EDITORA BRASILEIRA CONQUISTA O MERCADO ASIÁTICO

0

Em 2013, Antonio Erivan Gomes participou da Feira do Livro de Bolonha representando a Cortez, uma editora brasileira. Ele soube de algo que iria mudar a estratégia de sua companhia: a China iria acabar com a “política do filho único”, implantada no país por muitas décadas. E teve um insight. Em poucos anos, a China vivenciaria o nascimento de 40 milhões de crianças – uma nova geração de leitores consumidores. A Cortez, vale mencionar, é uma editora que opera parcialmente com foco em livros infantis.

Porém, vislumbrar um potencial em fazer negócios com a China não significa exatamente a mesma coisa que estar de fato presente no mercado. Então, como foi que a Cortez alcançou as editoras chinesas? A estratégia adotada por ela foi um sucesso comprovado. A empresa utilizou intensamente a sua rede construída ao longo dos anos em que esteve participando de feiras de livros. A Cortez falou com pessoas que sabiam o quanto a editora era séria e se dedicou também a quem pudesse ajudá-la a penetrar no mercado chinês. Porém, o trabalho estava longe de acabar.

“No início, nós tivemos alguns obstáculos no caminho. Para começar, nós conseguimos um acordo com uma editora chinesa, mas ele foi cancelado devido a problemas de comunicação”, explica Gomes. “Nossos autores ficaram realmente frustrados”, ele continua, “já que eles estavam interessados em serem traduzidos para o mandarim”.

Uma outra ferramenta para ser bem-sucedido no mercado asiático é estar fisicamente presente. “Eu fui à China pelo menos quatro vezes nos últimos anos”, explica Gomes. Sua estratégia tem valido muito a pena, já que seus livros têm alcançado não apenas os leitores chineses, mas também os amantes de livros em Taiwan, Coreia do Sul e Malásia.

O processo de venda dos direitos editoriais, para um livro finalmente chegar nas lojas asiáticas, leva em torno de 18 meses. Os livros que já estão circulando comercialmente têm sido publicados em maior escala do que apenas no Brasil.

Antonio Erivan Gomes explica que pequenos ajustes tiveram que ser feitos para superar barreiras culturais e facilitar a recepção dos livros de sua empresa, “porém nada que tenha mudado a alma do trabalho”, ele garante. “As histórias da Cortez são sofisticadas, porém universais, e, portanto, de fácil comunicação com pessoas de todo o mundo”.

O sucesso delas no mercado asiático motivou a Cortez a focar mais suas atividades em mercados não tradicionais – países que podem estar abertos a receber histórias de autores brasileiros. Agora, a Cortez já prevê que suas histórias brasileiras serão vendidas no Oriente Médio, tendo a Turquia e o Líbano como portas de entrada.

Texto e imagem da Câmara Brasileira do Livro

Compartilhar.

Sobre o autor

Comentários desativados.

000-017   000-080   000-089   000-104   000-105   000-106   070-461   100-101   100-105  , 100-105  , 101   101-400   102-400   1V0-601   1Y0-201   1Z0-051   1Z0-060   1Z0-061   1Z0-144   1z0-434   1Z0-803   1Z0-804   1z0-808   200-101   200-120   200-125  , 200-125  , 200-310   200-355   210-060   210-065   210-260   220-801   220-802   220-901   220-902   2V0-620   2V0-621   2V0-621D   300-070   300-075   300-101   300-115   300-135   3002   300-206   300-208   300-209   300-320   350-001   350-018   350-029   350-030   350-050   350-060   350-080   352-001   400-051   400-101   400-201   500-260   640-692   640-911   640-916   642-732   642-999   700-501   70-177   70-178   70-243   70-246   70-270   70-346   70-347   70-410   70-411   70-412   70-413   70-417   70-461   70-462   70-463   70-480   70-483   70-486   70-487   70-488   70-532   70-533   70-534   70-980   74-678   810-403   9A0-385   9L0-012   9L0-066   ADM-201   AWS-SYSOPS   C_TFIN52_66   c2010-652   c2010-657   CAP   CAS-002   CCA-500   CISM   CISSP   CRISC   EX200   EX300   HP0-S42   ICBB   ICGB   ITILFND   JK0-022   JN0-102   JN0-360   LX0-103   LX0-104   M70-101   MB2-704   MB2-707   MB5-705   MB6-703   N10-006   NS0-157   NSE4   OG0-091   OG0-093   PEGACPBA71V1   PMP   PR000041   SSCP   SY0-401   VCP550   HP0-S42   70-483   101   000-080   1z0-434   CCA-500   CAP   1Z0-804   220-802   70-483   SY0-401   70-980   300-101   c2010-652   ICGB   1Z0-144   101   70-533   000-017   1Z0-060   640-916   9L0-012   MB2-704   9L0-066   2V0-621D   1Z0-144   1Y0-201   74-678   EX200   70-483   700-501   210-260   200-310   100-105  , JK0-022   350-080   300-070   CISSP   810-403   CAS-002   300-206   200-101   OG0-093   000-104   MB6-703   CISSP   1Z0-144   070-461   1Z0-060   SSCP