FESTIVAL LATINO-AMERICANO DE FUTEBOL3 TEVE LANÇAMENTO NA ITAIPAVA ARENA FONTE NOVA

0

Cerca de 120 jovens estão em Salvador até o dia 09 de dezembro, participando do Festival Latino-Americano de Futebol3, que acontece pela primeira vez no Brasil. O evento foi lançado na Itaipava Arena Fonte Nova na última quinta-feira (05/12) e contou com a presença da a chefe de Gabinete da Secretaria de Trabalho, Emprego, Renda e Esporte da Bahia (Setre), Olívia Santana, a Consulesa da Alemanha na Bahia Petra Schaeber e representantes do Instituto Fazer Acontecer e streetfootballworld, idealizadores do evento.

Além deles, jovens da Costa Rica, Uruguai, Colômbia, Chile, Peru, Equador, dos estados brasileiros como Rio Grande do Sul, São Paulo, Rio de Janeiro, Maranhão e do bairro de Castelo Branco, em Salvador, e dos municípios de Valente, Araci, Barrocas, Conceição do Coité, Teofilândia, Santa Luz, São Domingos e Biritinga, estiveram presentes.

No encerramento, uma partida de 15 minutos entre cada grupo foi realizada no campo da Arena, onde os participantes do projeto mostraram o que aprenderam.

Entendendo a metodologia

Uma nova metodologia de prática esportiva vem dando muito certo, sobretudo na região do semiárido baiano. Nem sempre desenvolver o comprometimento, disciplina e responsabilidade através do esporte é fácil para jovens de 13 a 17 anos, mas para muitos adolescentes da capital, sertão baiano e de vários países tem sido a técnica ideal. O nome Futebol3 provém da metodologia do jogo que é dividido em três tempos e conta com regras diferentes do futebol convencional.

No primeiro tempo os jovens definem as regras, o segundo tempo é o jogo propriamente dito e no terceiro tempo há um debate sobre a aplicação das regras no campo de jogo. O placar final é a soma dos gols marcados com os pontos obtidos de acordo com a fórmula de jogo estabelecida no primeiro tempo. Apesar da nomenclatura, esta metodologia pode ser aplicada a qualquer esporte e não há a presença de árbitros para que os jovens desenvolvam a habilidade da negociação. “A ideia é minimizar a competitividade, fazendo com que os dois times joguem juntos em prol de um mesmo objetivo”, explica Renato Paes Andrade, coordenador do Instituto Fazer Acontecer (IFA).

Compartilhar.

Sobre o autor

Comentários desativados.

000-017   000-080   000-089   000-104   000-105   000-106   070-461   100-101   100-105  , 100-105  , 101   101-400   102-400   1V0-601   1Y0-201   1Z0-051   1Z0-060   1Z0-061   1Z0-144   1z0-434   1Z0-803   1Z0-804   1z0-808   200-101   200-120   200-125  , 200-125  , 200-310   200-355   210-060   210-065   210-260   220-801   220-802   220-901   220-902   2V0-620   2V0-621   2V0-621D   300-070   300-075   300-101   300-115   300-135   3002   300-206   300-208   300-209   300-320   350-001   350-018   350-029   350-030   350-050   350-060   350-080   352-001   400-051   400-101   400-201   500-260   640-692   640-911   640-916   642-732   642-999   700-501   70-177   70-178   70-243   70-246   70-270   70-346   70-347   70-410   70-411   70-412   70-413   70-417   70-461   70-462   70-463   70-480   70-483   70-486   70-487   70-488   70-532   70-533   70-534   70-980   74-678   810-403   9A0-385   9L0-012   9L0-066   ADM-201   AWS-SYSOPS   C_TFIN52_66   c2010-652   c2010-657   CAP   CAS-002   CCA-500   CISM   CISSP   CRISC   EX200   EX300   HP0-S42   ICBB   ICGB   ITILFND   JK0-022   JN0-102   JN0-360   LX0-103   LX0-104   M70-101   MB2-704   MB2-707   MB5-705   MB6-703   N10-006   NS0-157   NSE4   OG0-091   OG0-093   PEGACPBA71V1   PMP   PR000041   SSCP   SY0-401   VCP550   HP0-S42   70-483   101   000-080   1z0-434   CCA-500   CAP   1Z0-804   220-802   70-483   SY0-401   70-980   300-101   c2010-652   ICGB   1Z0-144   101   70-533   000-017   1Z0-060   640-916   9L0-012   MB2-704   9L0-066   2V0-621D   1Z0-144   1Y0-201   74-678   EX200   70-483   700-501   210-260   200-310   100-105  , JK0-022   350-080   300-070   CISSP   810-403   CAS-002   300-206   200-101   OG0-093   000-104   MB6-703   CISSP   1Z0-144   070-461   1Z0-060   SSCP