JEEP RENEGADE: TUDO O QUE VOCÊ PRECISA SABER

0

O Jeep Renegade 2016 chega ao mercado no início de abril com a promessa de reinventar o segmento dos utilitários-esportivos, tornando-se a nova referência. Inaugurando o Polo Automotivo Jeep, em Goiana, Pernambuco, a mais moderna das fábricas do grupo FCA – Fiat Chrysler Automobiles, o Renegade também expande a linha de veículos da marca, entrando no segmento dos SUVs compactos de caráter mais urbano, mantendo-se fiel à capacidade 4×4 e ao estilo de vida aventureiro pelos quais a Jeep é conhecida.

Disponível nas versões Sport, Longitude e Trailhawk, o Renegade entrega uma combinação de porte compacto para o trânsito urbano, melhor desempenho on-road e off-road, design de personalidade, cabine espaçosa, prática e refinada, ótimo comportamento dinâmico no asfalto, dois câmbios automáticos – um deles o primeiro de nove marchas do segmento –, dois motores modernos e eficientes (incluindo o mais forte da categoria, o exclusivo 2.0 MultiJet II turbodiesel), e uma enorme lista de equipamentos de conforto, segurança e tecnologia. O resultado é um veículo atraente e eficiente, criado para conquistar novos clientes, de alma jovem e aventureira.

“O Jeep Renegade 2016 simboliza os reconhecidos design, engenhosidade e inovação dos Estados Unidos, marcando a chegada da Jeep ao segmento dos SUVs compactos”, destaca Mike Manley, CEO da marca Jeep. “O Renegade expande o portfólio de produtos da marca, mirando na crescente categoria dos utilitários-esportivos pequenos com a melhor combinação na categoria de baixo consumo de combustível e capacidade off-road, ao mesmo tempo entregando comportamento dinâmico incrível e a liberdade ao ar livre que os consumidores esperam da Jeep.”

Para Sérgio Ferreira, diretor da marca Jeep para América Latina e diretor geral da Chrysler Brasil, o Jeep Renegade marca a reinvenção do segmento de SUVs compactos. “Ele não deriva de nenhum carro de passeio; foi projetado desde o início para ser um SUV compacto, o que faz dele o modelo mais adequado para rodar na cidade, na estrada ou no off-road”, afirma. “Além disso, nossa operação no Brasil é apoiada num tripé muito sólido: Fábrica de Pernambuco, a mais moderna do grupo FCA no mundo; Rede exclusiva com 120 pontos, bem equipada e treinada para um atendimento acima dos padrões convencionais; e Gama de produtos autênticos, incluindo o Renegade, que são referência em todos os segmentos de SUVs. Tudo isso suportado por uma marca lendária e aspiracional, que transmite ao público uma experiência única, seja ao volante, nas lojas ou no pós-venda”, conclui o executivo.
Design moderno com o melhor da tradição Jeep

Desde o início, os designers da Jeep sabiam que o Renegade deveria oferecer a melhor capacidade off-road com proporções urbanas que exibissem as linhas robustas da marca, mas com muita jovialidade, versatilidade e presença. Além disso, o desafio era criar um SUV inteiramente novo, não derivado de nenhum carro de passeio, e que simbolizasse os reconhecidos estilo e engenhosidade norte-americanos, para marcar o primeiro SUV compacto da Jeep, vendido em mais de 100 países ao redor do mundo. Para completar, o Renegade tinha de oferecer a liberdade ao ar livre que tem origem nas raízes de 1941, com o Jeep Willys MB.

O resultado é o Renegade 2016, um veículo inspirado no porte do Jeep Wrangler, mas com traços modernos e arrojados, que possibilitam ótimos ângulos de entrada e saída, características preponderantes no uso fora de estrada. E, de modo exclusivo no segmento, dois sistemas de tetos solares proporcionam mais liberdade com toda a comodidade.
Interior marcante, acabamento superior

A cabine do Jeep Renegade exibe visual enérgico, remetendo à lendária herança da marca e outros inspirados em equipamentos de esportes de aventura. Além de bem desenhado, o interior deste pequeno SUV tem excelente acabamento, empregando matérias-primas de alta qualidade. Batizada pelos designers de “Tek-Tonic”, a linguagem estilística do habitáculo mistura formas sutis com detalhes mais rústicos e funcionais. O painel, por exemplo, revestido com material suave ao toque, é intercalado com elementos como a alça de apoio para o passageiro, indispensável no uso off-road e emprestado do seu irmão maior, o icônico Jeep Wrangler.

