PEDAÇOS SEGUNDO FREDERICO DALTON

0

No “Almoço Mensal da Consciência Pesada” a comida será tão mais gostosa quanto maior for o sentimento de culpa dos participantes. Hoje, por exemplo, estarão reunidos o herdeiro de um madeireiro ilegal do Mato Grosso, um ex-executivo da Souza Cruz e um psicanalista que ontem cuspiu na esposa quando descobriu que ela o estava traindo.

 

A “1ª Assembleia das Cadeiras Caindo aos Pedaços no Centro do Rio Usadas por Vigias, Porteiros e Camelôs” vai reivindicar uma condição digna de existência, pelo menos semelhante à dos bancos altos dos seguranças de padaria. Algumas chegam a ter que se equilibrar em três pernas! A situação está insustentável.

 

Quando um fotógrafo cinquentão faz arrumação de fim-de-ano e descarta envelopes velhos sem tomar cuidado, coisas extraordinárias podem acontecer. Por exemplo, um pedaço de negativo com imagens das orgias que ele organizava com colegas da faculdade ser encontrado no lixão de Gramacho e por estranhos caminhos acabar virando pôsteres em paredes da Vila Mimosa.

Compartilhar.

Sobre o autor

Comentários desativados.