ALLIANZ RENOVA APOIO AO COMITÊ PARALÍMPICO INTERNACIONAL

0

No Rio de Janeiro, durante a Paralimpíada, Philip Craven, presidente do Comitê Paralímpico Internacional (IPC) e Jean-Marc Pailhol, head global de Gestão de Mercado e Distribuição do Grupo Allianz, assinaram um contrato que consolida o patrocínio da seguradora com a entidade.  “A Allianz tem sido um parceiro extremamente proativo e leal, que está com o IPC há 10 anos. Eu, realmente, acredito que estamos fazendo a diferença no mundo e eu estou feliz por ter assinado esse contrato por mais quatro anos”, afirmou Philip Craven.  “Estamos orgulhosos em apoiar o movimento paralímpico, fomentar a conscientização da população e, assim, gerar interesse na modalidade e no tema inclusão”, disse Jean-Marc Pailhol. “Queremos contribuir para construir uma sociedade mais igualitária em que todos tenham as mesmas oportunidades”, acrescentou o executivo.

 

Para Miguel Pérez Jaime, presidente da Allianz Seguros, os jogos paralímpicos são uma oportunidade para que a modalidade ganhe mais visibilidade no Brasil, além de viabilizar discussões a respeito de uma sociedade mais igualitária. “Durante as competições é possível observar a superação constante de cada um dos atletas. Com o apoio do IPC, vamos além da formação esportiva e dos resultados. Queremos a inclusão social dos atletas e também promover a diversidade” afirmou.

 

A parceria é um sinal que está crescendo a conscientização em relação à força e o potencial das pessoas com algum tipo de deficiência. Além da cooperação global, 14 subsidiárias da Allianz apoiam localmente os comitês paralímpicos nacionais, são elas: Australia, Argentina, Colômbia, Croácia, Republica Checa, Alemanha, Grécia, Hungria, México, Irlanda, Eslováquia, Sri Lanka, Suiça e Reino Unido.

 

Allianz apoia o time independente de atletas paralímpicos refugiados

 

A Allianz também apoia o time independente de atletas paralímpicos (IPA) com seguro viagem para o Rio de Janeiro.  Segundo, Werner Zedelius, membro do conselho da Allianz SE, “dar aos refugiados a oportunidade de competir no Rio significa muito para a seguradora e se encaixa perfeitamente com nosso comprometimento e dedicação. Eu sempre fui inspirado pela motivação de todos os atletas paralímpicos e a busca pela excelência. Além disso, quem está sem pátria para morar tem barreiras ainda maiores para transcender”.

 

Em adição à parceria com o IPC, a Allianz integra a campanha #FillTheSeats, que em tradução literal significa preencher cadeiras, e até o final da competição levará 3 mil crianças e adultos com deficiência para assistir aos Jogos Paralímpicos Rio 2016. A campanha, iniciada por Greg Nugent, diretor de marketing da edição de Londres, em 2012, visa levar 20 mil pessoas com deficiência para os estádios paralímpicos.

 

Além do apoio financeiro, a Allianz tem criado campanhas de conscientização do esporte paralímpico e convida atletas para irem à companhia e palestrar para os seus colaboradores. Dessa maneira, amplia o número de embaixadores da modalidade ao redor do mundo. Com essa estratégia, a Allianz quer mostrar que pessoas com deficiência são parte da sociedade.

 

O novo contrato de quatro anos irá abranger os jogos Paralímpicos, incluindo o suporte da Allianz nos Comitês Paralimpícos Nacionais (NPCs) em seu caminho para os Jogos de Inverno PyeongChang 2018 e os Jogos de Verão Tóquio 2020.

Compartilhar.

Sobre o autor

Comentários desativados.