VEJAM, ELE É “QUASE UM DODÔ”

0

“Quase um Dodô” é o nome da ação digital criada pela agência de publicidade NBS para a ONG Alternativa Terrazul e que tem como objetivo atrair a atenção das pessoas para um assunto sério – a preservação de espécies de animais em perigo de extinção. A agência criou no Facebook o perfil fake de uma jovem carioca de 28 anos, Leticia Blause, que teria capturado imagens, durante uma viagem à Costa Rica, de um Dodô, pássaro originário das Ilhas Maurício e considerado extinto desde o século XVII. Ao conferir as imagens feitas por sua trail camera à noite, em um parque nacional local, percebeu a presença de um Dodô e, com os colegas, divulgou o vídeo em sua rede social. Em poucos dias, o filme foi compartilhado por milhares de pessoas – inclusive estudiosos no assunto – e teve milhões de visualizações e uma grande discussão em torno do tema: seria real ou uma montagem?

A “revelação” da verdade faz parte da segunda etapa da ação que acontece a partir de hoje, 17/03, duas semanas após o início. Um novo vídeo confirma o que deveria ser óbvio, mas que gerou dúvida nas pessoas, pois seria impossível o Dodô ser real, já que a extinção significa o fim definitivo da espécie, e pede que todo mundo que se interessou se mobilize em relação às espécies que ainda têm salvação. No vídeo, o Dodô virtual levanta uma placa com a seguinte mensagem: “Bem que eu queria ser de verdade. Salve quem ainda é. 

A ONG Alternativa Terrazul tem como objetivo alertar a população para a preservação de espécies em risco de extinção. Os interessados no assunto podem acessar o site  para saber mais detalhes sobre o projeto e como fazer para ajudar animais como a onça-pintada, o mico-leão-dourado, o boto-cor-de-rosa, o urso-panda e a baleia-azul.

No endereço, as pessoas conseguem ainda conferir o “risco-dodô”, um índice baseado em parâmetros reconhecidos internacionalmente (IUCN) que ajuda o usuário a entender as chances que algumas espécies em perigo têm de virar um Dodô, ou seja, desaparecer completamente do planeta. Lá, o internauta tem acesso a informações sobre diferentes espécies brasileiras e internacionais, suas características, e é direcionado para entidades que cuidam da preservação de cada uma delas.

Assinam a criação Eduardo Almeida, Carlos André Eyer, Milena Zindeluk, Bernardo Cople, Dennis Sieber, Vinícius Theodoro e Hagall Muniz. Direção de criação de André Lima, Carlos André Eyer e Eduardo Almeida.

Compartilhar.

Sobre o autor

Carlos Franco

Comentários desativados.

000-017   000-080   000-089   000-104   000-105   000-106   070-461   100-101   100-105  , 100-105  , 101   101-400   102-400   1V0-601   1Y0-201   1Z0-051   1Z0-060   1Z0-061   1Z0-144   1z0-434   1Z0-803   1Z0-804   1z0-808   200-101   200-120   200-125  , 200-125  , 200-310   200-355   210-060   210-065   210-260   220-801   220-802   220-901   220-902   2V0-620   2V0-621   2V0-621D   300-070   300-075   300-101   300-115   300-135   3002   300-206   300-208   300-209   300-320   350-001   350-018   350-029   350-030   350-050   350-060   350-080   352-001   400-051   400-101   400-201   500-260   640-692   640-911   640-916   642-732   642-999   700-501   70-177   70-178   70-243   70-246   70-270   70-346   70-347   70-410   70-411   70-412   70-413   70-417   70-461   70-462   70-463   70-480   70-483   70-486   70-487   70-488   70-532   70-533   70-534   70-980   74-678   810-403   9A0-385   9L0-012   9L0-066   ADM-201   AWS-SYSOPS   C_TFIN52_66   c2010-652   c2010-657   CAP   CAS-002   CCA-500   CISM   CISSP   CRISC   EX200   EX300   HP0-S42   ICBB   ICGB   ITILFND   JK0-022   JN0-102   JN0-360   LX0-103   LX0-104   M70-101   MB2-704   MB2-707   MB5-705   MB6-703   N10-006   NS0-157   NSE4   OG0-091   OG0-093   PEGACPBA71V1   PMP   PR000041   SSCP   SY0-401   VCP550   HP0-S42   70-483   101   000-080   1z0-434   CCA-500   CAP   1Z0-804   220-802   70-483   SY0-401   70-980   300-101   c2010-652   ICGB   1Z0-144   101   70-533   000-017   1Z0-060   640-916   9L0-012   MB2-704   9L0-066   2V0-621D   1Z0-144   1Y0-201   74-678   EX200   70-483   700-501   210-260   200-310   100-105  , JK0-022   350-080   300-070   CISSP   810-403   CAS-002   300-206   200-101   OG0-093   000-104   MB6-703   CISSP   1Z0-144   070-461   1Z0-060   SSCP