REENCARNAÇÕES SEGUNDO FREDERICO DALTON

0

Eles são um casal evangélico, da igreja do Malafaia, muito sérios e trabalhadores. Casaram-se depois de namorar só quatro meses (o Pastor não gosta de namoro longo). Ele é assistente administrativo. Ela, técnica de contabilidade. Estão estudando para concurso público. Mas está complicado, pois acabou de nascer o primeiro filho. Ah, e os pais não sabem, mas o menino é a reencarnação da Dercy Gonçalves.

Nos últimos meses da 2ª Guerra Mundial, quando todos os jovens alemães já tinham sido convocados, começaram a chamar os velhos, os meninos e os míopes. Friedrich tinha 7 graus e perdeu os óculos logo no primeiro bombardeio. No segundo, perdeu a vida. Eu não preciso fazer Terapia de Vidas Passadas para entender minhas limitações. Eu sempre soube que sou a reencarnação de Friedrich. E continuo míope.

No intervalo das reencarnações não há nada para fazer a não ser pensar. Não temos mais corpo para teclar em smartphones, nem tampouco smartphones. Então, ao nos verem assim tão pensativos, os funcionários do Céu acham que finalmente compreendemos as lições da nossa vida mais recente e nos mandam de voltam ao mundo para pormos em prática nossas conclusões. Sempre se enganam.

Compartilhar.

Sobre o autor

Comentários desativados.