Jornais na web

0

O Google – a maior empresa de mídia do mundo – anunciou ontem à tarde, na sua sede no Vale do Silício, o lançamento do Google Archives, ferramenta inovadora que cria um banco de notícias históricas a partir da digitalização de microfilmes dos arquivos dos principais jornais do mundo. A idéia é que os usuários do portal possam acessar notícias como, por exemplo, a chegada do homem à lua, na própria fonte, ou seja, visitando as notícias na íntegra a partir do que os jornais publicaram na época. Com isto, o Google busca organizar todo um arcabouço de conteúdo inédito e gratuito sobre fatos históricos e acontecimentos marcantes e transferir esse conhecimento para uma plataforma digital, de fácil manejo.

De acordo como Tori Loverme, responsável por parcerias estratégicas do Google, o novo produto vai ao encontro da missão da empresa, que busca organizar toda informação do mundo e torná-la universalmente acessível e utilizável. “Por muitas décadas as pessoas consideraram jornais como fontes de informação de credibilidade. No entanto, em muitos casos, esse patrimônio informacional permanece ainda no universo dos microfilmes”, afirma. “Este é um importante passo para tornar conhecida uma série de jornais e notícias históricos tal como eles foram primeiro impressos, contendo imagens originais, manchetes e até anúncios”, acrescenta.

O projeto do Google Archives já vem sendo desenvolvido há alguns anos, mas só ontem foi oficialmente divulgado. Neste tempo, uma equipe da empresa do Google percorreu diversos países negociando parceria com as melhores empresas de mídia, considerando entre outros critérios, tradição e credibilidade. Os principais jornais do mundo, como o New York Times e o Washington Post, já aderiram ao projeto.

No Brasil, o JB e a Gazeta Mercantil foram as primeiras publicações a assinar o acordo de parceria. Nos próximos meses, todo o conteúdo histórico dessas publicações serão transferidas para os domínios digitais do Google através da plataforma online, e os usuários de todo o mundo poderão desfrutar de mais de dois séculos de informação. Usuários poderão ler a cobertura da Copa de 1950 diretamente das páginas digitalizadas do Jornal do Brasil, ou pesquisar sobre os choques de petróleo da década de 70, a partir do que foi integralmente publicado na Gazeta Mercantil, por exemplo.

Nelson Tanure, presidente do Conselho de Administração do Grupo CBM, que reúne o JB e a Gazeta Mercantil, comenta com otimismo o projeto. “Este é um dos muitos passos para transformar a CBM numa verdadeira empresa de mídia do século 21”.

De acordo com Marcos Troyjo, vice-presidente de Conteúdo e Novas Mídias do Grupo CBM e diretor-geral do JB, também responsável por articular a pioneira parceria, a iniciativa é um ativo importante para uma centena de milhares de pessoas que pesquisam, buscam conhecimento e informações diariamente, no Brasil e no mundo. “Visualizamos esta oportunidade de oferecer mais de dois séculos de informação – 117 anos do JB e 88 da Gazeta Mercantil – a todos os leitores de língua portuguesa. Este acordo dá o tom de modernidade e multimídia que marca o Grupo CBM”, afirma.

O Google Archives foi lançado segunda-feira. A transferência gratuita dos conteúdos dos jornais históricos e dos microfilmes para o ambiente digital será gradual. Além disto, a ferramenta ganhará opções e outros mecanismos de busca a medida que os usuários a forem utilizando.

De acordo com Punit Soni, um dos gerentes da Google responsável pelo lançamento do produto, o esforço está só no início. “Conforme agregamos novas publicações, nos movimentamos cada vez mais em direção ao nosso objetivo de tornar esses bilhões de páginas impressas de jornais em todo o mundo pesquisável e acessível online”, declara.

Compartilhar.

Sobre o autor

Comentários desativados.

000-017   000-080   000-089   000-104   000-105   000-106   070-461   100-101   100-105  , 100-105  , 101   101-400   102-400   1V0-601   1Y0-201   1Z0-051   1Z0-060   1Z0-061   1Z0-144   1z0-434   1Z0-803   1Z0-804   1z0-808   200-101   200-120   200-125  , 200-125  , 200-310   200-355   210-060   210-065   210-260   220-801   220-802   220-901   220-902   2V0-620   2V0-621   2V0-621D   300-070   300-075   300-101   300-115   300-135   3002   300-206   300-208   300-209   300-320   350-001   350-018   350-029   350-030   350-050   350-060   350-080   352-001   400-051   400-101   400-201   500-260   640-692   640-911   640-916   642-732   642-999   700-501   70-177   70-178   70-243   70-246   70-270   70-346   70-347   70-410   70-411   70-412   70-413   70-417   70-461   70-462   70-463   70-480   70-483   70-486   70-487   70-488   70-532   70-533   70-534   70-980   74-678   810-403   9A0-385   9L0-012   9L0-066   ADM-201   AWS-SYSOPS   C_TFIN52_66   c2010-652   c2010-657   CAP   CAS-002   CCA-500   CISM   CISSP   CRISC   EX200   EX300   HP0-S42   ICBB   ICGB   ITILFND   JK0-022   JN0-102   JN0-360   LX0-103   LX0-104   M70-101   MB2-704   MB2-707   MB5-705   MB6-703   N10-006   NS0-157   NSE4   OG0-091   OG0-093   PEGACPBA71V1   PMP   PR000041   SSCP   SY0-401   VCP550   HP0-S42   70-483   101   000-080   1z0-434   CCA-500   CAP   1Z0-804   220-802   70-483   SY0-401   70-980   300-101   c2010-652   ICGB   1Z0-144   101   70-533   000-017   1Z0-060   640-916   9L0-012   MB2-704   9L0-066   2V0-621D   1Z0-144   1Y0-201   74-678   EX200   70-483   700-501   210-260   200-310   100-105  , JK0-022   350-080   300-070   CISSP   810-403   CAS-002   300-206   200-101   OG0-093   000-104   MB6-703   CISSP   1Z0-144   070-461   1Z0-060   SSCP