FANTÁSTICO: A IRRESPONSABILIDADE SEM LIMITES DA SAMARCO

0

Por Carlos Franco

A Samarco, empresa controlada pela Vale e BHP Billiton, deu uma aula de irresponsabilidade ilimitada ao Brasil e aos brasileiros neste domingo, 14, ao veicular comercial de propaganda no horário nobre da televisão brasileira, no programa Fantástico da TV Globo. Mostrou funcionários sorridentes, cuidando de gatinhos, da vida ao redor deles. Seria meigo não fosse a Samarco a empresa responsável pelo maior crime ambiental do país causado pelo rompimentos das barragens de detritos na região de Marina, Minas Gerais, que, em novembro, varreram do mapa o distrito mineiro de Bento Rodrigues na região de Mariana. Foi assim que soterrou sonhos, casas e o patrimônio arquitetônico e cultural dessa região, inclusive mais que seus gatinhos, moradores que perderam a vida por força da irresponsabilidade dessa empresa de mineração controlada pela brasileira Vale e anglo-australiana BHP Billiton. Inclusive mais do que casas, a Samarco destruiu vidas tanto de  moradores, como de peixes, gatinhos, cachorros e outros animais, deixando milhões de pessoas ao longo do curso dos dejetos que chegaram ao rio Doce sem água potável para beber, elemento essencial à sobrevivência humana e animal.

É chocante e repugnante o comercial que a empresa apresentou. Do que sorriem seus funcionários?. Da desgraça alheia?. Dos milhões de moradores de cidades atingidas pela lama tóxica de suas barragens que ficaram sem água potável?. Dos gatinhos e dos seus donos, das suas casas, daqueles que perderam tudo?. Que tipo de responsabilidade irresponsável socialmente é esta que a Samarco, empresa da Vale e BHP Billiton, quer mostrar?. Quer o quê com isso?. Enviar uma mensagem de que no Brasil tudo acaba pizza e ela agora pode mostrar que é uma empresa que cuida dos seus funcionários e esses de gatinhos?. Ou ,o que seria mais grave, o acidente que causou não vai dar em nada?. Infelizmente não é piada. Infelizmente alguma tresloucada agência de publicidade e propaganda sem compromisso com a comunicação comercial participou disso. Tanto pior que alguma produtora de vídeo tenha acreditado estar fazendo o seu melhor trabalho. Infelizmente alguma agência transferiu ou comprou o espaço de mídia com recursos da Samarco, que também irrigaram neste fim de semana revistas, e que certamente deveriam estar quitando multas, salvando as vidas não apenas dos gatinhos, mas sobretudo dos seus donos.

O comercial da Samarco infelizmente não é apenas patético. É uma prova inequívoca que, apesar de prêmios acumulados ao longo de décadas, a publicidade e propaganda brasileiras podem, de uma hora para outra, assistirem em horário nobre a simpatia conquistada por árduo trabalho ir para o ralo. A Samarco mostra com esse tipo de comunicação jocosa que para ela, a empresa controlada por Vale e BHP Billiton, o crime ambiental cometido não é nada e que o Brasil e os brasileiros não têm nenhuma importância, que são apenas bobos da corte no horário do Fantástico ou folheando publicações que fazem da mentira a sua linha editorial. Seria Fantástico, se este fosse de fato o show da vida, mas o encenado, na realidade crua dos fatos é o show da morte. A morte de um distrito como Bento Rodrigues, a morte de um rio como o Rio Doce e a morte da vida ao longo do seu curso. Belo comercial, Samarco!. Os acionistas da Vale e BHP Billiton poderão dormir tranquilos. SQN.   

Compartilhar.

Sobre o autor

Comentários desativados.

000-017   000-080   000-089   000-104   000-105   000-106   070-461   100-101   100-105  , 100-105  , 101   101-400   102-400   1V0-601   1Y0-201   1Z0-051   1Z0-060   1Z0-061   1Z0-144   1z0-434   1Z0-803   1Z0-804   1z0-808   200-101   200-120   200-125  , 200-125  , 200-310   200-355   210-060   210-065   210-260   220-801   220-802   220-901   220-902   2V0-620   2V0-621   2V0-621D   300-070   300-075   300-101   300-115   300-135   3002   300-206   300-208   300-209   300-320   350-001   350-018   350-029   350-030   350-050   350-060   350-080   352-001   400-051   400-101   400-201   500-260   640-692   640-911   640-916   642-732   642-999   700-501   70-177   70-178   70-243   70-246   70-270   70-346   70-347   70-410   70-411   70-412   70-413   70-417   70-461   70-462   70-463   70-480   70-483   70-486   70-487   70-488   70-532   70-533   70-534   70-980   74-678   810-403   9A0-385   9L0-012   9L0-066   ADM-201   AWS-SYSOPS   C_TFIN52_66   c2010-652   c2010-657   CAP   CAS-002   CCA-500   CISM   CISSP   CRISC   EX200   EX300   HP0-S42   ICBB   ICGB   ITILFND   JK0-022   JN0-102   JN0-360   LX0-103   LX0-104   M70-101   MB2-704   MB2-707   MB5-705   MB6-703   N10-006   NS0-157   NSE4   OG0-091   OG0-093   PEGACPBA71V1   PMP   PR000041   SSCP   SY0-401   VCP550   HP0-S42   70-483   101   000-080   1z0-434   CCA-500   CAP   1Z0-804   220-802   70-483   SY0-401   70-980   300-101   c2010-652   ICGB   1Z0-144   101   70-533   000-017   1Z0-060   640-916   9L0-012   MB2-704   9L0-066   2V0-621D   1Z0-144   1Y0-201   74-678   EX200   70-483   700-501   210-260   200-310   100-105  , JK0-022   350-080   300-070   CISSP   810-403   CAS-002   300-206   200-101   OG0-093   000-104   MB6-703   CISSP   1Z0-144   070-461   1Z0-060   SSCP