A TRAJETÓRIA DE ARISTIDES BERTUOL EM LIVRO

0

A história de uma das épocas mais românticas do automobilismo brasileiro recebe merecido destaque nas páginas de um cuidadoso resgate literário que será apresentado ao público neste mês. O livro ‘Aristides Bertuol – O piloto da carretera nº 4’ tem lançamento confirmado para o dia 4 de novembro de 2016, em Bento Gonçalves – terra natal do personagem cuja trajetória ilustra a obra. Combinando entrevistas, registros escritos e um valioso acervo fotográfico, a publicação reconstrói o ‘tempo das carreteras’ em uma produção documental e biográfica. Suas mais de 200 páginas contam a vida de Aristides Bertuol nas pistas e mostram por que ele era conhecido como ‘ás do volante’. Com prefácio de Emerson Fittipaldi, primeiro brasileiro campeão mundial de Fórmula 1, bicampeão dessa modalidade e das 500 milhas de Indianápolis, o livro transforma-se em um presente para os apaixonados pelo automobilismo.

Fruto de um cuidadoso trabalho de pesquisa elaborado por Gilberto Mejolaro, o livro reproduz, com textos do jornalista Fabiano Mazzottti, entrevistas às pessoas que conheceram e vibraram com Bertuol, pilotando a sua carretera, e exibe material fotográfico inédito – parte mantido pela família e também com imagens recuperadas em diversos acervos. Os admiradores do tema poderão descobrir fatos curiosos e que ainda estão vivos na memória dos testemunhos do período glorioso das corridas de automóveis em estradas de chão, nas décadas de 1950 e 1960. O livro também retrata o perfil de Bertuol como empresário e político.

O lançamento de ‘Aristides Bertuol – o piloto da carretera nº 4’ ocorre no dia 04 de novembro, no Clube Aliança, em Bento Gonçalves (RS), a partir das 19h30min. Na ocasião, será apresentado um vídeo inédito de uma corrida de carretera com largada e chegada em Bento Gonçalves, do ano de 1951.

A obra terá lançamento, também, na Feira do Livro de Porto Alegre, dia 9 de novembro, às 19h. ‘Aristides Bertuol – o piloto da carretera nº 4’ é um projeto financiado pelo Ministério da Cultura, por meio da Lei Rouanet, com patrocínio de Bradesco, Geremia Redutores, Vinícola Salton e Meber Metais.

 

Reconhecimento à trajetória

Durante o tempo em que o Aristides Bertuol esteve à frente de um volante para competir, participou de 60 corridas. Em muitas delas esteve no pódio: foram 14 vitórias, sete segundos lugares e seis terceiros. Sua estreia nas pistas ocorreu em 26 de setembro de 1948, na Copa Rio Grande do Sul. A primeira vitória veio no IV Grande Prêmio Cidade de São Paulo, No Autódromo, em Interlagos.

Pilotando uma carretera identificada com o numeral quatro, Bertuol fez história no universo da velocidade. Com um Chevrolet 1939, conquistou aquelas que eram as principais glórias do automobilismo brasileiro na época, como as Mil Milhas Brasileiras. Levantou taças de campeão gaúcho e estabeleceu recordes, como a vitória na etapa Rio de Janeiro/São Paulo no II Grande Prêmio Automobilístico Getúlio Vargas – performances que lhe renderam apelidos como “Intrepidante Aristides Bertuol” e “Às do volante”.

A carreira de Bertuol também é marcada por acidentes e incidentes incríveis – numa época em que a tecnologia dos veículos e os cuidados com segurança eram muito diferentes dos dias atuais. Esses momentos marcantes traçam o perfil de um homem cujo nome está eternizado em rodovias, estádio de futebol e pista de kart, além de ser, hoje, sinônimo da mais alta condecoração outorgada em Bento Gonçalves – a ‘Medalha Aristides Bertuol’. Falecido em 1979, vítima de câncer, permanece vivo na memória dos fãs do esporte e daqueles que o acompanharam. Ao contar sua trajetória, o livro é a oportunidade de reencontrá-lo em cada passagem de uma história que marcou a época mais romântica do automobilismo brasileiro no ano do centenário de nascimento de Aristides Bertuol.

 

DATAS DE LANÇAMENTO DO LIVRO:

4 de novembro de 2016 – Sexta-feira

Clube Aliança (Bento Gonçalves)

19h30min

 

9 de novembro de 2016 – Quarta-feira

62ª Feira do Livro de Porto Alegre

19 horas

 

DADOS TÉCNICOS:

Formato: 25cm x 28cm (fechado), 25cm x 56cm (aberto)

Páginas: 232

Capa: dura

Miolo: couchê fosco 150gr.

Compartilhar.

Sobre o autor

Comentários desativados.