Festival Internacional de Linguagem Eletrônica

0

O FILE 2007 Festival Internacional de Linguagem Eletrônica acontece este ano no Centro Cultural Fiesp, de 14 de agosto a 09 de setembro de 2007, de terça a sábado das 10h às 20h, segunda das 11h às 20h e aos domingos das 10h às 19h. A programação ocupa a Galeria de Arte, o Teatro e o Mezanino do Centro Cultural que recebem a exposição, performances e palestras.


O FILE (Festival Internacional de Linguagem Eletrônica), o maior festival de arte e tecnologia do Brasil, há oito anos vem inserindo o país no contexto mundial da arte e tecnologia ou da mídia arte, realizando uma compilação de produções artísticas no campo das artes eletrônicas e digitais, e funcionando como um indicador da pluralidade dessas produções. Os trabalhos participantes do FILE 2007 são resultado de uma intensa pesquisa e seleção que trouxe à tona uma grande diversidade de pesquisas e de produções nacionais e internacionais.


Participam desta 8a edição do FILE aproximadamente 200 artistas – entre grupos, coletivos e trabalhos individuais – de mais de 30 nacionalidades, com trabalhos nas áreas de net art, web art, animação interativa, hipertexto, web filme interativo, cinema interativo, VRML, games, software art, generative art, inteligência artificial, robótica, música eletrônica, performance, instalações interativas e instalações eletrônicas.


Esta edição do FILE conta com 23 instalações e mais de 200 obras instaladas nos computadores nas quais os visitantes poderão acessar diferentes pesquisas de linguagem nas mídias digitais.
Abertura do FILE 2007

No evento de inauguração o FILE2007 apresenta o espanhol Txuspo Poyo com a obra “Delay Glass” onde será exibida pela primeira vez no Brasil a obra musical: “Erratum Musical” de Marcel Duchamp com apresentação ao vivo do pianista brasileiro Antonio Vaz Lemes.

Em seguida haverá a apresentação da escultura sonora Reactable dos artista: Martin Kaltenbrunner, Sergi Jordà, Günter Geiger, Marcos Alonso. Este trabalho depois da apresentação estará na galeria, para o público em geral. “Reactable” é uma sound art ou escultura sonora que tem como interface uma mesa com vários objetos que quando manipulado pelo público emite diversos comportamentos sonoros. Várias pessoas compartilham simultaneamente o controle do instrumento movendo e girando objetos físicos possibilitando ao público a criação de múltiplas composições. Este trabalho se destaca pela inteligência da programação e pela complexidade da interação.

Excepcional:

Inauguração do FILE- LABO

Dia 01 de agosto o File inaugura no Sesi da Vila Leopoldina a sua mais recente conquista O FILE LABO, um laboratório que tem como proposta estimular o desenvolvimento de produções estéticas que fazem uso das linguagens eletrônicas.
O FILE-LABO terá por meta proporcionar um ambiente de investigação transdisciplinar que explorará a intersecção  entre a arte, a ciência, a tecnologia e a sociedade. Desta forma o FILE deixa de ser um evento apenas expositivo e passará também a ser produtor da cultura digital.

FILE no Second Life O File em parceria com o Núcleo de Arte e Tecnologia – NAT da FASM – Faculdade Santa Marcelina realiza dia 15.08.2007 às 10h a primeira experiência de encontros à distância utilizando o ambiente virtual construído pelo NAT no Second Life e o espaço do Laboratório FILE. Desenvolvendo-se tanto no ambiente virtual quanto no real o encontro congrega artistas, pesquisadores e interessados nas questões das novas mídias e da arte tecnológica à partir de um olhar interdisciplinar.


Novidades do File 2007
Uma novidade que o File traz este ano são os trabalhos que poderíamos chamar de grafites eletrônicos representados pela americana Karolina Sobecka e pelo chinês  Jiacong Yan.  Em ambos os casos a arte eletrônica não ocorre mais entre quatro paredes, mas interage na cidade e com seus transeuntes.

File Grafite eletrônico

Karolina Sobecka – USA

“Wild Life” –  À noite uma projeção sai de um carro em movimento em direção aos edifícios. A projeção é uma animação de um tigre. Os movimentos do animal são programados para corresponder à velocidade do carro: se o carro acelera, o tigre corre aumentando a velocidade e se o carro reduz a velocidade ou para, o tigre também pára.


