UM SIMPLES MOSQUITO PODE MARCAR UMA VIDA

0

Uma pesquisa realizada pelo Ministério da Saúde revelou que a população já conhece e domina os procedimentos básicos de prevenção e combate ao mosquito Aedes aegypti. Por conta desse esgotamento temático, aliado ao crescimento dos casos graves e óbitos provocados pela dengue, zika e chikungunya em todo o país, o órgão apostou em uma nova uma nova forma de discurso com a campanha “Marca”, não só para despertar a atenção do público, mas também e principalmente para tocar fundo sobre a gravidade que tais doenças representam e a necessidade imediata de reação e combate.

Com assinatura da Calia Comunicação, a campanha traz o conceito “Um simples mosquito pode marcar uma vida. Um simples gesto pode salvar.” O tema foi desenvolvido a partir da noção de que muitos brasileiros tiveram suas vidas marcadas para sempre por um mal enorme e inversamente proporcional ao tamanho do mosquito. Como protagonistas Rubia Dias, de Contagem, Minas Gerais (Dengue), Susana Lima, do Recife, Pernambuco (Zika) e Luiz Henrique (Chikungunya) que relatam como essas doenças marcaram as suas vidas. A assinatura é “Proteja a vida”.

Além de filmes, foram desenvolvidas peças para rádio, mobiliário urbano, busdoor, painel de aeroporto, metrô, anúncios, filipetas, cartazes, posts e banners de internet. A mensagem na TV e no rádio, por exemplo, apresenta uma linguagem tensa, frenética, dinâmica, que explora a dramaticidade e a emoção de diferentes pessoas em três comoventes depoimentos que também estarão presentes em algumas peças impressas.

Compartilhar.

Sobre o autor

Comentários desativados.