CONHEÇA A MÁQUINA DA GRATIDÃO DA COCA-COLA

0

 

Se você pudesse agradecer alguém realmente importante de uma forma inusitada, como seria?  O desafio levou a Coca-Cola e a J. Walter Thompson a criarem a Máquina da Gratidão, uma vending machine às avessas. Ao invés de a pessoa retirar uma Coca-Cola do equipamento, ela vai comprar a garrafa, gravar um vídeo especial de agradecimento e presentear uma pessoa querida.

A mecânica de funcionamento é simples. O consumidor escolhe uma das três versões da garrafa de alumínio comemorativa com imagem do famoso urso da Coca-Cola –Coca-Cola regular, Coca-Cola Zero e Coca-Cola com Stevia e 50% menos açúcares –e deposita no equipamento para começar a interação. A partir daí, o consumidor escolhe a quem vai presentar e grava o vídeo personalizado com vários filtros especiais de Natal. Para amplificar ainda mais a campanha, os vídeos poderão ser compartilhados nas redes sociais, integrando a ação nos pontos de venda com o meio digital. 

Dez máquinas foram instaladas em lojas AM/PM dos Postos Ipiranga, em unidades da rede Carrefour e da rede Pão de Açúcar. Elas também serão levadas à shoppings centers em São Paulo. 

A ação chegará também à televisão. A Máquina da Gratidão estará nos programas comandados por alguns dos principais apresentadores do país, como Luciano Huck, Rodrigo Faro, Marcelo Adnet e Fábio Porchat. Em seus programas, eles vão demonstrar como funcionam, tendo também a participação do público. 

Ao produzir as máquinas, cada detalhe foi levado em conta, como o acesso para pessoas com deficiência, além de um controle para adequação das câmeras de acordo com a altura do usuário.

“Buscamos inovar criando um projeto de design”, disse Gustavo Lacerda, diretor de criação da J. Walter Thompson. Gustavo e Nacho Mendiola, também diretor de criação da J. Walter Thompson, lideraram o desenvolvimento da campanha. O processo contou com uma equipe multidisplinar, que teve de consultoria de design a especialistas em user experience, além de um time de arquitetos. O objetivo era garantir um produto que proporcionasse uma experiência amigável e pudesse ser produzido em escala. “Construímos uma Máquina com longevidade que poderá ser usada em outras oportunidades, além da campanha de Natal”, completa Nacho.

Compartilhar.

Sobre o autor

Comentários desativados.