Jiacong Yan- China

“We Only Come Out at Night” é um projeto de grafite urbano que envolve o público numa projeção interativa. Ao anoitecer começam as projeções de monstros nas ruas e quando os pedestres passam debaixo das projeções os monstros agarram e comem suas sombras.


Artistas Premiados
O File também traz artistas premiados em outros eventos de arte eletrônica como a argentina Paula Gaetano e o espanhol Daniel Palacios Jimenez.


Paula Gaetano – Argentina

“Alexitimia” é uma escultura robótica cujo comportamento é análogo ao suor da pele humana. Sua interface é uma pele artificial que começa a suar quando o visitante a toca. Este Trabalho ganhou o primeiro lugar do festival VIDA 2007 na Espanha.


Daniel Palacios Jimenez – Espanha

A instalação “Waves” usa uma longa corda para fazer representações 3D de um grupo de ondas flutuando no espaço. Estas ondas geram som por seu movimento psíquico, de maneira que imagem e som se interligam, criando uma única forma: a corda que cria o volume, cria automaticmante o som quando a corda chocoteia o ar. A onda vai de uma linha parada a formas caótico com sons irregulares.

Obras destacadas: 
 

Ernesto Klar – Venezuela

“Convergenze Parallele” é uma instalação audiovisual na qual as partículas de pó no ar, atravessadas por um feixe de luz, são localizadas, visualizadas e sonorizadas em tempo real por um sistema de software customizado. A instalação reage a movimentos no ar no espaço expositivo, permitindo ao espectador ver e ouvir o movimento ampliado das partículas de pó.


Alexa Wright – UK

“Alter Ego” é uma instalação baseada numa tela onde o usuário interage com o que parece ser a sua própria imagem no espelho, mas é, na realidade, um avatar (um boneco virtual) que adquire as características faceais do usuário e que assume as caretas que ele o usuário venha a produzir. 

Markus Kison- Alemanha

“Roermond-Ecke-Schönhauser”- Nesta obra  imagens captadas em tempo real de 4 web cams situadas em localidades diferentes são projetadas com a ajuda de espelhos em maquetes dos locais onde se encontram as câmeras.Isto cria uma obra onde a realidade e a virtualidade se entrecruza de forma  inédita.


Leonardo Solaas – Argentina

“Dreamlines” é uma experiência visual não linear e interativa. O usuário entra com uma ou mais palavras que definem um sonho que ele gostaria de sonhar. O sistema procura na rede imagens relacionadas  e gera  uma pintura onírica, que muda constantemente; os elementos se fundem num processo análogo à memória e à livre associação.


Julie Freeman – UK

“The Lake”-  A obra usa hidrofones, software customizado e tecnologia avançada para acompanhar peixes com etiquetas eletrônicas no Fringe Lake circular, e traduz seus movimentos numa experiência audiovisual em tempo real. Os visitantes poderão perceber o comportamento dos peixes através de sons e imagens.

File Sound Art, pesquisas desenvolvidas com a relação experimental do som eletrônico.

Andrew Johnson and David Tinapple- USA

“When Pulse Becomes Pitch” é uma instalação sonora interativa que consiste em um par de cornetas de alumínio onde o visitante fala em um microfone colocado em frente à corneta. A qualidade da voz do que é falado ativa outra voz, uma língua estranha que ressona da corneta. Quando o visitante fala, o outro fala.

FILE Games, onde as pessoas poderão ver diversos jogos eletrônicos nos computadores e a instalação:

Gutleber Richard- Alemanha

“StickiesWorld” é um jogo generativo e imersivo  em 360º. O visitante joga ao redor de um globo que projeta diferentes mundos numa narrativa não linear.


