DIÁRIO DO GOLPE: PPT PARA PARLAPATÕES

0

O Brasil é o país da piada pronta. A concorrência é gigantesca e, nestes tristes e sombrios dias de violação dos valores mais caros à tecitura daquilo que se chama Nação e que encontraria na Justiça, nas suas leis, a defesa cega exatamente como a deusa Themis se apresenta, é cada vez maior a contribuição de integrantes do Poder Judiciário ao repertório do escárnio e da fanfarronice. É o caso do PPT, o Power Point criado por procuradores para incriminar, sem provas, mas com meras convicções que evidenciam partidarismo e messianismo (alguns se sentem salvadores da Pátria), o brasileiro Luiz Inácio Lula da Silva.

Resultado: o PPT virou meme, ganhou as mais divertidas versões nas redes sociais e revelou a pobreza intelectual e a fanfarronice daqueles aos quais os cidadãos pagam salários justamente para manterem a Justiça levando-se em conta os seus ritos e os julgamentos baseados em provas cabais e nunca em meras convicções.

Aproveite e faça também o seu PPT aqui.

Claro que seria apenas cômico o fato que marcou a semana não fosse trágico enquanto demonstração da falta de respeito à Justiça e seus primados mais básicos e elementares por parte dos que dela tiram seu provento e, em nome da sociedade deveriam atuar mantendo as pilastras do Direito. Para tal, contariam ainda como o suporte e o apoio de uma Procuradoria-Geral da República, que lamentavelmente  parece ter se ausentado de suas funções em defesa dos ritos mais sagrados do Direito, como o de não julgar sem provas e, o pior de todos os males: pré-julgamentos com objetivo apenas de denegrir a imagem de cidadãos por deles discordarem baseados em convicções, geralmente ideológicas e partidárias.

Pobre Themis.  

Mas divertir-se é melhor do que levar a sério a galhofa que hoje o manto da Justiça encobre.

Na imagem, o PPT de Branca de Neve, que prova sua inocência ou talvez convicções que a incrimem.

Compartilhar.

Sobre o autor

Comentários desativados.