COMPANHIA DAS LETRAS LAMENTA MORTE DE RICARDO PIGLIA

0

A Companhia das Letras lamenta profundamente a morte de Ricardo Piglia, um dos maiores nomes da literatura contemporânea.

Piglia nasceu em Adrogué, na província de Buenos Aires, em 1941. Foi professor emérito da Universidade de Princeton, nos Estados Unidos.  Como crítico literário e ficcionista, publicou grandes obras como Formas breves, livro que lhe rendeu o Prêmio Bartolomé March de 2001 de melhor livro de ensaios literários publicado na Espanha, Alvo noturno, vencedor do prêmio literário venezuelano Rómulo Gallegos, e Respiração artificial, que recebeu o prêmio Boris Vian de romance em 1981. 

Piglia esteve no Brasil em 2011, onde realizou uma conferência em comemoração aos 25 anos da Companhia das Letras.

Compartilhar.

Sobre o autor

Comentários desativados.