A SUAVIDADE E A FORÇA DO BEM

0

O estúdio de conteúdo Humble recentemente conceituou e criou um vídeo hino para uma força do bem, um novo movimento social inspirado pelo Dalai Lama e dedicado a transformar o mundo de maneiras práticas e positivas. O movimento é construído sobre um novo livro lançado na última semana pelo The New York Times do autor de best-seller Daniel Goleman, intitulado “Uma força para o bem: Visão do Dalai Lama para nosso mundo”, que apresenta uma compilação de idéias mais inspiradoras do Dalai Lama sobre positividade e compaixão.

Humble foi aproveitado por Melcher Mídia e CrossbeatNY para criar um curta-metragem que atuaria como um ativo central de divulgação do livro capaz de mobilizar o público para o livro. Diretor executivo de criação de Humble, Sam Stephens, e o diretor criativo Chris Mauch desenvolveram uma abordagem que intercala quatro vinhetas originais, cada uma dirigida por um diretor diferente de Humble. As vinhetas incluem “A Mãe” (dirigido por Sasha Levinson), “Jar Broken” (dirigido por Stephens e Mauch): “Driver” (dirigido por Rudi Schwab), e “Plastic Beach” (dirigido por Samuel + Gunnar). Cada vinheta segue uma estrutura de três atos semelhantes, com o tema unificador de tomar medidas a nível pessoal, a fim de se tornar uma força para o bem. O filme é um convite para a reflexão e revela em si a suavidade do bem.

O bem que pode se manisfestar nos pequenos gestos do cotidiano, como ajudar alguém, a exemplo da criança que deixa o seu lanche cair no chão e que a ajuda de um estranho, torna a mãe mais presente. O pássaro que está preso aos dejetos de poluição marinha e que agradece o ato de libertação de uma criança com o voo, o motorista com os nervos à flor da pele que quando pensa na família, suaviza a tensão, o respeito de duas crianças que cessam a briga eminente entre os pais. Enfim, aquele bom dia que podemos oferecer com alegria, recebendo outro em troca e acreditar que um mundo melhor é possível, basta que, com a força do bem, começamos a construí-lo já e imediatamente.

Um belo filme, um belo convite à reflexão.

Compartilhar.

Sobre o autor

Comentários desativados.

000-017   000-080   000-089   000-104   000-105   000-106   070-461   100-101   100-105  , 100-105  , 101   101-400   102-400   1V0-601   1Y0-201   1Z0-051   1Z0-060   1Z0-061   1Z0-144   1z0-434   1Z0-803   1Z0-804   1z0-808   200-101   200-120   200-125  , 200-125  , 200-310   200-355   210-060   210-065   210-260   220-801   220-802   220-901   220-902   2V0-620   2V0-621   2V0-621D   300-070   300-075   300-101   300-115   300-135   3002   300-206   300-208   300-209   300-320   350-001   350-018   350-029   350-030   350-050   350-060   350-080   352-001   400-051   400-101   400-201   500-260   640-692   640-911   640-916   642-732   642-999   700-501   70-177   70-178   70-243   70-246   70-270   70-346   70-347   70-410   70-411   70-412   70-413   70-417   70-461   70-462   70-463   70-480   70-483   70-486   70-487   70-488   70-532   70-533   70-534   70-980   74-678   810-403   9A0-385   9L0-012   9L0-066   ADM-201   AWS-SYSOPS   C_TFIN52_66   c2010-652   c2010-657   CAP   CAS-002   CCA-500   CISM   CISSP   CRISC   EX200   EX300   HP0-S42   ICBB   ICGB   ITILFND   JK0-022   JN0-102   JN0-360   LX0-103   LX0-104   M70-101   MB2-704   MB2-707   MB5-705   MB6-703   N10-006   NS0-157   NSE4   OG0-091   OG0-093   PEGACPBA71V1   PMP   PR000041   SSCP   SY0-401   VCP550   HP0-S42   70-483   101   000-080   1z0-434   CCA-500   CAP   1Z0-804   220-802   70-483   SY0-401   70-980   300-101   c2010-652   ICGB   1Z0-144   101   70-533   000-017   1Z0-060   640-916   9L0-012   MB2-704   9L0-066   2V0-621D   1Z0-144   1Y0-201   74-678   EX200   70-483   700-501   210-260   200-310   100-105  , JK0-022   350-080   300-070   CISSP   810-403   CAS-002   300-206   200-101   OG0-093   000-104   MB6-703   CISSP   1Z0-144   070-461   1Z0-060   SSCP