CAMPANHA ALERTARÁ PARA O DRAMA DOS DEFICIENTES AUDITIVOS

0

A campanha #surdoehquemfala, lançada hoje, tem a missão de chamar a atenção da população para os problemas enfrentados pelas pessoas com deficiência auditiva, especialmente quando o assunto é o desemprego. Para engajar a sociedade, no dia 26 de setembro, quando é comemorado o Dia Nacional do Surdo, será realizado um grande ato na internet. Todos estão convidados a fazer vídeos em silêncio, em apoio à campanha.

A jornalista Millena Machado, apresentadora do programa AutoEsporte, da TV Globo, é a idealizadora do projeto. Prima de uma deficiente auditiva, Millena acompanha de perto as dificuldades enfrentadas por essa parcela da população, principalmente na hora de buscar oportunidades no mercado de trabalho. “Silenciar a internet foi uma forma que encontramos para mostrar como é difícil compreender imagens sem som e não conseguir se expressar com a voz. É como se cada participante da campanha dissesse ‘estou em silêncio para você escutar esse recado’ ”, comenta Millena.

Ao lado do publicitário Alexandre Peralta, proprietário da Agência Peralta, a jornalista decidiu buscar parcerias com outros interessados na causa. Juntos formaram um grupo que se reuniu por quatro meses para pesquisar sobre o tema e desenvolver as peças publicitárias para a campanha. “Nosso propósito foi unir forças para mostrar que a exclusão das pessoas com deficiência auditiva oralizadas poderia ser amenizada com um gesto simples: o olhar nos olhos durante a conversa, atitude que facilita a comunicação”, comenta Peralta.

O último levantamento da RAIS (Relação Anual de Informações Sociais) aponta que apenas 73 mil brasileiros com deficiência auditiva têm carteira assinada, o montante representa menos de 1% da população de surdos no País, que é de 9,7 milhões de pessoas, segundo o último Censo realizado pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE).

De acordo com a Page PCD, unidade de negócios especializada em pessoas com deficiência da consultoria de recrutamento e seleção PageGroup, que precisam aprender a se comunicar por meio da Linguagem Brasileira de Sinais (Libras) ou buscar outros meios de diálogo, sem o uso da voz. “Durante as pesquisas, percebemos que a perda de audição é como uma deficiência invisível, muitas vezes, as pessoas esquecem que um colega de trabalho é surdo e acabam tentando se comunicar por meios inviáveis, como é o caso do telefone”, comenta Millena.

Durante o mês de setembro, formadores de opinião e celebridades irão publicar fotos, textos e vídeos sobre a importância da inserção das pessoas com deficiência auditiva na sociedade. São mais de 10 frases orientando ouvintes a vencer o preconceito e a se comunicar de forma leve, clara e simpática com os surdos. Thierry Marcondes e Melissa Sousdaleff, que são deficientes auditivos, os atores Luis Gustavo, Carol Castro, Larissa Maciel, Maria Eugênia, Julia Pettit, Marcela Fetter e Luigi Baricelli, os jornalistas Milton Young, Mauro Betting e Luize Altenhofen, os cantores MC Gui e Wanessa Camargo e a bailarina Ju Valcezia são os principais envolvidos nesta campanha até o momento.

Compartilhar.

Sobre o autor

Comentários desativados.