DISTRAÍDOS SEGUNDO FREDERICO DALTON

0

Foi só quando entrou numa loja de sucos, depois de ter passado a manhã inteira fazendo provas para a seleção do doutorado da Escola de Comunicação da UFRJ, que Adriano, ao se olhar no espelho ao lado do balcão, percebeu que havia se esquecido de tirar o galhinho de arruda de trás da orelha. 

O que é um macho? É algo que tem o cheiro do trabalho que faz. Se for marceneiro, fede a serragem. Se for açougueiro, a sangue. Um macho não se mexe muito em casa. Só na cama. Um macho não controla a voz, às vezes grita: principalmente quanto está com preguiça. Um macho é distraído, frio e distante. E não faz as unhas. Era assim que Viviane definiria um macho. Exatamente como seu marido. O único homem de sua vida. Até que um dia conheceu Vera Lúcia.  

O que me fez realmente parar de fumar foi meu iPhone. Um dia eu tive que digitar um torpedo com um cigarro acesso na boca. De repente, caiu um monte de cinza quente na tela do celular. Eu estava tão concentrado que não percebi a cinza se acumulando em torno da mensagem que eu digitava. De repente me toquei, dei um pulo e o telefone se espatifou na calçada. Naquela época eu usava um LG. Agora que tenho um iPhone não posso deixar a mesma coisa acontecer de novo. 

 

Compartilhar.

Sobre o autor

Comentários desativados.