RICK MARTIN PEDE PROTEÇÃO PARA CRIANÇAS REFUGIADAS

0

Em visita ao Líbano, o cantor Ricky Martin, embaixador do Fundo das Nações Unidas para a Infância (UNICEF), pediu mais esforços para proteger o futuro de milhões de crianças afetadas pelo conflito sírio. Segundo dados do UNICEF, cerca de 1,1 milhão de sírios procuraram refúgio no Líbano desde o início da crise em 2011, sendo mais da metade crianças. Essas crianças enfrentam riscos de exploração e abuso e são obrigadas a trabalhar em vez de frequentar a escola.

Em visita ao Líbano no início de junho (3), o cantor Ricky Martin, embaixador do Fundo das Nações Unidas para a Infância (UNICEF), pediu mais esforços para proteger o futuro de milhões de crianças afetadas pelo conflito sírio, cujas vidas foram impactadas por deslocamento, violência e uma persistente falta de oportunidades.

“Estamos no sexto ano de uma crise que afetou as vidas de milhões de crianças e suas famílias. Estima-se que 2,8 milhões de crianças estejam agora fora da escola na região”, disse Martin, completando ter conhecido crianças forçadas a se tornar o ganha-pão de suas famílias, trabalhando até 12 horas por dia.

“O mundo deve fazer mais para garantir que essas crianças sejam protegidas da exploração e tenham acesso a ambientes seguros onde possam aprender e ser empoderadas. Investir em seu presente é um investimento no futuro da região”, acrescentou.

Segundo dados do UNICEF, cerca de 1,1 milhão de sírios procuraram refúgio no Líbano desde o início da crise em 2011, sendo mais da metade deles crianças. Esses menores refugiados enfrentam riscos de exploração e abuso e são obrigados a trabalhar em vez de frequentar a escola.

Ainda de acordo com o UNICEF, a situação econômica dos refugiados tem agravado o problema do trabalho infantil no país. Muitos dos menores trabalham em obras, o que tem causado danos físicos e psicológicos às crianças no longo prazo.

O UNICEF está trabalhando em estreita colaboração com instituições governamentais, bem como com parceiros locais e internacionais, para atender às necessidades de mais de 800 mil crianças vulneráveis que procuraram refúgio no Líbano.

As ações de apoio focam em saúde e nutrição; educação; proteção infantil; água, saneamento e higiene e serviços de treinamentos vocacionais dedicados a adolescentes.

Como embaixador do UNICEF desde 2003, Martin tem trabalhado para defender os direitos das crianças, especialmente os ligados à exploração, ao abuso e ao tráfico de menores.

Compartilhar.

Sobre o autor

Comentários desativados.