cumberbatch, Chiwetel Ejiofor, Margot Robbie, Ben Stiller, Helen Mirren; e os cantores Juanes, Mika, Maher Zain e Babaa Maal.

“Os refugiados são mães, pais, irmãs, irmãos, crianças, com as mesmas esperanças e ambições como nós – exceto que uma reviravolta do destino impôs suas vidas à uma crise global, numa escala sem precedentes”, disse o afegão Khaled Hosseini.

Um grupo de refugiados sírios chega à ilha de Lesbos, na Grécia, depois de viajar em um bote inflável da Turquia. Foto: ACNUR/Andrew McConnell

Um grupo de refugiados sírios chega à ilha de Lesbos, na Grécia, depois de viajar em um bote inflável da Turquia. Foto: ACNUR/Andrew McConnell

O atual número de pessoas forçadas a deixar suas casas por conflitos e perseguição já atingiu o nível mais alto desde o final da Segunda Guerra Mundial.

“Em 2015, milhões de pessoas foram deslocadas pela primeira vez, incrementando o número de refugiados e deslocados internos globalmente. Majoritariamente, os países em desenvolvimento foram os mais afetados, mas a Europa também testemunhou cenas dramáticas, como as centenas de milhares de pessoas que atravessaram o Mediterrâneo em busca de segurança e refúgio”, lamentou o alto comissário da ONU para Refugiados, Filippo Grandi.

“Ao mesmo tempo, houve um movimento de grande empatia e solidariedade, com pessoas e comunidades abrindo suas casas e seus corações aos refugiados, e alguns países acolheram calorosamente os recém-chegados, mesmo com um grande número de refugiados já acolhidos.”

De acordo com o dirigente, “a campanha #ComOsRefugiados e a petição visam ampliar as vozes de boas-vindas e mostrar que o mundo está com os refugiados”.

 

 

Compartilhar.

Sobre o autor

Comentários desativados.