Jornal da Tarde é censurado em decisão arbitrária

0

Uma triste volta aos anos de chumbo da censura. Somente dessa forma pode ser vista a decisão do juiz-substituto Ricardo Geraldo Rezende Silveira, da 10ª Vara Federal Cível de São Paulo, que proibiu que o Jornal da Tarde publicasse reportagem sobre supostas irregularidades cometidas pelo Conselho Regional de Medicina de São Paulo (Cremesp), apuradas pelo Tribunal de Contas da União (TCU).

A liminar foi entregue ontem na redação do JT, mas antes o veículo havia sido comunicado da decisão pela assessoria de imprensa do Tribunal de Justiça. Pelo documento, a publicação da matéria foi suspensa “até ulterior determinação desse Juízo”. A alegação do Cremesp para entrar com a liminar era de que “as supostas irregularidades não se sustentam” e que havia “intuito político da reportagem, ante o processo eleitoral em que se encontra a autarquia”.

Durante a tarde, o presidente do Cremesp, Henrique Carlos Gonçalves, insinuou em entrevista que poderia processar o jornal. Juristas e representantes de entidades da sociedade civil consideraram a decisão do juiz-substituto uma censura prévia. Silveira também intimou o Grupo Estado, do qual o JT faz parte, a “prestar esclarecimentos” no prazo de 72 horas.

“Há uma geração de brasileiros, na faixa dos 30 anos, que não viveu com a ditadura militar e que, portanto, não sabe na pele o que foi estar em um regime de censura prévia”, afirma Ricardo Gandour, diretor de Conteúdo do Grupo Estado.

“A decisão nos pegou de surpresa, pois a reportagem ainda estava em fase de apuração. Nossos repórteres receberam a denúncia e estavam chegando as informações, ouvindo os dois lados e a matéria ainda seria redigida. A decisão de publicação ou não ainda nem tinha sido tomada” o que deve caber somente ao jornal, como tem de ser um estado democrático de direito. Vale ressaltar o esforço de reportagem e a consistência do jornalismo praticado pelo jornal sob princípios éticos e profissionais que a sociedade acostumou-se a esperar de todos os trabalhos publicados pelas equipes do Grupo Estado”, complementa Cláudia Belfort, editora-chefe do JT.

Compartilhar.

Sobre o autor

Comentários desativados.

000-017   000-080   000-089   000-104   000-105   000-106   070-461   100-101   100-105  , 100-105  , 101   101-400   102-400   1V0-601   1Y0-201   1Z0-051   1Z0-060   1Z0-061   1Z0-144   1z0-434   1Z0-803   1Z0-804   1z0-808   200-101   200-120   200-125  , 200-125  , 200-310   200-355   210-060   210-065   210-260   220-801   220-802   220-901   220-902   2V0-620   2V0-621   2V0-621D   300-070   300-075   300-101   300-115   300-135   3002   300-206   300-208   300-209   300-320   350-001   350-018   350-029   350-030   350-050   350-060   350-080   352-001   400-051   400-101   400-201   500-260   640-692   640-911   640-916   642-732   642-999   700-501   70-177   70-178   70-243   70-246   70-270   70-346   70-347   70-410   70-411   70-412   70-413   70-417   70-461   70-462   70-463   70-480   70-483   70-486   70-487   70-488   70-532   70-533   70-534   70-980   74-678   810-403   9A0-385   9L0-012   9L0-066   ADM-201   AWS-SYSOPS   C_TFIN52_66   c2010-652   c2010-657   CAP   CAS-002   CCA-500   CISM   CISSP   CRISC   EX200   EX300   HP0-S42   ICBB   ICGB   ITILFND   JK0-022   JN0-102   JN0-360   LX0-103   LX0-104   M70-101   MB2-704   MB2-707   MB5-705   MB6-703   N10-006   NS0-157   NSE4   OG0-091   OG0-093   PEGACPBA71V1   PMP   PR000041   SSCP   SY0-401   VCP550   HP0-S42   70-483   101   000-080   1z0-434   CCA-500   CAP   1Z0-804   220-802   70-483   SY0-401   70-980   300-101   c2010-652   ICGB   1Z0-144   101   70-533   000-017   1Z0-060   640-916   9L0-012   MB2-704   9L0-066   2V0-621D   1Z0-144   1Y0-201   74-678   EX200   70-483   700-501   210-260   200-310   100-105  , JK0-022   350-080   300-070   CISSP   810-403   CAS-002   300-206   200-101   OG0-093   000-104   MB6-703   CISSP   1Z0-144   070-461   1Z0-060   SSCP