Mães nordestinas

0

A bela imagem do filme “Vidas Secas”, de Nelson Pereira dos Santos, baseado no livro homônimo de Graciliano Ramos, ilustram os dados de pesquisa do Ibope que levantou o perfil da mulher nordestina. Mais da metade delas (55%) são mães. Diante dessa realidade, o IBOPE Mídia desenvolveu um estudo para traçar o perfil das “Mães Contemporâneas do Nordeste”. Essas mulheres convivem com uma exaustiva jornada de ser mãe, profissional bem-sucedida e dona de casa. A análise é baseada em diversos estudos regulares do IBOPE Mídia*, além de uma pesquisa especial sobre as Mães Contemporâneas, que ouviu as mulheres de 10 anos ou mais das nove principais regiões metropolitanas do Brasil (Recife, Fortaleza, Salvador, Belo Horizonte, Distrito Federal, São Paulo, Rio de Janeiro, Porto Alegre, Curitiba) e interior das regiões Sul e Sudeste.

Das mulheres nordestinas pertencentes às classes DE, 63% têm filhos, enquanto nas classes AB, 45% são mães. A idade média das mães no Brasil é de 38 anos; no caso das mães nordestinas é de 36 anos.  Na região, 61% das mães têm até 24 anos. No Brasil inteiro, este percentual cai para 47% .

Praticamente metade das mães nordestinas não vive com companheiros e não é casada. A maior parte dessas mulheres é chefe de família; 52% delas dedicam-se a atividades profissionais. Destas, 39% estão no setor informal de trabalho, 34% são autônomas, 10% são donas do próprio negócio. Entre as mães que não trabalham, 28% estão desempregadas.

Do total das mães nordestinas, 80% consideram difícil conciliar trabalho, maternidade e casamento. Para as mães que trabalham, ter uma ocupação significa realização pessoal (90%), independência (83%) e proporciona o contato com pessoas diferentes (86%). Porém, 59% das mães nordestinas gostariam de se dedicar somente aos filhos. Na média nacional, este índice cai para 55%.

Lar doce lar

Para a maior parte das mães brasileiras, a casa é considerada o melhor lugar do mundo. Em geral, elas preferem passar uma noite calma em casa a sair, têm prazer em receber os amigos e não abrem mão do conforto. A cozinha é parte fundamental do dia-a-dia. Para elas, o ato de cozinhar é fascinante e transcende a alimentação.

As mães nordestinas que não trabalham rejeitam menos as tarefas domésticas do que as que trabalham fora, mas ambas concordam que cuidar da casa e dos filhos cansa mais do que trabalhar fora (85%). Os homens de Recife se destacam na divisão das tarefas domésticas em relação à média brasileira. Por conta disso, 71% das mulheres dessa cidade concordam que podem contar com seus parceiros em qualquer situação.

A grande família

No Nordeste, a média de moradores por domicílio é de quatro pessoas. As gestações de 56% das mães do Brasil foram planejadas. Na região do nordeste, as mães de Salvador são as mais planejadas (59%) e as de Recife, menos (51%).

Em 16% dos lares há a presença de ajudantes domésticas. Desse total, 53% são mensalistas. Dentre as mães nordestinas que trabalham, esse número sobe para 72%, ante 64% do Brasil.

Ao contrário do que acontece no Brasil, a sensação de felicidade ao aproveitar o tempo com a família é maior entre as mães nordestinas que trabalham do que entre aquelas que não trabalham.

Mesmo com tantas atribuições e responsabilidades, quase todas as m&atild e;es nordestinas se consideram felizes (92%). Ainda assim, grande parte delas gostaria de mudar de vida (82%), desejo acentuado entre as mães de Recife (89%). As mães nordestinas são mais satisfeitas com a sua aparência (82%), frente à média de 76% dos demais estados brasileiros.