 FILE-CD [CINEMA DOCUMENTA] 2007

FILMES DOCUMENTÁRIOS SOBRE CULTURA ELETRÔNICA
Idealizado para ser uma mostra audiovisual sobre temas que se relacionam direta e indiretamente com a cultura eletrônica, o FILE-CD [Cinema Documenta] traz 11 trabalhos, filmes e vídeos-documentários digitais selecionados de um panorama mundial, que têm como idéia central o questionamento dos novos fenômenos sociais, comportamentais e culturais que emergem nos principais eventos de linguagem eletrônica, que vai muito além do simples prazer do entretenimento.
Programação:

Laura Faerman & Marília Scharlach _‘No traço do Invisível’
Roberto Ceccato_‘Objeto Sonoro’
Claudia Assef_‘A Orquestra Invisível’
Marcel.lí Antúnez Roca_‘El Dibuixant’
Ruth Slinger_‘Ecosystem 1.0’
Jodeli_Burning Man
Marcus Robbin_‘Last Hippie Standing’
José Nuno da Câmara Pereira_‘Um Criador nas Suas Ilhas’
Rafael Lozano-Hemmer _‘Vectorial Elevation, Relational Architecture No. 4’

Além do espaço expositivo da galeria o FILE promove outros dois eventos:


FILE Hipersônica


Uma das grandes atrações do Festival é a quinta edição do FILE Hipersônica. O Hipersônica é um evento que dá ênfase às manifestações musicais, sonoras, visuais e performáticas da arte eletrônica. Este ano o grande destaque do Hipersônica será a  apresentação da obra do artista espanhol Txuspo Poyo com a obra “Delay Glass” onde será exibida pela primeira vez no Brasil a obra musical: “Erratum Musical” de Marcel Duchamp com apresentação ao vivo do pianista brasileiro Antonio Vaz Lemes.

 

14/8(TERÇA)

 D-Fuse (Mike Faulkner,  Barney Steele, Mathias Kispert) (US)
Orquestra Modular (BillMeirelles, Dino Vicente, Roberto Cecato) (BR)
Jochem Paap & Scott Pagano (US)
m-u-r-o (Alexandre Fenerich, Alexandre Porres, Andrei Thomaz, Giuliano Obici, Lilian Campesato, Patrícia Francisco, Valério Fiel da Costa e Vitor Kisil) (BR)
GE-SUK YEO (DE)
Ana Maria Kiefer & Vanderlei Lucentini (BR)
Vanderlei Lucentini, Sandra Corradini, Edinho Rodrigues e Núcleo In_Táctil (BR)
Video Jack (André Carrilho & Nuno Correia) (PT)
Txuspo Poyo(ESP) & Antonio Vaz Lemes(BR)

 

15/8 (QUARTA)

DJ Ivan LP (Zeitblom) & VJ HCKR.TV (BR)
SOSOLIMITED I (US)
GEMUNB (Jorge Antunes, Marcus Antunes) (BR)
SOSOLIMITED II (US)
Nicolas Devos & Pénélope Michel (FR)
Jochem Paap & Scott Pagano (US)
ADDD  ( Henrique Roscoe & Tadeus Mucelli) (BR)

 

16/08 (QUINTA)

C-TRL (UK)
Voz del Fuego & Elevador ( Flávia Couri – Flávia “Goo” Oliveira – Leandra Lambert – Rodrigo Marçal – VJ Bate-Bola)(BR)
BRET BATTEY (UK)
Studio Brutus / Citrullo International (IT)
Gerador Zero (Fabio FZero e Marco Antonio Monteiro) (BR)
Müvi/UDDQEM (Ricardo Müller Carioba & Fabio Villas Bôas) (BR)
OLHOCALIGARI (Denis Koishi, Giuliano Tosin, Júlio Oliveira, Marcel Rocha, Marco Scarassatti) (BR)
Video Jack (André Carrilho & Nuno Correia) (BR)
AQUAREINOS (Felipe Reinoso – Marc Hickpolen – Wil Lemansch) (BR)

 

17/08 (SEXTA)