As saídas de ar centrais lembram óculos escuros de marcas de esportes radicais, e há outros toques que lembram atividades de aventura, como as molduras da base da alavanca do câmbio e dos alto-falantes nas portas. O “X” das lanternas traseiras aparece em vários pontos, como nos porta-copos no console central. E, para acomodar bem toda a bagagem dos ocupantes, há recursos como o banco do passageiro dianteiro com porta-objetos debaixo do assento e com encosto rebatível (para frente), além do assoalho 2 em 1 no piso do porta-malas. De um lado, a peça é revestida de tecido e do outro, de vinil, fácil de limpar em caso de levar artigos sujos ou molhados.
Motores modernos e eficientes

O Jeep Renegade apresenta o único diesel do segmento no País, que se torna o propulsor com maior potência e torque do segmento, além de proporcionar a maior autonomia. E ainda um motor bicombustível que evoluiu muito para entregar mais força em baixas e médias rotações, entre outros benefícios percebidos nas situações mais corriqueiras do trânsito urbano.

• 2.0 MultiJet II turbodiesel

Único motor a diesel do segmento e também o mais forte, o 2.0 MultiJet II turbo despeja 170 cv a 3.750 rpm e 35,7 kgfm a 1.750 rpm, traz a tecnologia MultiJet de segunda geração, patenteada pela Fiat Powertrain. Esse sistema common rail (duto único) controla a injeção de combustível em alta pressão (até 1.600 bar) de forma avançada. Os injetores do tipo solenoide são capazes de trabalhar múltiplas vezes em cada ciclo de combustão, para diminuir o consumo de diesel.

A turbina VGT, de geometria variável, combina potência em alta velocidade e muito torque em baixas rotações. Além disso, o virabrequim tem contrapesos desenvolvidos para reduzir as vibrações em giros altos, entre outros recursos que garantem níveis reduzidos também de ruído e aspereza. A eficiência energética do 2.0 MultiJet II turbo, aliada ao tanque com capacidade de 60 litros, permitirá longas viagens, como ir do Rio de Janeiro a São Paulo e voltar, sem abastecer.

• 1.8 16V E.torQ Evo Flex

O novo 1.8 16V E.torQ Evo incorporou importantes melhoramentos que trouxeram mais agilidade no arranque, retomadas mais rápidas e 5% de redução de consumo. Portanto, um motor muito mais divertido de usar e com melhor eficiência energética. Tudo isso foi possível por meio de um cabeçote totalmente novo. Com 100% de etanol no tanque (também de 60 litros), a potência se manteve em 132 cv, mas o torque não apenas subiu de 18,9 para 19,1 kgfm como surge mais cedo, a 3.750 rpm (antes, a 4.500 rpm). Ou seja, em qualquer situação há mais força e em giros mais baixos.

Há novos pistões, nova câmara de combustão, novos coletores de admissão e escape, válvulas maiores, velas de ignição menores e o variador de fase no comando de válvulas, evoluções que, combinadas geraram aumento da taxa de compressão do motor (de 11,2:1 para 12,5:1), e curva de torque muito mais plana, na qual 82% da força máxima já está disponível a 1.500 rpm.
Transmissões inéditas

O Jeep Renegade 2016 também se torna referência por ser o primeiro SUV compacto do mundo a ter câmbio automático de nove marchas. Única transmissão combinada ao poderoso motor turbodiesel 2.0 MultiJet II, ela proporciona muitos benefícios, como acelerações fortes, entrega progressiva do alto torque de 35,7 kgfm em qualquer situação e funcionamento suave mesmo em velocidades altas – a 120 km/h o ponteiro do conta-giros marca somente 1.000 rpm.

Já com o 1.8 E.torQ 16V flex, além de um câmbio manual de cinco marchas, está presente uma transmissão automática de seis marchas inédita em modelos da Jeep em todo o mundo e em veículos do grupo FCA fabricados no Brasil. Essa caixa também tem operação muito bem acertada e, rodando a 120 km/h, faz o motor girar a baixos 2.600 rpm (ante 3.500 giros com a transmissão manual). Os dois câmbios automáticos contam com opção de comando sequencial na alavanca e, a partir da versão Longitude, também por aletas no volante.
Tecnologias só vistas antes em SUVs maiores

Além da plataforma moderna e robusta, com suspensão independente nas quatro rodas, do motor a diesel e do câmbio automático de nove marchas, o Jeep Renegade carrega um nível tecnológico somente visto antes em SUVs de categorias superiores, o que proporciona uma experiência única ao volante, com destaque para o uso em grandes cidades.

Caso do sistema multimídia Uconnect Touch com duas opções de telas coloridas de 5 ou 6,5 polegadas, com conexão Bluetooth, comandos de voz, navegação GPS, entre muitos outros recursos. No painel, o Renegade conta ainda com outro destaque, a tela colorida multifuncional de TFT de 7 polegadas no quadro de instrumentos, a maior do segmento, permitindo acessar informações sobre o carro que vão muito além de um simples computador de bordo. Além disso, ela tem centenas de opções de configuração, para que o motorista possa escolher quais dados aparecerão na tela.