Um outro aspecto importante identificado pelo estudo foi que as mães nordestinas que trabalham estão muito mais atentas aos cuidados estéticos, desde sua forma física até o preparo de refeições saudáveis, do que a média nacional. Por exemplo, 81% dessas nordestinas usam maquiagem, enquanto que nos demais estados brasileiros este índice cai para 54%. O mesmo acontece quando se considera o uso de esmalte (79% das nordestinas contra 56% da média nacional) e perfume (88% no Nordeste contra 78% nos demais estados brasileiros).

Hora das compras

Nas compras, as mulheres de forma geral são impulsivas. A maioria gosta de variar as marcas, trocam idéias com amigos sobre as compras e valorizam produtos de higiene pessoal. Para as mães do Nordeste, o preço é um fator determinante; elas fazem pesquisas antes de comprar e lêem os rótulos dos produtos.

As mães que trabalham do nordeste fazem planejamento e preferem pagar a prazo. Nem sempre se interessam pelas marcas dos produtos, mas são fiéis às marcas que gostam, além de dar importância a produtos que facilitem o dia-a-dia. Além disto, os filhos influenciam nas compras da casa.

Já as mães que não trabalham sentem prazer em comprar. Elas pedem opinião de outras pessoas e confiam na imagem que a propaganda passa dos produtos. Preferem as marcas divertidas e experimentam as novas.

“Neste levantamento, o aspecto que mais nos surpreendeu foi a satisfação das mães nordestinas com a vida de maneira geral. Em relação às mães do Brasil, as mães nordestinas se consideram mais felizes e estão mais satisfeitas, tanto com a aparência quanto com a sua vida sexual.  Porém, conciliar maternidade, trabalho e casamento é um desafio diário para a grande marioria delas”, concluiu Dora Câmara, diretora comercial do IBOPE Mídia.

 

 

Compartilhar.

Sobre o autor

Comentários desativados.

000-017   000-080   000-089   000-104   000-105   000-106   070-461   100-101   100-105  , 100-105  , 101   101-400   102-400   1V0-601   1Y0-201   1Z0-051   1Z0-060   1Z0-061   1Z0-144   1z0-434   1Z0-803   1Z0-804   1z0-808   200-101   200-120   200-125  , 200-125  , 200-310   200-355   210-060   210-065   210-260   220-801   220-802   220-901   220-902   2V0-620   2V0-621   2V0-621D   300-070   300-075   300-101   300-115   300-135   3002   300-206   300-208   300-209   300-320   350-001   350-018   350-029   350-030   350-050   350-060   350-080   352-001   400-051   400-101   400-201   500-260   640-692   640-911   640-916   642-732   642-999   700-501   70-177   70-178   70-243   70-246   70-270   70-346   70-347   70-410   70-411   70-412   70-413   70-417   70-461   70-462   70-463   70-480   70-483   70-486   70-487   70-488   70-532   70-533   70-534   70-980   74-678   810-403   9A0-385   9L0-012   9L0-066   ADM-201   AWS-SYSOPS   C_TFIN52_66   c2010-652   c2010-657   CAP   CAS-002   CCA-500   CISM   CISSP   CRISC   EX200   EX300   HP0-S42   ICBB   ICGB   ITILFND   JK0-022   JN0-102   JN0-360   LX0-103   LX0-104   M70-101   MB2-704   MB2-707   MB5-705   MB6-703   N10-006   NS0-157   NSE4   OG0-091   OG0-093   PEGACPBA71V1   PMP   PR000041   SSCP   SY0-401   VCP550   HP0-S42   70-483   101   000-080   1z0-434   CCA-500   CAP   1Z0-804   220-802   70-483   SY0-401   70-980   300-101   c2010-652   ICGB   1Z0-144   101   70-533   000-017   1Z0-060   640-916   9L0-012   MB2-704   9L0-066   2V0-621D   1Z0-144   1Y0-201   74-678   EX200   70-483   700-501   210-260   200-310   100-105  , JK0-022   350-080   300-070   CISSP   810-403   CAS-002   300-206   200-101   OG0-093   000-104   MB6-703   CISSP   1Z0-144   070-461   1Z0-060   SSCP