REPETIÇÕES SEGUNDO FREDERICO DALTON

0

Paula queria muito um marido. E depois de ler o best-seller “O Desejo”, começou a repetir o tempo todo: “Obrigado, Universo, pelo marido que você me deu.” Mas ela deveria ter sido mais específica. O certo seria ter repetido: “Obrigado, Universo, pelo marido que você me deu e que me ouve, não se comporta o tempo todo como um adolescente e que só tem uma mulher de cada vez.”.

 

Eduardo Você Consegue ganhou este apelido por viver repetindo para os colegas: “Você consegue! Você consegue!” Era um otimista incansável e realmente conseguia tudo. Era o melhor da turma e passou em vários concursos públicos. Porém, estou em Paris e acabo de ver que ele está dirigindo um velotaxi na Avenida Champs-Élysées. O que terá acontecido a Você Consegue?

 

Selma tinha um problema. Seus orgasmos eram traduções literais do inglês. Explico. Quando estava prestes a atingir o clímax começava a repetir cada vez mais alto: “Estou vindo. Estou vindo. Estou vindo.” Tinha homem que achava estranho. Ela queria perder essa mania, mas não conseguia. Já estava pensando em ficar virgem de novo. Até que conheceu um baiano. E na hora H lá veio de novo o “Estou vindo. Estou vindo”. Mas aí o Baiano respondeu: “Venha, Mãínha, venha!”. E foram felizes para sempre.

Compartilhar.

Sobre o autor

Comentários desativados.