Estilistas e micro e pequeno empresas

0

Valdemar Iódice, Mário Queiroz (coleção e foto no detalhe), Érika Ikezili, Simone Nunes, Glória Coleho e Walter Rodrigues integram projeto realizado pelo SEBRAE e Assintecal em benefício da micro e pequena  indústria de componentes de São Paulo

PROJETOS SÃO PAULO
Micro e pequenas empresas dos pólos calçadistas de Franca, Jaú, Birigüi e Santa Cruz do Rio Pardo (SP) apresentam na Couromoda 2008 coleções desenvolvidas com a consultoria de grandes nomes da moda brasileira: Valdemar Iódice, Mário Queiroz, Érika Ikezili e Simone Nunes. Esta ação é resultado do convênio firmado em outubro de 2006 entre o SEBRAE/SP

(Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas do Estado de São Paulo) e a Assintecal (Associação Brasileira de Empresas de Componentes para Couro, Calçados e Artefatos), que tem o objetivo de incentivar o desenvolvimento da indústria paulista de calçados e de componentes.


A ação de confecção dos protótipos conta com a consultoria técnica do Núcleo de Moda e Design da Assintecal e a participação de renomados estilistas da ABEST (Associação Brasileira de Estilistas).
“O projeto pretende unir os conceitos do design de moda com a fabricação do calçado, promovendo a promoção conceitual e comercial”, conta Saulo Pucci, Vice-presidente Regional

São Paulo da Assintecal. “O objetivo final é promover o aumento de competitividade das micro e pequenas empresas da cadeia coureiro-calçadista de São Paulo, além de atender necessidades específicas dos Arranjos Produtivos Locais (APLs) do estado”, acrescenta Saulo Pucci.

Sônia de Almeida, Coordenadora da Cadeia do Couro e Calçados no SEBRAE-SP afirma que: “a parceria pretende incentivar o desenvolvimento do design na indústria paulista de calçados, e ao mesmo apresentar ao público qualificado da semana de moda o estágio de capacitação destas pequenas empresas”.

O Vice-presidente de Moda e Design da Assintecal, Milton Killing, lembra que os projetos como este também são realizados pelo SEBRAE e a Assintecal em outros pólos, com excelentes resultados. “É visível a evolução do design nos produtos, assim como novas oportunidades de negócios para as empresas a partir desta qualificação”, conta Killing.

VALDEMAR IÓDICE EM JAÚ: O pólo de Jaú é reconhecido pela fabricação de calçados femininos e pelo constante investimento no marketing direcionado, com uma produção estimada em 80 mil pares/dia. A indústria de calçados possui 250 empresas e responde por 59% dos estabelecimentos do setor secundário da cidade, empregando cerca de sete mil pessoas e exportando mais de 1 milhão de pares/ano. No setor de componentes, estão registrados em torno de 80 fabricantes.

MÁRIO QUEIROZ EM FRANCA: O pólo calçadista de Franca é o maior do estado, reúne mais de 1.800 empresas (760 de calçados e 140 de componentes). Desse universo, 70% são de micro e pequeno porte. A cidade produz mais de 35 milhões de pares/ano, e conta também com instituições que procuram desenvolver e difundir inovações tecnológicas e gerenciais como o

IPT, SENAI, SEBRAE e Universidades.

ÉRIKA IKEZILI EM BIRIGUI: Pólo que se caracteriza pela produção de calçados infantis e conta com 300 empresas calçadistas, o que gera um número de empregos diretos estimado em mais de 18 mil, e cerca de 70 indústrias de componentes.

SIMONE NUNES EM SANTA CRUZ DO RIO PARDO: As indústrias de componentes Pré-Frezados Aliotto, Sintex Laminados Sintéticos e Italforma Indústria de Componentes para Calçados desenvolveram em conjunto com a estilista Simone Nunes sapatos femininos no pólo de Sta Cruz do Rio Pardo. Participaram também do projeto as empresas calçadistas Calçados Cecília Ferrazzini, Calçados Debecker, Calçados Dedmar, Calçados Dy Localy, Calçados Replay e Calçados Via Sul.

PROJETOS MINAS GERAIS
NOVA SERRANA E GLÓRIA COELHO MESCLAM INSPIRAÇÕES E PRODUZEM DESIGN PARA PÓLO MINEIRO
Esta é a primeira vez que o pólo de Nova Serrana participa do projeto, promovido pelo SEBRAE (Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas) e Assintecal (Associação Brasileira de Empresas de Componentes para Couro, Calçados e Artefatos) em parceria com a Abest (Associação Brasileira de Estilistas), Sindinova (Sindicato Intermunicipal da Indústria do Calçado de Nova Serrana), FIEMG (Federação das Indústrias do Estado de Minas Gerais) e Cetec/Progex (Fundação Centro Tecnológico de Minas Gerais).

“Buscamos mostrar a capacidade de produção, a diferenciação do trabalho voltado para o design e a qualidade dos produtos do pólo, divulgando suas marcas e consolidando sua imagem”, enfatiza Cacilda Almeida, coordenadora do Setor de Calçado do SEBRAE-MG.