Loibner (CH)
TIMOTHY WEAVER (US)
(de)mo(li)tion /demolição (Lucio Agra, Paulo Hartmann, Ricardo Palmieri) (BR)
Nils Mühlenbruch (NZ)
Hugo Paquete(PT) – Artista visual Ricardo Carioba (BRA)
Bijari (Eduardo Fernandes, Frederico Ming, Flávio Araújo, Gustavo Godoy, Geandre Tomazoni, Maurício Brandão, Olavo Ekman, Rodrigo Araujo e Sandro Akel) (BR)
SIRI (André Moreno, Carol Panesi, Fernando Morello, João Gabriel, Luciano Corroa, Leo Sousa, Paulo Prado, Ricardo Siri) (BR)
 D-Fuse (Mike Faulkner,  Barney Steele, Mathias Kispert) (UK)
SIRI (André Moreno, Carol Panesi, Fernando Morello, João Gabriel, Luciano Corroa, Leo Sousa, Paulo Prado, Ricardo Siri) (BR)
 

FILE Symposium

O evento realiza também o FILE Symposium, que acontece no mezanino do Centro Cultural Fiesp, de 14/08 a 17/08/2007. O FILE Symposium tem por objetivo criar um novo ponto de discussão além do eixo Europa/Estado Unidos, com o intuito de discutir a cultura digital eletrônica em suas relações internacionais e também ampliar o diálogo sobre a cultura digital em sua extensão interdisciplinar. O FILE Symposium é um espaço para o debate sobre as novas mídias, que terá mesas da qual participarão artistas, teóricos e pesquisadores brasileiros e estrangeiros da área de arte-tecnologia. O symposium também é uma oportunidade para ver apresentações de artistas que estão mostrando trabalhos na galeria.  As inscrições são gratuitas com vagas limitadas, podem ser realizadas online através do site do festival http://www.file.org.br.

Um dos destaques do symposium é o fundador e coordenador do projeto Overmundo, Ronaldo Lemos.
O Overmundo é um site colaborativo. Um coletivo virtual. Seu objetivo é servir de canal de expressão para a produção cultural do Brasil e de comunidades de brasileiros espalhadas pelo mundo afora tornando-as visíveis em toda sua diversidade. O Overmundo foi o grande vencedor do Prix Ars Electronica 2007, na categoria Digital Communities.

Inscrições online no site http://www.file.org.br


 

Compartilhar.

Sobre o autor

Comentários desativados.

000-017   000-080   000-089   000-104   000-105   000-106   070-461   100-101   100-105  , 100-105  , 101   101-400   102-400   1V0-601   1Y0-201   1Z0-051   1Z0-060   1Z0-061   1Z0-144   1z0-434   1Z0-803   1Z0-804   1z0-808   200-101   200-120   200-125  , 200-125  , 200-310   200-355   210-060   210-065   210-260   220-801   220-802   220-901   220-902   2V0-620   2V0-621   2V0-621D   300-070   300-075   300-101   300-115   300-135   3002   300-206   300-208   300-209   300-320   350-001   350-018   350-029   350-030   350-050   350-060   350-080   352-001   400-051   400-101   400-201   500-260   640-692   640-911   640-916   642-732   642-999   700-501   70-177   70-178   70-243   70-246   70-270   70-346   70-347   70-410   70-411   70-412   70-413   70-417   70-461   70-462   70-463   70-480   70-483   70-486   70-487   70-488   70-532   70-533   70-534   70-980   74-678   810-403   9A0-385   9L0-012   9L0-066   ADM-201   AWS-SYSOPS   C_TFIN52_66   c2010-652   c2010-657   CAP   CAS-002   CCA-500   CISM   CISSP   CRISC   EX200   EX300   HP0-S42   ICBB   ICGB   ITILFND   JK0-022   JN0-102   JN0-360   LX0-103   LX0-104   M70-101   MB2-704   MB2-707   MB5-705   MB6-703   N10-006   NS0-157   NSE4   OG0-091   OG0-093   PEGACPBA71V1   PMP   PR000041   SSCP   SY0-401   VCP550   HP0-S42   70-483   101   000-080   1z0-434   CCA-500   CAP   1Z0-804   220-802   70-483   SY0-401   70-980   300-101   c2010-652   ICGB   1Z0-144   101   70-533   000-017   1Z0-060   640-916   9L0-012   MB2-704   9L0-066   2V0-621D   1Z0-144   1Y0-201   74-678   EX200   70-483   700-501   210-260   200-310   100-105  , JK0-022   350-080   300-070   CISSP   810-403   CAS-002   300-206   200-101   OG0-093   000-104   MB6-703   CISSP   1Z0-144   070-461   1Z0-060   SSCP