MICROSOFT LEVA O NATAL AO MUNDO DOS “COXINHAS” DA APPLE

0

Natal é tempo de confraternização. A Microsoft aproveitou o mote para dar uma aula de civilidade à prepotente Apple e levou seu coral de belas vozes para entoar canções natalinas na porta da concorrente, sempre de nariz empinado e produtos e softwares que só conversam entre si, criando um mundo à parte que os “coxinhas do mundo”, essa gente diferenciada e sem respeito à pluralidade e que tanto prezam o fato de se sentirem exclusivos, exclusivistas, tanto amam. Afinal, é assim que sustentam uma empresa que nenhum centavo, ao contrário da Microsoft, destina aos excluídos, pois o papel da Apple tem sido o de estimular, ao longo dos anos, a exclusão digital, para que seus felizes e arrogantes compradores, se sintam parte de uma ilha. Uma meritocracia que, na realidade, se traduz em merdocracia, e como merda boia. A Apple, continuará boiando, com seus compradores exclusivos dependurados num modelo de incomunicabilidade que só elites despreparadas para vida no coletivo e no plural ainda alimentam e desse modelo se retroalimentam e sentindo donas do mundo na sua incomunicabilidade interplanetária.

É, por isso, que ação da Microsoft, convidando a concorrente a “espalhar harmonia”em frente a sua loja da Quinta Avenida,em Nova York, ganha mais importância. Coloca a arrogante Apple no papel que lhe cabe no Natal, uma loja e produtos sem comunicabilidade com os demais, arrogante e pernóstica, altiva na sua exclusividade. A marca desejada do andar de cima, querendo sempre se diferenciar do debaixo e se achando a última Coca-Cola do deserto, é,  na realidade, um deserto de ideias e pluralidade, uma rede absolutamente fora da confraternização universal que o Natal simboliza. Na Apple, apenas os fariseus do templo têm entrada, por isso talvez  sua contribuição social é apenas um zero à esquerda no mundo da tecnologia. Um modelo de retroalimentação do que há de mais atrasado num mundo globalizado, mas que faz a alegria dos “coxinhas de mercado”. A Microsoft, assim, fritou a Apple, com delicadeza e humanidade. Será que seus “coxinhas” irão entender o recado?. Uma pergunta a ser respondida na posteridade.

Compartilhar.

Sobre o autor

Comentários desativados.

000-017   000-080   000-089   000-104   000-105   000-106   070-461   100-101   100-105  , 100-105  , 101   101-400   102-400   1V0-601   1Y0-201   1Z0-051   1Z0-060   1Z0-061   1Z0-144   1z0-434   1Z0-803   1Z0-804   1z0-808   200-101   200-120   200-125  , 200-125  , 200-310   200-355   210-060   210-065   210-260   220-801   220-802   220-901   220-902   2V0-620   2V0-621   2V0-621D   300-070   300-075   300-101   300-115   300-135   3002   300-206   300-208   300-209   300-320   350-001   350-018   350-029   350-030   350-050   350-060   350-080   352-001   400-051   400-101   400-201   500-260   640-692   640-911   640-916   642-732   642-999   700-501   70-177   70-178   70-243   70-246   70-270   70-346   70-347   70-410   70-411   70-412   70-413   70-417   70-461   70-462   70-463   70-480   70-483   70-486   70-487   70-488   70-532   70-533   70-534   70-980   74-678   810-403   9A0-385   9L0-012   9L0-066   ADM-201   AWS-SYSOPS   C_TFIN52_66   c2010-652   c2010-657   CAP   CAS-002   CCA-500   CISM   CISSP   CRISC   EX200   EX300   HP0-S42   ICBB   ICGB   ITILFND   JK0-022   JN0-102   JN0-360   LX0-103   LX0-104   M70-101   MB2-704   MB2-707   MB5-705   MB6-703   N10-006   NS0-157   NSE4   OG0-091   OG0-093   PEGACPBA71V1   PMP   PR000041   SSCP   SY0-401   VCP550   HP0-S42   70-483   101   000-080   1z0-434   CCA-500   CAP   1Z0-804   220-802   70-483   SY0-401   70-980   300-101   c2010-652   ICGB   1Z0-144   101   70-533   000-017   1Z0-060   640-916   9L0-012   MB2-704   9L0-066   2V0-621D   1Z0-144   1Y0-201   74-678   EX200   70-483   700-501   210-260   200-310   100-105  , JK0-022   350-080   300-070   CISSP   810-403   CAS-002   300-206   200-101   OG0-093   000-104   MB6-703   CISSP   1Z0-144   070-461   1Z0-060   SSCP