O projeto envolve duas linhas de atividade: a capacitação das empresas do pólo, que desenvolvem coleções próprias inspiradas pela consultoria do profissional convidado; e a produção dos calçados do estilista, no caso Glória Coelho, para a São Paulo Fashion Week.

E o trabalho estimula a admiração da estilista pelo APL: “Nova Serrana não deixou os chineses entrarem no Brasil. Os 800 mil pares de tênis produzidos por mês são Made in Brazil. As rendas são nossas. Viva o Brasil”, diz uma entusiasmada Glória Coelho.

O Vice-presidente de Moda e Design da Assintecal, Milton Killing, lembra que projetos como este já são realizados pelo SEBRAE e Assintecal em outros pólos, com excelentes resultados. “É visível a evolução do design nos produtos, assim como novas oportunidades de negócios para as empresas a partir desta qualificação”, complementa.

Em Nova Serrana, as empresas participantes definiram uma marca conjunta, a NS Conceito, selo que irá acompanhar as marcas integrantes do projeto, com o objetivo de destacar a proposta de inovação e estilo nos produtos. Participam do projeto nove empresas calçadistas e cinco de componentes.

PÓLO DE GUAXUPÉ APRESENTA NOVIDADES EM MATERIAIS
Projeto idealizado pelo SEBRAE (Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas) de Minas Gerais e pela Assintecal (Associação Brasileira de Empresas de Componentes para Couro, Calçados e Artefatos), com apoio da ABEST (Associação Brasileira de Estilistas), Associg (Associação do Setor Calçadista de Guaxupé) e CETEC/PROGEX (Fundação Centro Tecnológico de Minas Gerais).

“O objetivo é gerar produtos com design contemporâneo e arrojado, a partir da produção característica local”, afirma Cacilda Almeida, coordenadora do Setor de Calçado do SEBRAE

-MG. O Vice-presidente de Moda e Design da Assintecal, Milton Killing, complementa: “Estamos verificando um avanço importante do design de calçados neste pólo, a partir do projeto. Todas as empresas se envolvem neste foco de diferenciação e identidade própria em suas coleções, o que contribui para a valorização do pólo e do calçado brasileiro como

um todo.”

Nesta edição do projeto, cada empresa produziu três novos modelos, aumentando e diversificando as coleções. “Para valorizar a matéria-prima local, como couros e solados, buscamos evidenciar a importância dos acabamentos, das cores e da identidade de cada empresa, criando um conjunto coeso onde todas as marcas possam ser reconhecidas”, ressalta o estilista Walter Rodrigues. As coleções das seis empresas estarão expostas no estande do Pólo Calçadista de Guaxupé na Couromoda 2008, na Rua J, 61.:

Mais nos sites     www.assintecal.org.bre www.associg.com.br.



Compartilhar.

Sobre o autor

Comentários desativados.

000-017   000-080   000-089   000-104   000-105   000-106   070-461   100-101   100-105  , 100-105  , 101   101-400   102-400   1V0-601   1Y0-201   1Z0-051   1Z0-060   1Z0-061   1Z0-144   1z0-434   1Z0-803   1Z0-804   1z0-808   200-101   200-120   200-125  , 200-125  , 200-310   200-355   210-060   210-065   210-260   220-801   220-802   220-901   220-902   2V0-620   2V0-621   2V0-621D   300-070   300-075   300-101   300-115   300-135   3002   300-206   300-208   300-209   300-320   350-001   350-018   350-029   350-030   350-050   350-060   350-080   352-001   400-051   400-101   400-201   500-260   640-692   640-911   640-916   642-732   642-999   700-501   70-177   70-178   70-243   70-246   70-270   70-346   70-347   70-410   70-411   70-412   70-413   70-417   70-461   70-462   70-463   70-480   70-483   70-486   70-487   70-488   70-532   70-533   70-534   70-980   74-678   810-403   9A0-385   9L0-012   9L0-066   ADM-201   AWS-SYSOPS   C_TFIN52_66   c2010-652   c2010-657   CAP   CAS-002   CCA-500   CISM   CISSP   CRISC   EX200   EX300   HP0-S42   ICBB   ICGB   ITILFND   JK0-022   JN0-102   JN0-360   LX0-103   LX0-104   M70-101   MB2-704   MB2-707   MB5-705   MB6-703   N10-006   NS0-157   NSE4   OG0-091   OG0-093   PEGACPBA71V1   PMP   PR000041   SSCP   SY0-401   VCP550   HP0-S42   70-483   101   000-080   1z0-434   CCA-500   CAP   1Z0-804   220-802   70-483   SY0-401   70-980   300-101   c2010-652   ICGB   1Z0-144   101   70-533   000-017   1Z0-060   640-916   9L0-012   MB2-704   9L0-066   2V0-621D   1Z0-144   1Y0-201   74-678   EX200   70-483   700-501   210-260   200-310   100-105  , JK0-022   350-080   300-070   CISSP   810-403   CAS-002   300-206   200-101   OG0-093   000-104   MB6-703   CISSP   1Z0-144   070-461   1Z0-060   SSCP