UM PIERRÔ APAIXONADO

0

Assim nasceu o filme publicitário

Em 28 de setembro de 1895, na pequena cidade francesa de La Ciotat, no sudeste daquele país, homens, mulheres e crianças ficaram surpresos e com medo de que um trem descarrilasse em sua direção. Era a noite da primeira sessão de cinema do mundo, e os irmãos Lumière, Augustue e Louis, projetavam na tela as imagens de um trem em movimento, que, meses depois assustariam platéias de Paris, Londres e Nova York
Estava inventada a sala de cinema, o cinematógrafo, que também encantaria outros dois irmãos franceses, os confeiteiros, Edouard e Adolphe Cointreau, que moravam em Angers, no francês Vale do Loire. Fabricantes de um licor, que levava o nome da família, o Cointreau, ficaram fascinados com as projeções dos Lumière e pediram a esse para dar vida, nas telas, ao “pierrot”, elemento de divulgação, em cartazes afixados em bares e restaurantes do licor criado em 1849. Os Lumière aceitaram o desafio.

Antes da virada do século, em 1900, os cinematógrafos passaram a exibir o primeiro filme publicitário da história. O “pierrot” pedia uma bebida, tudo mudo naturalmente, e vinha uma, outra até chegar a de Cointreau, a qual ele beijava e começava a ter alucinações com uma bela mulher tocando as anáguas, de vários vestidos, mostrando os joelhos cobertos por meias – o máximo de sensualidade apra a época. Confira:

E como nasceu da publicidade, Cointreau se espalhou e ganhou medalha em 1900 como melhor licor da França. E se é fruto da divulgação, a bebida sempre busca reforçar presença no Brasil, onde tem 23% do mercado premium (aquele que paga mais e é mais sofisticado).
A intenção sempre renovada de Campar, atual dona da marca, é ampliar a fatia de mercado desse licor para além das tradicionais churrascarias, onde estão presentes em bandejas e são servidos geladíssimos. Para tal, a empresa tem estimulado drinques que usam a bebida e possam ser apreciados por bocas mais jovens, capaz de manter o ritmo de vendas no Brasil, adoçando os consumidores com aquele sabor inconfundível de Cointreau e, quem sabe, a alegria contagiante de seu pierrô.

 

Compartilhar.

Sobre o autor

Comentários desativados.

000-017   000-080   000-089   000-104   000-105   000-106   070-461   100-101   100-105  , 100-105  , 101   101-400   102-400   1V0-601   1Y0-201   1Z0-051   1Z0-060   1Z0-061   1Z0-144   1z0-434   1Z0-803   1Z0-804   1z0-808   200-101   200-120   200-125  , 200-125  , 200-310   200-355   210-060   210-065   210-260   220-801   220-802   220-901   220-902   2V0-620   2V0-621   2V0-621D   300-070   300-075   300-101   300-115   300-135   3002   300-206   300-208   300-209   300-320   350-001   350-018   350-029   350-030   350-050   350-060   350-080   352-001   400-051   400-101   400-201   500-260   640-692   640-911   640-916   642-732   642-999   700-501   70-177   70-178   70-243   70-246   70-270   70-346   70-347   70-410   70-411   70-412   70-413   70-417   70-461   70-462   70-463   70-480   70-483   70-486   70-487   70-488   70-532   70-533   70-534   70-980   74-678   810-403   9A0-385   9L0-012   9L0-066   ADM-201   AWS-SYSOPS   C_TFIN52_66   c2010-652   c2010-657   CAP   CAS-002   CCA-500   CISM   CISSP   CRISC   EX200   EX300   HP0-S42   ICBB   ICGB   ITILFND   JK0-022   JN0-102   JN0-360   LX0-103   LX0-104   M70-101   MB2-704   MB2-707   MB5-705   MB6-703   N10-006   NS0-157   NSE4   OG0-091   OG0-093   PEGACPBA71V1   PMP   PR000041   SSCP   SY0-401   VCP550   HP0-S42   70-483   101   000-080   1z0-434   CCA-500   CAP   1Z0-804   220-802   70-483   SY0-401   70-980   300-101   c2010-652   ICGB   1Z0-144   101   70-533   000-017   1Z0-060   640-916   9L0-012   MB2-704   9L0-066   2V0-621D   1Z0-144   1Y0-201   74-678   EX200   70-483   700-501   210-260   200-310   100-105  , JK0-022   350-080   300-070   CISSP   810-403   CAS-002   300-206   200-101   OG0-093   000-104   MB6-703   CISSP   1Z0-144   070-461   1Z0-060   SSCP