MULHERES DE OLHOS BEM ABERTOS CONTRA O GOLPE

0
Representantes de coletivos feministas, movimentos sociais, sindicatos e partidos políticos realizaram hoje (8) um ato no vão-livre do Museu de Arte de São Paulo (Masp), seguido de uma passeata, em comemoração ao Dia Internacional da Mulher. No evento, a pauta feminista dividiu espaço com manifestações contra o ajuste fiscal, a reforma de Previdência e a Lei Antiterror. A frase mais ouvida entre os presentes foi “não vai ter golpe”.

“Estamos nas ruas por autonomia, por liberdade, por democracia, mas, ao mesmo tempo, falando de questões que estão na conjuntura, como o ajuste fiscal e a reforma da Previdência. Estamos trabalhando com força o tema da legalização do aborto e, claro, o tema da violência”, disse a coordenadora da Marcha Mundial das Mulheres, Nalu Faria.

“A gente não quer golpe, seja midiático, seja do Judiciário, seja pelo impeachment [da presidenta Dilma Rousseff]. Mas a gente também aponta para a presidenta Dilma. A escolha que ela está fazendo para enfrentar este momento não é a melhor, com política de ajuste. Reivindicamos que ela governe com o programa pelo qual foi eleita”, acrescentou.

A passeata deixou o Masp, na Avenida Paulista, passou pela Rua Augusta e seguiu até a Praça da República. Participaram do ato militantes dos partidos PCdoB, PCO, PSOL e PT; da central sindical Conlutas, da Central Única dos Trabalhadores (CUT) e Central dos Trabalhadores e Trabalhadoras do Brasil (CTB), da Central de Movimentos Populares, dp Movimento das Mulheres em Luta, da Uneafro, da União Brasileira de Mulheres, do Observatório da Mulher e da Marcha Mundial das Mulheres.

“A gente sabe e vê nas pressões da direita sobre governo Dilma que eles não querem só o ajuste das políticas, eles querem atacar a Constituição de 88. Isso mostra para a gente que o que está em jogo é esse processo político que a gente vem construindo há mais de 40 anos”, destacou Nalu.

Uma das maiores faixas carregadas pelas mulheres pedia a saída do presidente da Câmara dos Deputados, Eduardo Cunha (PMDB-RJ), que enfrenta processo por quebra de decoro parlamentar no Conselho de Ética da Casa. As ativistas protestaram ainda contra a onda de pautas conservadoras que tramitaram nos últimos meses pelo Congresso Nacional.

“Mesmo com todas as dificuldades colocadas para nós, que somos mulheres, pretas, lésbicas, bissexuais ou transexuais, hoje sofremos uma ameaça que compromete o próprio direito de continuar vindo para as ruas com as nossas legítimas manifestações. Refiro-me à Lei Antiterrorismo, que vai criminalizar os movimentos sociais e organizações políticas de luta”, disse Larissa Ana, do coletivo Ana Montenegro. (Bruno Bocchini/Repórter da Agência Brasil)

Como toda manifestação ocorreu um incidente, por parte de uma mulher que não respeita o Brasil e os brasileiros. Em respeito ao repórter publicamos a seguir o último parágrafo, como uma demonstração de que a luta nunca deve cessar e que os “midiotas” de plantão estão em todos os lugares, até que um dia aprendam a ler e a entender o mundo em que vivemos:

Minutos antes de os manifestantes saírem em passeata, uma mulher subiu no carro de som e pediu, ao microfone, a saída da presidenta Dilma Rousseff. Ela foi vaiada pelos presentes, que passaram a gritar “não vai ter golpe”. Ocorreu um princípio de tumulto, e a manifestação voltou a seu curso normal quando a mulher deixou o local.

Compartilhar.

Sobre o autor

Comentários desativados.

000-017   000-080   000-089   000-104   000-105   000-106   070-461   100-101   100-105  , 100-105  , 101   101-400   102-400   1V0-601   1Y0-201   1Z0-051   1Z0-060   1Z0-061   1Z0-144   1z0-434   1Z0-803   1Z0-804   1z0-808   200-101   200-120   200-125  , 200-125  , 200-310   200-355   210-060   210-065   210-260   220-801   220-802   220-901   220-902   2V0-620   2V0-621   2V0-621D   300-070   300-075   300-101   300-115   300-135   3002   300-206   300-208   300-209   300-320   350-001   350-018   350-029   350-030   350-050   350-060   350-080   352-001   400-051   400-101   400-201   500-260   640-692   640-911   640-916   642-732   642-999   700-501   70-177   70-178   70-243   70-246   70-270   70-346   70-347   70-410   70-411   70-412   70-413   70-417   70-461   70-462   70-463   70-480   70-483   70-486   70-487   70-488   70-532   70-533   70-534   70-980   74-678   810-403   9A0-385   9L0-012   9L0-066   ADM-201   AWS-SYSOPS   C_TFIN52_66   c2010-652   c2010-657   CAP   CAS-002   CCA-500   CISM   CISSP   CRISC   EX200   EX300   HP0-S42   ICBB   ICGB   ITILFND   JK0-022   JN0-102   JN0-360   LX0-103   LX0-104   M70-101   MB2-704   MB2-707   MB5-705   MB6-703   N10-006   NS0-157   NSE4   OG0-091   OG0-093   PEGACPBA71V1   PMP   PR000041   SSCP   SY0-401   VCP550   HP0-S42   70-483   101   000-080   1z0-434   CCA-500   CAP   1Z0-804   220-802   70-483   SY0-401   70-980   300-101   c2010-652   ICGB   1Z0-144   101   70-533   000-017   1Z0-060   640-916   9L0-012   MB2-704   9L0-066   2V0-621D   1Z0-144   1Y0-201   74-678   EX200   70-483   700-501   210-260   200-310   100-105  , JK0-022   350-080   300-070   CISSP   810-403   CAS-002   300-206   200-101   OG0-093   000-104   MB6-703   CISSP   1Z0-144   070-461   1Z0-060   SSCP