Finalmente, o Jeep Renegade será o primeiro veículo fabricado no Brasil a ter o sistema Park Assist, de estacionamento autônomo. E ainda traz de série freio de estacionamento eletrônico, que dispensa a alavanca, bem como a intervenção do motorista para ativá-lo ou desativá-lo.
Mais de 60 itens de segurança

Como em todo veículo da Jeep, a segurança é primordial e o Jeep Renegade 2016 dispõe de mais 60 itens relacionados a esse aspecto. Indo muito além dos obrigatórios air bags dianteiros e freios ABS, os controles de tração e de estabilidade, por exemplo, são equipamentos de série em todas as versões, bem como os controles anticapotamento e de estabilidade de trailer. Segurança, nesse caso, se casa com o prazer de dirigir um SUV com grande estabilidade em curvas e uma dirigibilidade surpreendente para um veículo com sua altura.

Mesmo o passageiro traseiro central conta com cinto de três pontos e encosto de cabeça. Atrás, há pontos Isofix para fixação segura de assentos infantis. Para aumentar a visibilidade do motorista, os faróis de neblina e os sensores de estacionamento traseiro equipam todas as unidades do Renegade. E os repetidores laterais nos retrovisores também são de série desde a versão Sport. Completando, um dos pacotes de opcionais, o Safety, adiciona ainda air bags laterais, de cortina e de joelhos (totalizando sete bolsas de proteção) e sistema de monitoramento da pressão dos pneus.
O melhor desempenho on-road e off-road

Desenvolvido para entregar a lendária versatilidade e capacidade fora de estrada da Jeep, o Renegade é o primeiro veículo do grupo FCA a utilizar a inteiramente nova arquitetura “Small-Wide 4×4”, que nasceu para gerar um SUV compacto com tração 4×4. Com suspensão independente nas quatro rodas (em todas as versões), o Renegade tem articulação de roda de até 205 mm e 212 mm de altura do solo (na versão Trailhawk), para elevar o padrão do desempenho no uso off-road dentro de seu segmento. O emprego extensivo de aços avançados e de alta resistência e muitas simulações de impacto fizeram a carroceria do Renegade entregar muita rigidez torcional e toda a durabilidade necessária para aventuras dignas do selo “Trail Rated” aplicado à configuração Trailhawk.

Trazendo a tecnologia 4×4 da nova geração do Jeep Cherokee, lançado no final do ano passado, o Jeep Renegade 2016 oferece a mais avançada e inteligente tração 4×4 do segmento. O sistema é capaz de enviar até 200 kgfm de torque para as rodas traseiras, se for preciso, para otimizar a aderência.

• Sistema exclusive 4×4 – Jeep Active Drive Low

A inovação é sempre uma prioridade para a Jeep, por isso o Renegade apresenta eixo traseiro e unidade de transferência de força (PTU) totalmente desconectáveis – para aliviar a transmissão quando a tração nas quatro rodas não é necessária e, desse modo, economizar combustível. Assim que o tração 4×4 se faz preciso, ele é acionado instantaneamente. Todos os Renegades equipados com o Jeep Active Drive Low contam com subchassi traseiro.

O sistema inclui ainda o controle de tração Selec-Terrain, que entrega até cinco modos de operação: Auto (automático), Snow (neve), Sand/Mud (areia/lama) e o exclusivo Rock (pedra) na versão Trailhawk, para o melhor desempenho em qualquer terreno e sob qualquer condição climática.

Trail Rated: Renegade Trailhawk 4×4 model

Para quem exige a melhor capacidade off-road de seu Jeep, o Renegade Trailhawk proporciona isso, por meio de uma série de diferenciais sobre as versões Sport e Longitude:

• Sistema Selec-Terrain com exclusivo modo Rock (pedra)
• Suspensão elevada em 2 cm, para chegar a 22,3 cm de altura livre do solo
• Placas inferiores de proteção e ganchos vermelhos na frente (2) e atrás (1), pelos quais se pode não apenas rebocar, mas içar o carro
• Para-choques especiais, que ajudam a oferecer ângulos muito favoráveis no fora de estrada: 31,3° de entrada, 22,8° de rampa e 33° de rampa
• Rodas exclusivas de 17 polegadas, com pneus de uso misto
• Até 20,5 cm de articulação das rodas
• Até 48,3 cm de capacidade de submersão
• Até 1.500 kg de capacidade de reboque (com freio)
Personalização para todos os gostos

Expandindo a tradição de liberdade ao ar livre originada com o pioneiro Jeep Willys MB de 1941, o Jeep Renegade 2016 oferece dois tetos solares especiais na lista de opcionais, ambos ocupando quase todo o teto do modelo. O panorâmico Command View, de vidro, no qual a parte sobre os ocupantes dianteiros é retrátil, e o inédito My Sky. Ele consta de dois painéis leves de poliuretano que podem ser removidos e abrigados no porta-malas, se encaixando perfeitamente. O painel dianteiro ainda é retrátil eletricamente, como um teto solar convencional. Do lado de fora, as duas placas do My Sky formam o mesmo “X” das lanternas traseiras.

