PARA SEMPRE ALICE

0

Ação da Associação Brasileira de Alzheimer (“ABRAz”), com patrocínio da Novartis, virou um vídeo para internet e telas de cinema nas projeções do filme “Para sempre Alice”, que trata do problema que afeta milhões de pessoas com sensibilidade. O ator Carlos Moreno, o eterno “garoto Bombril”, é voluntário da ABRAz e faz a narração do vídeo que alerta sobre a importância de não subestimar os primeiros sinais da doença.

 

Para divulgar o lançamento do filme “Para Sempre Alice” no Brasil, a Associação Brasileira de Alzheimer (“ABRAz”),com o apoio da Diamond Films e da Novartis, realizou uma ação com câmeras escondidas em um cinema de São Paulo para levar as pessoas a vivenciarem a sensação de não lembrar de sua própria história, de um velho amigo ou familiar. O filme é ganhador do Oscar 2015 de melhor atriz para Julianne Moore pelo papel de uma paciente com a doença.

O vídeo contou ainda com a narração de Carlos Moreno, o eterno “garoto Bombril por quase 40 anos, um record que está no Guinness Book. Além disso, o vídeo também foi exibido na pré-estreia especial de lançamento do longa realizado no dia 11 de março na sala VIP do Shopping JK Iguatemi e será exibido antes do filme em todas as sessões da rede Cinemark.

Para a presidente da ABRAz, Maria Leitão Bessa, “o filme é uma chance de aumentar a conscientização sobre a doença, que atinge 35 milhões de pessoas no mundo1, levando conforto para quem convive com um caso na família e informação para todos”. A ABRAz tem como missão promover o apoio social, emocional e levar informação aos familiares de pacientes com Alzheimer e outras demências.

A doença de Alzheimer ainda não tem cura e se agrava ao longo do tempo, mas pode e deve ser tratada. Quase todas as pessoas diagnosticadas são idosas, mas podem ocorrer casos precoces, como no filme, que trata de um tipo raro da doença que acomete a personagem aos 50 anos. A doença se apresenta como demência, ou perda de funções cognitivas causada pela morte de células cerebrais. Quando diagnosticada no início, é possível retardar o seu avanço e ter mais controle sobre os sintomas, garantindo melhor qualidade de vida ao paciente e à família.1

Sobre o Para Sempre Alice

Adaptado do romance de Lisa Genova “Para Sempre Alice” (Nova Fronteira), o longa-metragem homônimo conta a história da renomada linguista Alice Howland (Julianne Moore) casada com marido dedicado (Alec Baldwin) e mãe de três filhos: Lydia (Kristen Stewart), Anna (Kate Bosworth) e Tom (Hunter Parrish). A protagonista do longa, aos 50 anos, começa a esquecer palavras e logo descobre sofrer da doença de Alzheimer. Ela decide lutar contra todas as probabilidades para manter sua vida, seus relacionamentos e a noção de si mesma.4

Durante a preparação, Julianne contou com suporte da Associação Nacional de Alzheimer nos Estados Unidos, que a colocou em contato com vários pacientes, bem como com o apoio da especialista na doença, Mary Sano, professora de psiquiatria e diretora do Centro de Pesquisas de Alzheimer na Escola de Medicina Mount Sinai, de Nova York. Lá a atriz teve contato com neuropsiquiatras que, inclusive, aplicaram os testes cognitivos que são demonstrados no filme. Ela também visitou grupos de apoio à mulheres com a doença. “Para mim, o mais importante foi ter recebido muitos retornos das pessoas dessa comunidade dizendo que eles se sentiram vistos, compreendidos e reconhecidos. Isso foi muito importante porque há muita vergonha em relação aos pacientes de Alzheimer e a maioria deles sente que não está sendo compreendida”, analisa a atriz.

O livro foi editado no Brasil pela Nova Fronteira e é sucesso de vendas.

Compartilhar.

Sobre o autor

Carlos Franco

Comentários desativados.

000-017   000-080   000-089   000-104   000-105   000-106   070-461   100-101   100-105  , 100-105  , 101   101-400   102-400   1V0-601   1Y0-201   1Z0-051   1Z0-060   1Z0-061   1Z0-144   1z0-434   1Z0-803   1Z0-804   1z0-808   200-101   200-120   200-125  , 200-125  , 200-310   200-355   210-060   210-065   210-260   220-801   220-802   220-901   220-902   2V0-620   2V0-621   2V0-621D   300-070   300-075   300-101   300-115   300-135   3002   300-206   300-208   300-209   300-320   350-001   350-018   350-029   350-030   350-050   350-060   350-080   352-001   400-051   400-101   400-201   500-260   640-692   640-911   640-916   642-732   642-999   700-501   70-177   70-178   70-243   70-246   70-270   70-346   70-347   70-410   70-411   70-412   70-413   70-417   70-461   70-462   70-463   70-480   70-483   70-486   70-487   70-488   70-532   70-533   70-534   70-980   74-678   810-403   9A0-385   9L0-012   9L0-066   ADM-201   AWS-SYSOPS   C_TFIN52_66   c2010-652   c2010-657   CAP   CAS-002   CCA-500   CISM   CISSP   CRISC   EX200   EX300   HP0-S42   ICBB   ICGB   ITILFND   JK0-022   JN0-102   JN0-360   LX0-103   LX0-104   M70-101   MB2-704   MB2-707   MB5-705   MB6-703   N10-006   NS0-157   NSE4   OG0-091   OG0-093   PEGACPBA71V1   PMP   PR000041   SSCP   SY0-401   VCP550   HP0-S42   70-483   101   000-080   1z0-434   CCA-500   CAP   1Z0-804   220-802   70-483   SY0-401   70-980   300-101   c2010-652   ICGB   1Z0-144   101   70-533   000-017   1Z0-060   640-916   9L0-012   MB2-704   9L0-066   2V0-621D   1Z0-144   1Y0-201   74-678   EX200   70-483   700-501   210-260   200-310   100-105  , JK0-022   350-080   300-070   CISSP   810-403   CAS-002   300-206   200-101   OG0-093   000-104   MB6-703   CISSP   1Z0-144   070-461   1Z0-060   SSCP