E AGORA JOSÉ?

0

FOTO: Pedro Serápio – Gazeta do Povo

Os vencedores do “Prêmio RPCTV 2009. Os melhores em cena” foram conhecidos na noite da última quarta-feira, 8, em evento que reuniu cerca de 400 convidados, no Teatro Fernanda Montenegro, em Curitiba. Foram premiadas as melhores produções exibidas entre abril e dezembro do ano passado no quadro “Casos e Causos” do programa Revista RPC.
O filme “E agora José”, da produtora WG7 BR, venceu três das cinco categorias: melhor filme, roteiro e ator. Os telespectadores podem conferir a reprise do filme vencedor na noite de domingo na Revista RPC, que vai ao ar no Paraná após o Fantástico.
O júri, formado por profissionais das áreas de artes e cultura, colunistas, críticos e autoridades, escolheu Wellington como melhor ator. O roteiro vencedor foi desenvolvido por Gil Baroni e Monica Rischbieter. Rosana Stavis levou o prêmio de melhor atriz com a atuação em “O Hóspede Secreto”, também da WG7 BR. A melhor produção ficou com “O Casarão”, produzido pela Arte Lux Produções.
Premiada em três categorias, Monica Rischbieter, sócia da produtora WG7BR, destaca a importância do espaço que a RPCTV oferece para as produções locais e que “o Prêmio RPCTV é um verdadeiro show de talentos”, diz. Wellington, que foi eleito o Melhor Ator, acrescenta que a iniciativa valoriza o trabalho dos profissionais que atuam no Paraná. “O Casos e Causos é uma vitrine para o ator mostrar o seu talento. Atuo há 29 anos, mas são poucas as pessoas que freqüentam teatro e nos conhecem. Por isso, a visibilidade que a TV proporciona contribui significativamente com a divulgação do nosso trabalho”.
A produtora responsável pelo “O Casarão”, Laura Dalcanale, afirma que para a indústria independente o Prêmio RPCTV se estabelece como uma referência, já que valoriza as produções de teledramaturgia local. “Por se tratar de ficção, é algo inédito. A RPC é a única a abrir um espaço neste formato, que demanda maior número de pessoas no elenco e profissionais técnicos”. Para Laura, o Prêmio de Melhor Produção é reconhece o trabalho de toda a equipe que participou do processo. “Estamos felizes com este prêmio, pois todo mundo é contemplado. Parabéns a equipe toda”, acrescenta.
A atriz Rosana Stavis conta que foi um trabalho muito especial desde o início, quando Fernando Severo (diretor do filme) a convidou para protagonizar o Hóspede Secreto. “Consegui desenvolver o trabalho com muito carinho e o resultado só podia ser este, ganhar este prêmio”, diz emocionada.
O diretor de Programação e Produção da RPCTV, Vandelino Gonçalves, complementa que o objetivo do Prêmio é valorizar o trabalho realizado pelas produtoras do Paraná, movimentando o mercado de produção, redação, elenco e técnicos. “Com isso, nosso mercado se profissionaliza ainda mais, gerando novas oportunidades aos profissionais”, comenta Gonçalves, que anuncia novas categorias para a edição do próximo ano, a de melhor ator e atriz coadjuvantes e a de melhor direção.
Além das premiações e da participação do humorista Diogo Portugal e a jornalista Maria Amélia Lonardoni como mestres de cerimônia, esquetes foram apresentadas pelos humoristas paranaenses Fábio Silvestre, Hélio Barbosa, Alisson Diniz, Richard Rebelo e Fábio Lins. 

 

Sinopse

 

“E Agora, José?” conta a história de José, 60 anos, um homem honesto e tímido que trabalha há 29 anos como ascensorista do único elevador de um antigo prédio residencial no centro de uma grande cidade. O elevador do prédio vai ser trocado e, três meses antes de se aposentar, José é demitido. Este é o seu último dia de trabalho. Antes de começar a trabalhar, José almoça no bar em frente ao edifício onde trabalha. João almoça no mesmo bar há 29 anos.  O dono do bar, seu amigo, o convence a tomar uma dose de cachaça para aliviar a tensão do último dia. João toma três doses.
A decepção e a bebida transformam a personalidade de José, a timidez desaparece e ele cria uma super coragem para expressar seus sentimentos.  Ele, então, aproveita seu último dia de trabalho, para declarar seu amor pela diarista do prédio e diz o que pensa e o que tem vontade para cada um dos moradores que entra no elevador, contando ou inventando fofocas, se vingado assim de todos que o chatearam durante os anos de trabalho
.

Compartilhar.

Sobre o autor

Comentários desativados.

000-017   000-080   000-089   000-104   000-105   000-106   070-461   100-101   100-105  , 100-105  , 101   101-400   102-400   1V0-601   1Y0-201   1Z0-051   1Z0-060   1Z0-061   1Z0-144   1z0-434   1Z0-803   1Z0-804   1z0-808   200-101   200-120   200-125  , 200-125  , 200-310   200-355   210-060   210-065   210-260   220-801   220-802   220-901   220-902   2V0-620   2V0-621   2V0-621D   300-070   300-075   300-101   300-115   300-135   3002   300-206   300-208   300-209   300-320   350-001   350-018   350-029   350-030   350-050   350-060   350-080   352-001   400-051   400-101   400-201   500-260   640-692   640-911   640-916   642-732   642-999   700-501   70-177   70-178   70-243   70-246   70-270   70-346   70-347   70-410   70-411   70-412   70-413   70-417   70-461   70-462   70-463   70-480   70-483   70-486   70-487   70-488   70-532   70-533   70-534   70-980   74-678   810-403   9A0-385   9L0-012   9L0-066   ADM-201   AWS-SYSOPS   C_TFIN52_66   c2010-652   c2010-657   CAP   CAS-002   CCA-500   CISM   CISSP   CRISC   EX200   EX300   HP0-S42   ICBB   ICGB   ITILFND   JK0-022   JN0-102   JN0-360   LX0-103   LX0-104   M70-101   MB2-704   MB2-707   MB5-705   MB6-703   N10-006   NS0-157   NSE4   OG0-091   OG0-093   PEGACPBA71V1   PMP   PR000041   SSCP   SY0-401   VCP550   HP0-S42   70-483   101   000-080   1z0-434   CCA-500   CAP   1Z0-804   220-802   70-483   SY0-401   70-980   300-101   c2010-652   ICGB   1Z0-144   101   70-533   000-017   1Z0-060   640-916   9L0-012   MB2-704   9L0-066   2V0-621D   1Z0-144   1Y0-201   74-678   EX200   70-483   700-501   210-260   200-310   100-105  , JK0-022   350-080   300-070   CISSP   810-403   CAS-002   300-206   200-101   OG0-093   000-104   MB6-703   CISSP   1Z0-144   070-461   1Z0-060   SSCP