INSTITUTO AVON ALERTA PARA VIOLÊNCIA CONTRA A MULHER

0

A Teoria dos 21 dias afirma que este é o tempo necessário para mudar um hábito. Este é o período em que o Instituto Avon apoiará mais de cem ações, em todo o país, para engajar mais pessoas pelo fim da violência contra a mulher. Uma das ações foi a produção do vídeo “A mudança começa onde o silêncio termina”, que traz relatos reais sobre diversos tipos de violência contra a mulher praticadas por homens e mulheres, que vão além da agressão física e sexual, como assédio e julgamentos machistas.

“O objetivo do vídeo é provocar o diálogo e mostrar que atitudes consideradas por muitos como corriqueiras e comuns, como cantadas, julgamentos pela aparência ou uso de uma roupa decotada ou curta ou agressões às mulheres transexuais são formas de violências invisíveis contra a mulher”, explica Mafoane Odara, coordenadora de projetos do Instituto Avon. O vídeo faz parte da campanha Fale Sem Medo: Não à Violência contra a Mulher, do Instituto Avon, e será divulgado nas redes sociais da organização.

 

Desde 2008, o Instituto Avon já investiu R$ 20 milhões em 102 projetos e ações voltados para a educação, articulação, apoio a projetos e engajamento da sociedade nesta causa, que já impactaram mais de 1,5 milhão de pessoas em todo o país. A campanha Fale Sem Medo do Instituto Avon se soma à campanha global Speak Out Against Domestic Violencecoordenada pela Avon Foundation For Women, que já direcionou mais de US$ 50 milhões para a causa em mais de 50 países.

21 dias de ativismo

Desde 25 de novembro de 1986, durante os meses de novembro e dezembro, a ONU convoca o mundo inteiro para discutir questões relacionadas à violência contra as mulheres por meio da sua campanha mundial “16 dias de ativismo”, sempre com início no dia 25, Dia Internacional de Combate à Violência Contra a Mulher, e término em 10 de dezembro, Dia dos Direitos Humanos.

Mas, no Brasil, para destacar a dupla discriminação vivida pelas mulheres negras, as atividades começam antes, no dia 20 de novembro, Dia da Consciência Negra, e marcam o início dos 21 dias de atividades. Para marcar o período, o Instituto Avon, organização ligada a uma empresa privada que mais investe em ações pelo enfrentamento à violência contra a mulher, apoiará a realização de mais de 100 ações em todo o Brasil, como eventos artísticos, arte urbana, exposições fotográficas, entre outros, com o objetivo de engajar mais pessoas em favor da causa.

Fale Sem Medo: Não à Violência Contra a Mulher

A 4ª edição do Fórum Fale Sem Medo e a pesquisa “O papel do homem na desconstrução do machismo” são projetos inseridos na campanha Fale sem Medo – Não à Violência Contra a Mulher, coordenada pelo Instituto Avon. Desde 2008, a organização já investiu R$ 20 milhões em 102 projetos e ações voltados para a educação, articulação, apoio a projetos e engajamento da sociedade nesta causa, que já impactaram mais de 1,5 milhão de pessoas em todo o país. Em 2015, o Instituto lançou de forma pioneira com a Avon a ‘Linha 180’, uma linha de maquiagem invisível que não maquia, mas, ao contrário, revela a dor e o sofrimento da mulher que sofre violência doméstica. Ao propor o uso da ‘nova maquiagem’, a campanha impactou milhares de mulheres para que usassem o serviço telefônico 180, da Secretaria de Políticas para Mulheres (SPM), e recebessem orientações em situação de violência. A campanha Fale Sem Medo, do Instituto Avon, soma-se à campanha global Speak Out Against Domestic Violence coordenada pela Avon Foundation For Women.

Sobre as ações de responsabilidade social da Avon

A Avon é uma empresa global líder em ações sociais com foco em causas que interessam especialmente à mulher. As ações sociais da empresa são coordenadas pela Avon Foundation For Women, maior entidade focada em causas voltadas para a mulher ligada a uma corporação. Até 2015, foram doados mais de US$ 1 bilhão em mais de 50 países para as causas que mais afetam a mulher. A ação de responsabilidade social da empresa está concentrada na disseminação de informações, na conscientização, no apoio a pesquisas sobre o câncer de mama e na ampliação do atendimento a mulheres com esta doença, por meio da campanha Avon Breast Cancer Crusade (no Brasil, Avon contra o câncer de mama) e nos esforços para reduzir a violência contra a mulher, por meio da campanha Speak Out Against Domestic Violence (no Brasil, Fale sem Medo – não à violência contra a mulher). Os folhetos de produtos Avon trazem itens criados especialmente para arrecadar fundos para as causas. Além disso, a empresa promove eventos com participação de milhares de pessoas em várias partes do mundo para gerar fundos e promover a conscientização da sociedade, e distribui materiais informativos divulgados pelos mais de 6 milhões de revendedores de produtos Avon em todo o mundo. No Brasil, as ações sociais relacionadas ao combate ao câncer de mama e à violência doméstica são coordenadas pelo Instituto Avon. Desde 2003, a organização já investiu mais de R$ 122 milhões em 235 projetos e ações relacionados a essas causas no Brasil. Siga o Instituto Avon: www.facebook.com/institutoavonoficial.

Compartilhar.

Sobre o autor

Comentários desativados.