A força do Vectra

0

Entre os dias 9 e 13 de abril, um teaser da nova campanha do Vectra, o luxuoso modelo da Chevrolet, foi veiculado na televisão e internet, no qual um carro, em um cenário inacabado, como algo que está em andamento, vinha acompanhado do lettering: “A campanha do Vectra vem aí. Aguarde. Neste sábado”.

Na segunda fase, nos dias 14, 15 e 16 de abril, um comunicado, foi veiculado na TV e nos jornais informando que a campanha tinha sido “adiada”, depois de uma pesquisa (feita pelo Instituto Krammer&Stevens, criado para a campanha) que revelava os “supercriteriosos consumidores do Vectra não ficaram satisfeitos com os comerciais produzidos”. O comunicado ainda afirmou que a Chevrolet estaria rapidamente trabalhando para “fazer uma campanha à altura dos consumidores de Vectra”.

Desde ontem, dia 17 de abril de 2007, até o dia 3 de maio, inicia-se a terceira fase da campanha, com três filmes diferentes, que mostrarão porque o comercial de Vectra foi reprovado pelos seus criteriosos consumidores. Em paralelo, no website http://www.chevrolet.com.br/campanhavectra, o consumidor terá a oportunidade de colaborar com a campanha dando sugestões a serem analisadas pelo instituto de pesquisas. No dia 4 de maio, finalmente, o público irá conhecer o comercial produzido e dessa vez “aprovado” pelos consumidores de Vectra.

A terceira fase da campanha visa fazer com que o público perceba que todas estas ações fazem parte de uma campanha publicitária. Onde se cria a expectativa para seu grande desfecho, no início de maio, com o último filme será veiculado.

De acordo com Adriana Cury, chairwoman da McCann Erickson, “Para dar continuidade ao trabalho de comunicação desenvolvido para a GM, a nova campanha do Chevrolet Vectra foi criada a partir de um estudo sobre seus consumidores, que descobriu o quão criteriosos eles são na hora de escolher um carro. Assim, foi criada a campanha “Reprovados”, que mostrará que nada apresentado chega à altura do Vectra. Humor, contundência e elegância são as características que buscamos para definir essa nova inusitada campanha, que terá o ponto alto em seu desfecho.”

Compartilhar.

Sobre o autor

Comentários desativados.

000-017   000-080   000-089   000-104   000-105   000-106   070-461   100-101   100-105  , 100-105  , 101   101-400   102-400   1V0-601   1Y0-201   1Z0-051   1Z0-060   1Z0-061   1Z0-144   1z0-434   1Z0-803   1Z0-804   1z0-808   200-101   200-120   200-125  , 200-125  , 200-310   200-355   210-060   210-065   210-260   220-801   220-802   220-901   220-902   2V0-620   2V0-621   2V0-621D   300-070   300-075   300-101   300-115   300-135   3002   300-206   300-208   300-209   300-320   350-001   350-018   350-029   350-030   350-050   350-060   350-080   352-001   400-051   400-101   400-201   500-260   640-692   640-911   640-916   642-732   642-999   700-501   70-177   70-178   70-243   70-246   70-270   70-346   70-347   70-410   70-411   70-412   70-413   70-417   70-461   70-462   70-463   70-480   70-483   70-486   70-487   70-488   70-532   70-533   70-534   70-980   74-678   810-403   9A0-385   9L0-012   9L0-066   ADM-201   AWS-SYSOPS   C_TFIN52_66   c2010-652   c2010-657   CAP   CAS-002   CCA-500   CISM   CISSP   CRISC   EX200   EX300   HP0-S42   ICBB   ICGB   ITILFND   JK0-022   JN0-102   JN0-360   LX0-103   LX0-104   M70-101   MB2-704   MB2-707   MB5-705   MB6-703   N10-006   NS0-157   NSE4   OG0-091   OG0-093   PEGACPBA71V1   PMP   PR000041   SSCP   SY0-401   VCP550   HP0-S42   70-483   101   000-080   1z0-434   CCA-500   CAP   1Z0-804   220-802   70-483   SY0-401   70-980   300-101   c2010-652   ICGB   1Z0-144   101   70-533   000-017   1Z0-060   640-916   9L0-012   MB2-704   9L0-066   2V0-621D   1Z0-144   1Y0-201   74-678   EX200   70-483   700-501   210-260   200-310   100-105  , JK0-022   350-080   300-070   CISSP   810-403   CAS-002   300-206   200-101   OG0-093   000-104   MB6-703   CISSP   1Z0-144   070-461   1Z0-060   SSCP