ATHOS (CHUMBREGA): UMA VIDA DEDICADA AO CIRCO

0

Fotos e textos por Paulo Pinto/Fotos Públicas

São Paulo – SP, Brasil – 25/02/2016 …um dia vou deixar o circo, mas o circo  jamais sairá de dentro de mim. Assim Athos Silva Miranda, ou Chumbrega, externa o seu íntimo desejo. Athos aos 73 anos , é a terceira geração de artista circense, cuja origem vem de avós romenos e austríacos, ou seja, traz no sangue a estirpe  de uma família que nasceu para o espetáculo, para levar alegria e entretenimento de norte a sul , de leste a oeste, viajar pelo mundo.

Desde o trapézio ao malabarismo onde começou sua trajetória, Athos com o tempo transformou-se no palhaço “Chumbrega”, aquele que faz rir, que faz cada um sentir-se criança, com sorriso aberto, franco, descontraído.

Hoje no circo Stankowich, a família de Athos já está na quinta geração de artistas, seus filhos e netos já se incorporaram ao picadeiro, os netos ainda timidamente, mas com sangue e alma circense esse legado vai se perpetuando. O Palhaço segundo Athos (Chumbrega) é o agente da alegria do entretenimento, do bom humor. Fazer palhaçada é para aqueles profissionais que dedicam  uma vida a essa arte, essa mesma arte, que os torna conscientes de seu trabalho, é de onde sai o seu sustento, o picadeiro. Esse mesmo picadeiro que não aceita rancores, dores, lamentos. Esse picadeiro só cobra uma coisa desse artista, alegria, e não alegria contida, e sim a  alegria compartilhada.

A vida de um artista de circo nem sempre é colorida,  mas embaixo da lona no  picadeiro as cores aparecem, brilham, e essa é a mágica do palhaço do ator. Um livro só é bom quando você consegue ler e os ensinamentos  que ele contém, você consegue passar aos outros e assim ele se multiplica, se dissemina.   “…sou criança, sou vida, sou o instante de alegria que todos querem partilhar. Sou poeta sou cantor, sou sorriso e sou ator. Sou delas um pedaço, sou para elas um simples palhaço. Esse é “Chumbrega” ou melhor, Athos aquele que distribui alegria.

São Paulo 25/02/2016 Athos Silva Miranda, palhaço "Chumbrega", com a familia   FOTO PAULO PINTO/FOTOS PUBLICAS  ...um dia vou deixar o circo, mas o circo  jamais sairá de dentro de mim. Assim Athos Silva Miranda, ou Chumbrega, externa o seu íntimo desejo. Athos aos 73 anos , é a terceira geração de artista circense, cuja origem vem de avós romenos e austríacos, ou seja, trás no sangue a estirpe  de uma família que nasceu para o espetáculo, para levar alegria e entretenimento de norte a sul , de leste a oeste, viajar pelo mundo. Desde o trapézio ao malabarismo onde começou sua trajetória, Athos com o tempo transformou-se no palhaço “Chumbrega”, aquele que faz rir, que faz cada um sentir-se criança, com sorriso aberto, franco, descontraído. Hoje no circo Stankovich, a família de Athos já está na quinta geração de artistas, seus filhos e netos já se incorporaram ao picadeiro, os netos ainda timidamente, mas com sangue e alma circense esse legado vai se perpetuando. O Palhaço segundo Athos (Chumbrega) é o agente da alegria do entretenimento, do bom humor. Fazer palhaçada é para aqueles profissionais que dedicam  uma  vida a essa arte, essa mesma arte, que os torna conscientes de seu trabalho, é de onde sai o seu sustento, o picadeiro. Esse mesmo picadeiro que não aceita rancores, dores, lamentos. Esse picadeiro só cobra uma coisa desse artista, alegria, e não alegria contida, e sim a  alegria compartilhada. A vida de um artista de circo nem sempre é colorida,  mas embaixo da lona no  picadeiro as cores aparecem, brilham, e essa é a mágica do palhaço do ator. Um livro só é bom quando você consegue ler e os ensinamentos  que ele contém, você consegue passar aos outros e assim ele se multiplica, se dissemina.   “...sou criança, sou vida, sou o instante de alegria que todos querem partilhar. Sou poeta sou cantor, sou sorriso e sou ator. Sou delas um pedaço, sou para elas um simples palhaço. Esse é “Chumbrega” ou melhor,

PP2_uma-vida-dedicada-ao-circo_033

São Paulo 25/02/2016 Athos Silva Miranda, palhaço "Chumbrega"  FOTO PAULO PINTO/FOTOS PUBLICAS  ...um dia vou deixar o circo, mas o circo  jamais sairá de dentro de mim. Assim Athos Silva Miranda, ou Chumbrega, externa o seu íntimo desejo. Athos aos 73 anos , é a terceira geração de artista circense, cuja origem vem de avós romenos e austríacos, ou seja, trás no sangue a estirpe  de uma família que nasceu para o espetáculo, para levar alegria e entretenimento de norte a sul , de leste a oeste, viajar pelo mundo. Desde o trapézio ao malabarismo onde começou sua trajetória, Athos com o tempo transformou-se no palhaço “Chumbrega”, aquele que faz rir, que faz cada um sentir-se criança, com sorriso aberto, franco, descontraído. Hoje no circo Stankovich, a família de Athos já está na quinta geração de artistas, seus filhos e netos já se incorporaram ao picadeiro, os netos ainda timidamente, mas com sangue e alma circense esse legado vai se perpetuando. O Palhaço segundo Athos (Chumbrega) é o agente da alegria do entretenimento, do bom humor. Fazer palhaçada é para aqueles profissionais que dedicam  uma  vida a essa arte, essa mesma arte, que os torna conscientes de seu trabalho, é de onde sai o seu sustento, o picadeiro. Esse mesmo picadeiro que não aceita rancores, dores, lamentos. Esse picadeiro só cobra uma coisa desse artista, alegria, e não alegria contida, e sim a  alegria compartilhada. A vida de um artista de circo nem sempre é colorida,  mas embaixo da lona no  picadeiro as cores aparecem, brilham, e essa é a mágica do palhaço do ator. Um livro só é bom quando você consegue ler e os ensinamentos  que ele contém, você consegue passar aos outros e assim ele se multiplica, se dissemina.   “...sou criança, sou vida, sou o instante de alegria que todos querem partilhar. Sou poeta sou cantor, sou sorriso e sou ator. Sou delas um pedaço, sou para elas um simples palhaço. Esse é “Chumbrega” ou melhor, Athos aquele qu

