MÚSICA PARA CALAR A HOMOFOBIA

0

Neste ano, o Dia Nacional do Orgulho Gay (25 de março) terá uma mobilização ainda maior na luta contra a homofobia. Isso porque é quando acontece a “Parada Gay na Rádio”, uma ação que vai passar por diversas emissoras do País – durante 24 horas elas tocarão, em horários diferentes, playlists de artistas assumidos gays, formando assim uma grande corrente contra o preconceito. A ideia é fazer com que a influência de grandes nomes da música ajude a chamar a atenção sobre a importância de dizer não à homofobia. A criação é da agência Ogilvy Brasil para a Billboard Brasil.  Música para calar a homofobia.

Essa playlist, selecionada com ajuda da revista, vai destacar alguns dos principais nomes do cenário musical – artistas gays do Brasil e de fora. A “Parada Gay na Rádio” começa na quarta-feira, às 8 horas da manhã, em rede nacional pela Transamérica (100,1FM em SP). Segue para mais emissoras como: Continental FM, Super Nova e Atlântida (Sul), Cidade FM e 98 FM (Minas), entre outras, passando por vários estados. Lembrando que a ideia é que mais e mais rádios participem e se engajem na ação desta quarta-feira. Juntas, essas rádios devem reunir, nos horários da ação, uma audiência de milhões de pessoas, percorrendo quilômetros e quilômetros e, efetivamente, se tornando a maior parada gay do mundo.

No decorrer da programação da “Parada Gay na Rádio” ainda haverá informação envolvendo o grave problema da violência e do preconceito contra os gays. Por exemplo: a cada 28 horas uma pessoa é vítima fatal de homofobia e cerca de 70% desses crimes ficam impunes, de acordo com informações do Grupo Gay da Bahia (GGB) publicadas na imprensa. São dados bastante relevantes que devem destacar a importância do combate a homofobia.

“Essa é uma das causas mais nobres as quais podemos nos engajar. A Billboard não só apoia como é contra qualquer tipo de preconceito. Para que seja um sucesso, no entanto, é preciso a participação de todos os brasileiros, por isso nossa parada começa nas rádios mas não para por ai –  vai para onde as pessoas quiserem levá-la”, diz Antonio Camarotti, CEO da Billboard Brasil.

O que o executivo se refere é que, além dos hits que serão tocados pelas emissoras, a “Parada Gay na Rádio” pretende mobilizar os cidadãos para engrossar o coro contra a homofobia também através das redes sociais, por exemplo. Uma fanpage (facebook.com/paradagaynaradio) foi criada especialmente para receber depoimentos espontâneos, compartilhar informações relevantes sobre o assunto, de forma colaborativa. Para participar, os simpatizantes devem utilizar a hashtag #CaleAHomofobia em suas postagens.

“A influência dos artistas gays na música é gigantesca. Imagine um mundo sem Queen, por exemplo? E a ironia é que grande parte daqueles que perpetuam a homofobia são fãs desses artistas. Acreditamos sim que a música tem o poder de calar a homofobia”, diz Aricio Fortes, VP nacional de criação da Ogilvy Brasil.

 

Exemplos de artistas que terão músicas tocadas nas rádios

A Flock of Seagulls

Ani DiFranco

Alanis Morissette

B52s (Freddie Schneider)

Beth Ditto (The Gossip)

Billy Strayhorn

Bob Mould (Husker Du)

Bronski Beat

Cyndi Lauper

Cole Porter

David Bowie

Dead or Alive

Elton John

Erasure

George Michael

Indigo Girls

Jill Sobule

Judas Priest (Rob Halford)

Justin Utley

k.d. lang

Lou Reed

Melissa Ethridge

Mika

Nick Name and The Normals (punk)

Pet Shop Boys

P!nk

QUEEN

REM (Michael Stipe)

Ricky Martin

Rufus Wainwright

Rupol

Sam Smith

Scissors Sister

Soft Cell

t.a.T.u

The Smiths

Village People

 

Brasileiros

Adriana Calcanhotto

Ana Carolina

Angela Ro Ro

Banda Uó

Cansei de Ser Sexy

Cassia Eller

Cauby Peixoto

Cazuza

Daniela Mercury

Isabella Taviani

Legião Urbana

Maria Gadú

Marina

Mart’nália

Netinho

Ney Matogrosso

Pepê e Nenê

Rico Dalasan

Sandra de Sá

Tetine

Zelia Duncan

Compartilhar.

Sobre o autor

Comentários desativados.

000-017   000-080   000-089   000-104   000-105   000-106   070-461   100-101   100-105  , 100-105  , 101   101-400   102-400   1V0-601   1Y0-201   1Z0-051   1Z0-060   1Z0-061   1Z0-144   1z0-434   1Z0-803   1Z0-804   1z0-808   200-101   200-120   200-125  , 200-125  , 200-310   200-355   210-060   210-065   210-260   220-801   220-802   220-901   220-902   2V0-620   2V0-621   2V0-621D   300-070   300-075   300-101   300-115   300-135   3002   300-206   300-208   300-209   300-320   350-001   350-018   350-029   350-030   350-050   350-060   350-080   352-001   400-051   400-101   400-201   500-260   640-692   640-911   640-916   642-732   642-999   700-501   70-177   70-178   70-243   70-246   70-270   70-346   70-347   70-410   70-411   70-412   70-413   70-417   70-461   70-462   70-463   70-480   70-483   70-486   70-487   70-488   70-532   70-533   70-534   70-980   74-678   810-403   9A0-385   9L0-012   9L0-066   ADM-201   AWS-SYSOPS   C_TFIN52_66   c2010-652   c2010-657   CAP   CAS-002   CCA-500   CISM   CISSP   CRISC   EX200   EX300   HP0-S42   ICBB   ICGB   ITILFND   JK0-022   JN0-102   JN0-360   LX0-103   LX0-104   M70-101   MB2-704   MB2-707   MB5-705   MB6-703   N10-006   NS0-157   NSE4   OG0-091   OG0-093   PEGACPBA71V1   PMP   PR000041   SSCP   SY0-401   VCP550   HP0-S42   70-483   101   000-080   1z0-434   CCA-500   CAP   1Z0-804   220-802   70-483   SY0-401   70-980   300-101   c2010-652   ICGB   1Z0-144   101   70-533   000-017   1Z0-060   640-916   9L0-012   MB2-704   9L0-066   2V0-621D   1Z0-144   1Y0-201   74-678   EX200   70-483   700-501   210-260   200-310   100-105  , JK0-022   350-080   300-070   CISSP   810-403   CAS-002   300-206   200-101   OG0-093   000-104   MB6-703   CISSP   1Z0-144   070-461   1Z0-060   SSCP