UMA ÁRVORE PARA EINSTEIN

0

O matemático brasileiro Artur Ávila, primeiro latino-americano premiado com a Medalha Fields da União Internacional de Matemática, participou na última sexta-feira, 10, de uma homenagem aos 90 anos da visita do físico alemão Albert Einstein ao Jardim Botânico do Rio de Janeiro. Ávila plantou uma muda de jequitibá-açu próximo ao local de uma árvore da mesma espécie que encantou o autor da teoria da relatividade em 1925.

einstein.dentro

POR VITOR ABDALA, REPÓRTER DA AGÊNCIA BRASIL
FOTOS: TÂNIA RÊGO, AGÊNCIA BRASIL

Segundo relatos da época da visita do físico alemão ao Brasil, repetidos até hoje por funcionários do Jardim Botânico, Einstein teria ficado tão impressionado com as dimensões do jequitibá que abraçou e beijou a árvore. Na década de 80, o espécime, que ficou conhecido como “Jequitibá do Einstein” morreu depois de ser atingido por um raio.

Artur Ávila recebeu a proposta de plantar o jequitibá logo ao retornar ao Brasil, em agosto do ano passado, depois de conquistar a medalha, considerada o Nobel da Matemática, em Seul, na Coreia do Sul.

O matemático disse que, depois do prêmio, sua vida profissional não mudou, mas que passou a ser visto como um “modelo” de cientista para inspirar a juventude. “Não me esquivei dessa responsabilidade e tento contribuir, na medida do possível, para ter algum impacto positivo. Acho que é importante para o Brasil, porque as crianças sonham. Quando eu era criança, tinha uma grande admiração por cientistas e queria sempre ir nessa direção. Dessa admiração, eu ia estudando. Seria legal que as pessoas pudessem sonhar com esse caminho.”

Segundo o botânico Claudio Nicoletti de Fraga, curador das coleções vivas do Jardim Botânico, essa é uma homenagem a Ávila e à ciência. “O motivo é mais homenagear a ciência do que a planta, em si. Plantar, a gente planta todo dia aqui no parque. Mas é sempre bom ter um dia para homenagear a ciência”, disse Fraga.

Artur Ávila é pesquisador do Instituto da Matemática Pura e Aplicada, que fica perto do Jardim Botânico, na zona sul do Rio de Janeiro, e diretor de pesquisas do Centro Nacional de Pesquisa Científica, da França.

NOTA DA REDAÇÃO (#FaleaVerdade; #DivulgueaVerdade; #MenosOdioMaisDemocracia): Artur Ávila é um bom exemplo do Brasil que devemos construir. Os investimentos do governo federal, sobretudo nas universidades públicas e nos programas de intercâmbio, realizados nos últimos doze anos darão frutos (nesse período 12 universidades federais foram construídas ou ampliadas como é o caso da mineira Alfenas, que de 1914, quando foi fundada até 2004, permaneceu adormecida até que  seu campus fosse ampliado para cidades vizinhas e o número de cursos e vagas quintuplicasse).

São árvores plantadas ainda que não imunes como a de Einstein à raios e trovões e ainda que insuficientes para recuperar o tempo perdido, mas são árvores e traduzem esperança. Os investimentos em cursos superiores são fundamentais para a formação de mão de obra qualificada capaz de enfrentar novos desafios e ser propulsora do desenvolvimento e do crescimento. Visão a qual compartilho e que não passou de recurso de retórica durante o governo do ex-presidente Fernando Henrique Cardoso que, pelo jornal O Estado de S. Paulo (entre 1993 e 1995), entrevistei inúmeras vezes, no Rio, em Brasília e durante a campanha. Não raramente FHC se preocupava em falar sobre a importância da educação e se gabava até de ter escalado um dos seus amigos mais próximos, o gaúcho Paulo Renato Souza, que faleceu em 2011, para o cargo de ministro da Educação.

A educação básica, a qual a ex-primeira dama Ruth Cardoso procurou se dedicar em vida, estabelecendo uma rede de solidariedade de organizações não governamentais que pudesse, driblando o ralo do repasse das verbas a municípios, também foi atacada dentro do próprio governo. Inesquecível o dia em que o ex-ministro Sérgio Motta, das Comunicações e então tesoureiro de campanha de FHC, disse com todas as letras e repetiu depois e depois que os projetos de Ruth Cardoso para a educação ” não passavam de punheta sociológica”, com o perdão da expressão, mas foi essa mesma a utilizada pelo ex-ministro de FHC.

Com mais respeito e muito mais decoro o tema da educação tem sido tratado agora, o que já é um passo e tanto rumo ao futuro que, esperamos, seja promissor a todos os brasileiros e brasileiras e que novos Artur Ávila despontem no cenário.

Carlos Franco, editor-chefe.

Compartilhar.

Sobre o autor

Comentários desativados.

000-017   000-080   000-089   000-104   000-105   000-106   070-461   100-101   100-105  , 100-105  , 101   101-400   102-400   1V0-601   1Y0-201   1Z0-051   1Z0-060   1Z0-061   1Z0-144   1z0-434   1Z0-803   1Z0-804   1z0-808   200-101   200-120   200-125  , 200-125  , 200-310   200-355   210-060   210-065   210-260   220-801   220-802   220-901   220-902   2V0-620   2V0-621   2V0-621D   300-070   300-075   300-101   300-115   300-135   3002   300-206   300-208   300-209   300-320   350-001   350-018   350-029   350-030   350-050   350-060   350-080   352-001   400-051   400-101   400-201   500-260   640-692   640-911   640-916   642-732   642-999   700-501   70-177   70-178   70-243   70-246   70-270   70-346   70-347   70-410   70-411   70-412   70-413   70-417   70-461   70-462   70-463   70-480   70-483   70-486   70-487   70-488   70-532   70-533   70-534   70-980   74-678   810-403   9A0-385   9L0-012   9L0-066   ADM-201   AWS-SYSOPS   C_TFIN52_66   c2010-652   c2010-657   CAP   CAS-002   CCA-500   CISM   CISSP   CRISC   EX200   EX300   HP0-S42   ICBB   ICGB   ITILFND   JK0-022   JN0-102   JN0-360   LX0-103   LX0-104   M70-101   MB2-704   MB2-707   MB5-705   MB6-703   N10-006   NS0-157   NSE4   OG0-091   OG0-093   PEGACPBA71V1   PMP   PR000041   SSCP   SY0-401   VCP550   HP0-S42   70-483   101   000-080   1z0-434   CCA-500   CAP   1Z0-804   220-802   70-483   SY0-401   70-980   300-101   c2010-652   ICGB   1Z0-144   101   70-533   000-017   1Z0-060   640-916   9L0-012   MB2-704   9L0-066   2V0-621D   1Z0-144   1Y0-201   74-678   EX200   70-483   700-501   210-260   200-310   100-105  , JK0-022   350-080   300-070   CISSP   810-403   CAS-002   300-206   200-101   OG0-093   000-104   MB6-703   CISSP   1Z0-144   070-461   1Z0-060   SSCP