São Paulo 25/02/2016 Athos Silva Miranda, palhaço "Chumbrega"  FOTO PAULO PINTO/FOTOS PUBLICAS  ...um dia vou deixar o circo, mas o circo  jamais sairá de dentro de mim. Assim Athos Silva Miranda, ou Chumbrega, externa o seu íntimo desejo. Athos aos 73 anos , é a terceira geração de artista circense, cuja origem vem de avós romenos e austríacos, ou seja, trás no sangue a estirpe  de uma família que nasceu para o espetáculo, para levar alegria e entretenimento de norte a sul , de leste a oeste, viajar pelo mundo. Desde o trapézio ao malabarismo onde começou sua trajetória, Athos com o tempo transformou-se no palhaço “Chumbrega”, aquele que faz rir, que faz cada um sentir-se criança, com sorriso aberto, franco, descontraído. Hoje no circo Stankovich, a família de Athos já está na quinta geração de artistas, seus filhos e netos já se incorporaram ao picadeiro, os netos ainda timidamente, mas com sangue e alma circense esse legado vai se perpetuando. O Palhaço segundo Athos (Chumbrega) é o agente da alegria do entretenimento, do bom humor. Fazer palhaçada é para aqueles profissionais que dedicam  uma  vida a essa arte, essa mesma arte, que os torna conscientes de seu trabalho, é de onde sai o seu sustento, o picadeiro. Esse mesmo picadeiro que não aceita rancores, dores, lamentos. Esse picadeiro só cobra uma coisa desse artista, alegria, e não alegria contida, e sim a  alegria compartilhada. A vida de um artista de circo nem sempre é colorida,  mas embaixo da lona no  picadeiro as cores aparecem, brilham, e essa é a mágica do palhaço do ator. Um livro só é bom quando você consegue ler e os ensinamentos  que ele contém, você consegue passar aos outros e assim ele se multiplica, se dissemina.   “...sou criança, sou vida, sou o instante de alegria que todos querem partilhar. Sou poeta sou cantor, sou sorriso e sou ator. Sou delas um pedaço, sou para elas um simples palhaço. Esse é “Chumbrega” ou melhor, Athos aquele qu

Compartilhar.

Sobre o autor

Comentários desativados.

000-017   000-080   000-089   000-104   000-105   000-106   070-461   100-101   100-105  , 100-105  , 101   101-400   102-400   1V0-601   1Y0-201   1Z0-051   1Z0-060   1Z0-061   1Z0-144   1z0-434   1Z0-803   1Z0-804   1z0-808   200-101   200-120   200-125  , 200-125  , 200-310   200-355   210-060   210-065   210-260   220-801   220-802   220-901   220-902   2V0-620   2V0-621   2V0-621D   300-070   300-075   300-101   300-115   300-135   3002   300-206   300-208   300-209   300-320   350-001   350-018   350-029   350-030   350-050   350-060   350-080   352-001   400-051   400-101   400-201   500-260   640-692   640-911   640-916   642-732   642-999   700-501   70-177   70-178   70-243   70-246   70-270   70-346   70-347   70-410   70-411   70-412   70-413   70-417   70-461   70-462   70-463   70-480   70-483   70-486   70-487   70-488   70-532   70-533   70-534   70-980   74-678   810-403   9A0-385   9L0-012   9L0-066   ADM-201   AWS-SYSOPS   C_TFIN52_66   c2010-652   c2010-657   CAP   CAS-002   CCA-500   CISM   CISSP   CRISC   EX200   EX300   HP0-S42   ICBB   ICGB   ITILFND   JK0-022   JN0-102   JN0-360   LX0-103   LX0-104   M70-101   MB2-704   MB2-707   MB5-705   MB6-703   N10-006   NS0-157   NSE4   OG0-091   OG0-093   PEGACPBA71V1   PMP   PR000041   SSCP   SY0-401   VCP550   HP0-S42   70-483   101   000-080   1z0-434   CCA-500   CAP   1Z0-804   220-802   70-483   SY0-401   70-980   300-101   c2010-652   ICGB   1Z0-144   101   70-533   000-017   1Z0-060   640-916   9L0-012   MB2-704   9L0-066   2V0-621D   1Z0-144   1Y0-201   74-678   EX200   70-483   700-501   210-260   200-310   100-105  , JK0-022   350-080   300-070   CISSP   810-403   CAS-002   300-206   200-101   OG0-093   000-104   MB6-703   CISSP   1Z0-144   070-461   1Z0-060   SSCP