Além desses itens opcionais, o Jeep Renegade contará com uma ampla variedade de itens de personalização disponibilizados pela Mopar, a marca de peças, acessórios e serviços do grupo FCA. No total serão 71 acessórios para deixar o SUV compacto ainda melhor preparado para encarar qualquer caminho, para adequá-lo ao estilo de vida do dono ou simplesmente para dar um toque diferente no visual. Haverá desde adesivos inspirados em esportes de aventura até suporte para bicicleta no teto, passando por itens para proteger os bancos ou organizar o transporte de carga no porta-malas.
Menor custo de manutenção do segmento

O custo-benefício do Jeep Renegade 2016 se estende também para o pós-vendas e a melhor prova disso é o menor custo do segmento para o plano de revisões até 60 mil km e, consequentemente, o menor gasto de manutenção por quilômetro rodado. As revisões deverão ser feitas a cada 12 mil km (ou 12 meses), até 72 mil km, para os modelos com motor 1.8 bicombustível. Já as versões turbodiesel terão intervalos a cada 20 mil km (ou 12 meses), até 120 mil km.

Assim como os veículos importados da marca, o pernambucano Jeep Renegade tem garantia total de três anos sem limite de quilometragem. E durante todo esse período, o programa de assistência Privilege vai oferecer total suporte ao consumidor.
Rede de concessionários

No lançamento comercial, no início de abril, o Jeep Renegade 2016 estará à venda em 120 concessionárias (sendo 76 exclusivas da Jeep e 46 também com as marcas Chrysler, Dodge e Ram), ao lado da linha de importados composta por Compass, Cherokee, Grand Cherokee e Wrangler. Até o fim do ano, a rede terá 200 pontos de venda espalhados pelo país.

Compartilhar.

Sobre o autor

Carlos Franco

Comentários desativados.

000-017   000-080   000-089   000-104   000-105   000-106   070-461   100-101   100-105  , 100-105  , 101   101-400   102-400   1V0-601   1Y0-201   1Z0-051   1Z0-060   1Z0-061   1Z0-144   1z0-434   1Z0-803   1Z0-804   1z0-808   200-101   200-120   200-125  , 200-125  , 200-310   200-355   210-060   210-065   210-260   220-801   220-802   220-901   220-902   2V0-620   2V0-621   2V0-621D   300-070   300-075   300-101   300-115   300-135   3002   300-206   300-208   300-209   300-320   350-001   350-018   350-029   350-030   350-050   350-060   350-080   352-001   400-051   400-101   400-201   500-260   640-692   640-911   640-916   642-732   642-999   700-501   70-177   70-178   70-243   70-246   70-270   70-346   70-347   70-410   70-411   70-412   70-413   70-417   70-461   70-462   70-463   70-480   70-483   70-486   70-487   70-488   70-532   70-533   70-534   70-980   74-678   810-403   9A0-385   9L0-012   9L0-066   ADM-201   AWS-SYSOPS   C_TFIN52_66   c2010-652   c2010-657   CAP   CAS-002   CCA-500   CISM   CISSP   CRISC   EX200   EX300   HP0-S42   ICBB   ICGB   ITILFND   JK0-022   JN0-102   JN0-360   LX0-103   LX0-104   M70-101   MB2-704   MB2-707   MB5-705   MB6-703   N10-006   NS0-157   NSE4   OG0-091   OG0-093   PEGACPBA71V1   PMP   PR000041   SSCP   SY0-401   VCP550   HP0-S42   70-483   101   000-080   1z0-434   CCA-500   CAP   1Z0-804   220-802   70-483   SY0-401   70-980   300-101   c2010-652   ICGB   1Z0-144   101   70-533   000-017   1Z0-060   640-916   9L0-012   MB2-704   9L0-066   2V0-621D   1Z0-144   1Y0-201   74-678   EX200   70-483   700-501   210-260   200-310   100-105  , JK0-022   350-080   300-070   CISSP   810-403   CAS-002   300-206   200-101   OG0-093   000-104   MB6-703   CISSP   1Z0-144   070-461   1Z0-060   SSCP