A LUA VERMELHA DE GIOVANNA ANTONELLI

0

A atriz carioca Giovanna Antonelli é a estrela da campanha Viva a Vida, da ONG Lua Vermelha, que está sendo divulgada nas redes sociais da entidade e foi criada com o objetivo de mudar o ponto de vista sobre a Anemia Falciforme no Brasil e no mundo.

“Esclarecer sobre esta anemia é fazer um bem à sociedade e ajudar o doente falciforme a viver a vida com melhor qualidade”, explica a atriz. Com ocorrência inicialmente restrita à população negra, a anemia falciforme é uma doença hereditária pouco conhecida, mas que atinge milhões de pessoas no mundo inteiro e milhares de brasileiros de diversas etnias.

“A escolha da Giovanna como a primeira madrinha do projeto foi justamente para mostrar que esta é uma causa que envolve a todos nós, independente da raça ou cor”, afirma a Dra Marimilia Pitta, médica hematologista-pediátrica do Hospital Samaritano de São Paulo, fundadora do Comitê de Pediatria da Associacão Brasileira de Hematologia e Hemoterapia (ABHH) e idealizadora da Lua Vermelha. “Nossa campanha foi criada com o objetivo de chamar atenção sobre uma doença a qual atinge uma parte considerável da população brasileira, e cujos portadores necessitam de ajuda e melhores condições para enfrentarem o dia a dia sem o isolamento da sociedade”, explica.

Tendo como característica básica a deformação das células sanguíneas do portador em um formato mais alongado (visto por alguns como forma semelhante a uma foice), a Anemia Falciforme é uma das doenças de origem genética mais frequentes no mundo. Dados do Ministério da Saúde indicam que a cada 650 indivíduos nascidos vivos no estado da Bahia, um é doente Falciforme. No Rio de Janeiro, estes números correspondem a um a cada 1.300, e em São Paulo, um a cada 4.000.

“A Anemia Falciforme precisa ser vista como um problema de saúde pública no Brasil. A campanha Viva a Vida, começa on line e deve se transformar em um movimento orgânico criado a partir dessa mobilização, para o mundo todo” complementa a Dra.Marimilia.

Com o objetivo ainda estabelecer um novo olhar sobre a Doença Falciforme, a campanha conta com o apoio de associações, hospitais e cidadãos brasileiros, mas tem como meta ultrapassar nossas fronteiras, sob o nome de Red Moon Association. “A foice pode ser vista como uma lua crescente, um sinal de esperança aos pacientes e familiares”, acredita.

www.aluavermelha.com.br
https://www.facebook.com/luavermelhavivaavida
https://www.facebook.com/AdrianMoonLV?fref=ts

Compartilhar.

Sobre o autor

Comentários desativados.