DIÁRIO DO GOLPE: R$ 45 MIL É QUANTO CUSTA UM GOLPE DE ESTADO NO BRASIL

0

R$ 45 mil, isso mesmo: quarenta e cinco mil reais é quanto custa um Golpe de Estado na República Federativa do Brasil. É esse o valor que o PSDB, partido que tem o 45 como número na Justiça Eleitoral, pagou para a advogada Janaína Paschoal conduzir o pedido de impeachment da presidenta eleita do Brasil, Dilma Rousseff, mesmo que este não caracterize crime de responsabilidade prevista na legislação.

O valor revelado pela própria Janaína Paschoal deixa uma pergunta no ar: Por que um partido como o PSDB, que congrega as elites brasileiras, recorreria a uma advogada tão medíocre, uma vez que tem em suas fileiras juristas que estariam dispostos a abraçar a causa?. A resposta acabou surgindo, na última semana, em entrevista à TV Senado de Álvaro Dias, um dos cardeais do PSDB, ao afirmar que, entre os convocados a depor no processo de impeachment em curso tanto faz que “sejam testemunhas ou informantes” diante do fato dos acusadores de Dilma Rousseff terem convocado uma testemunha que se provou sem credibilidade para prestar depoimento neste papel.

O senador está certo, a decisão de dar um Golpe de Estado foi tomada pelo seu partido, o PSDB, muito antes, logo após o resultado de eleições livres que reconduziram Dilma Rousseff ao Palácio do Planalto em outubro de 2014. Afinal, nas últimas quatro eleições  presidenciais diretas e livres para a Presidência da República os nomes e os projetos do PSDB foram rechaçados nas urnas pela ruptura que representam entre o Estado e os cidadãos brasileiros. Então, não restava a essa minoria derrotada nas urnas outro caminho a não ser reconquistar o poder por meio de um Golpe de Estado previsto nos dicionários, tanto em circulação no Brasil como no mundo, senão vejamos:

Golpe de Estado, também conhecido internacionalmente como Coup d’État (em francês) e Putsch ou Staatsstreich (em alemão), consiste na derrubada ilegal, por parte de um órgão do Estado, da ordem constitucional legítima. Os golpes de Estado podem ser violentos ou não, e podem corresponder aos interesses da maioria ou de uma minoria.

R$ 45 mil é o preço de um golpe na República Federativa do Brasil. Simples assim, ainda que lamentável.

Compartilhar.

Sobre o autor

Comentários desativados.