O COLOMBIANO JUAN MANUEL SANTOS É O NOBEL DA PAZ 2016

0

Por seu esforço pela paz na Colômbia, com a assinatura de um acordo de paz com as FARCS, cujo conflito dura mais de 50 anos e resultou na morte de mais de 220 mil colombianos, tanto das FARCS como de cidadãos comuns e políticos, Juan Manuel Santos ganhou o Nobel da Paz 2016, cinco dias após a população em plebiscito, realizado no último domingo, 2, ter dito não ao acordo. O voto foi influenciado por forte campanha daqueles que sempre defenderam o conflito e dele tiram proveito como o ex-presidente colombiano Álvaro Uribe, conhecido como “o senhor das sombras” por suas ligações com o narcotráfico. Venceu o Nobel da Paz, o presidente Juan Manuel Santos como resposta desse esforço e em contraposição a Uribe, escória da América Latina, como tantos outros que confundem interesses privados com interesses públicos. Senão, vejamos o que diz sobre Uribe a Wikipedia e tantos outros verbetes onde ele é citado.

A ex-apresentadora de televisão Virgínia Vallejo escreveu o livro “Amando Pablo, odiando Escobar” em que relata supostas ligações de seu ex-amante, Pablo Escobar com Álvaro Uribe. Em 2002, o jornalista da Newsweek Joe Contreras publica o livro “El señor de las sombras” em que apresenta uma biografia não-autorizada de Uribe e defende que ele teria ligações com o narcotráfico.[5]Em 1991, relatório do serviço de inteligência do Departamento de Defesa dos Estados Unidos aponta: “Álvaro Uribe Vélez, político e senador colombiano, dedicou-se à colaboração com o Cartel de Medellín em níveis elevados do governo… Uribe trabalhou para o cartel e é amigo próximo de Pablo Escobar Gaviria”.

Para alguns analistas a continuidade dos conflitos entre as FARC e o Governo, interessaria a Uribe porque isolaria as oposições e daria legitimidade para um terceiro mandato do presidente, viabilizada por uma alteração da Constituição colombiana sob acusações de compra de votos dos parlamentares.

Outra das políticas impulsionadas desde a campanha consiste na diminuição dos gastos do Estado. Uribe prometeu diminuir o congresso, fundir ministérios e reduzir os gastos de aposentadoria dos servidores públicos.

Para saber mais sobre Uribe clique neste link:  U.S. INTELLIGENCE LISTED COLOMBIAN PRESIDENT URIBE AMONG “IMPORTANT COLOMBIAN NARCO-TRAFFICKERS” IN 1991 The National Security Archive

O secretário-geral da ONU, Ban Ki-moon, disse ontem (7) que o prêmio Nobel da Paz a Juan Manuel Santos é uma mensagem oportuna para todos aqueles que trabalharam duro pela paz, e fornece necessária esperança e estímulo a todos os colombianos.

“(O prêmio) diz a eles para continuar trabalhando até que o processo de paz chegue a uma conclusão bem sucedida”, disse Ban em comunicado emitido por seu escritório.

“Elogio as declarações de todos os interessados que estão comprometidos com a paz, e saúdo o comprometimento contínuo das partes com o cessar-fogo, se líderes conduzirem o diálogo com pragmatismo, focados no desejo de paz do povo colombiano”, acrescentou.

No comunicado desta sexta-feira, o chefe da ONU disse que o resultado do plebiscito do último domingo (2) — que teve a vitória do “não” para o acordo de paz entre governo colombiano e as Forças Armadas Revolucionárias da Colômbia (FARC) — não deve dividir o povo colombiano, que está trabalhando para construir um país pacífico. Ban também elogiou o diálogo iniciado para determinar o caminho a seguir.

“Este prêmio diz a eles: vocês foram muito longe para agora decidir voltar. O processo de paz deve inspirar nosso mundo”, disse o secretário-geral.

 

Compartilhar.

Sobre o autor

Comentários desativados.