A BATALHA VIKING DAS SELFIES

0

É divertidíssimo e está dando o que falar em redes sociais um comercial de ifolor, fornecedora líder de livros de fotos da Suíça, mostrando que, numa batalha, se esta fosse travada nos dias de hoje, os vikings estariam mais preocupados com as selfies do que propriamente com a batalha por território. Machados e lanças perdem importância para smartphones dos mais variados modelos e até os famosos paus de selfie. Afinal, sem o registro da imagem que, depois, dará origem a um book review de ifolor, a batalha não teria a menor graça, ninguém saberia dele e ela não resultaria num livro também épico.

Criado pela agência Walker Zurique, o filme de 60 segundos é um dos épicos mais cômicos que a propaganda poderia produzir para retratar esse desejo, hoje disseminado, de se registrar tudo o que se passa ao redor, postar nas redes sociais e depois criar álbuns, negócio lucrativo para a ifolor. Dirigido por Ben Kregor e produzido por Knucklehead, o filme foi escrito por Roger Beckett que não poupou cenas hilárias como um guerreiro que antes de morrer, se a brincadeira fosse real, pede aquele tempinho ao algoz para tirar uma selfie. Afinal, nada como deixar registrado para a posteridade, ainda que na derrota a sua imagem e, de preferência, depois imortalizada em livros personalizados de ifolor. É de chorar de rir. 

Compartilhar.

Sobre o autor

Comentários desativados.