O perfil do executivo brasileiro

0

Estudo inédito revela o perfil do executivo brasileiro. Realizada com exclusividade para a revista EXAME, a pesquisa vai a fundo e desvenda, entre outras coisas, as aspirações, os sonhos, a relação que eles têm com o trabalho, e os desafios dos profissionais que comandam as empresas no país.

Em sua maioria homens (78%), com idade média de 41 anos, 76% casados e 71% com filhos. 64% exercem cargo de nível gerencial há mais de 5 anos; 68% têm curso superior.

Hoje, 36% das executivas do País já são as principais contribuintes da renda familiar. Dispostas a brigar pelos mesmos postos e salários que os homens, as mulheres superam o sexo masculino no quesito formação: 37% têm pós-graduação e/ou MBA – entre eles esse índice cai para 28%. No que diz respeito aos profissionais que estão estudando atualmente, as mulheres continuam na frente (27% contra 16%).

Talvez, por estarem se preparando mais, a executivos se mostram menos vulneráveis que seus pares do sexo oposto: 44% dos homens sentem-se constantemente bastante pressionados no trabalho, um índice 17 pontos percentuais acima do das mulheres (27%).

Outra constatação: embora dediquem em torno de 11 horas por dia ao trabalho, 39% dos executivos brasileiros não tiram férias regularmente: 18% saem uma vez a cada dois anos; 13%, menos de uma vez a cada dois anos e 8% nunca saem. A divisão do tempo é quase espartana: ao trabalho dedicam 67% do seu tempo, 19% à família e apenas 14% à vida pessoal.

Mesmo com tanta dedicação ao trabalho, ter um negócio próprio não é o desejo dos 500 executivos entrevistados. Somente 5% deles manifestam esse desejo. Com idade média de 41 anos, eles não parecem dispostos a abandonar os cargos mais cobiçados das empresas a esta altura da vida. No entanto, caso fossem começar a carreira novamente, o quadro mudaria: quase a metade (44%) gostaria, sim, de abrir o seu próprio negócio.

Segundo esses executivos, é a autonomia no trabalho (51%) – e não o salário – a grande vantagem dos cargos de chefia. Esse aspecto ganha com folga da compensação financeira, segundo lugar na lista dos itens mais valorizados (24%). A realização profissional aparece na terceira posição (22%). No entanto, os executivos sabem muito bem que autonomia não é sinônimo de autoritarismo – pelo contrário: a gestão participativa é uma realidade nas companhias. Segundo a pesquisa, hoje, apenas 5% dos profissionais que comandam as empresas brasileiras tomam uma decisão sozinhos para depois comunicar à sua equipe.

Combatentes de primeira, 90% acreditam que os momentos difíceis servem para consolidar a carreira. Com 94%, os executivos de marketing lideram o ranking daqueles que aceitam a pressão como item motivador do trabalho. Na seqüência estão os profissionais da área administrativa (91%) e os executivos do setor financeiro (90%).

Compartilhar.

Sobre o autor

Comentários desativados.

000-017   000-080   000-089   000-104   000-105   000-106   070-461   100-101   100-105  , 100-105  , 101   101-400   102-400   1V0-601   1Y0-201   1Z0-051   1Z0-060   1Z0-061   1Z0-144   1z0-434   1Z0-803   1Z0-804   1z0-808   200-101   200-120   200-125  , 200-125  , 200-310   200-355   210-060   210-065   210-260   220-801   220-802   220-901   220-902   2V0-620   2V0-621   2V0-621D   300-070   300-075   300-101   300-115   300-135   3002   300-206   300-208   300-209   300-320   350-001   350-018   350-029   350-030   350-050   350-060   350-080   352-001   400-051   400-101   400-201   500-260   640-692   640-911   640-916   642-732   642-999   700-501   70-177   70-178   70-243   70-246   70-270   70-346   70-347   70-410   70-411   70-412   70-413   70-417   70-461   70-462   70-463   70-480   70-483   70-486   70-487   70-488   70-532   70-533   70-534   70-980   74-678   810-403   9A0-385   9L0-012   9L0-066   ADM-201   AWS-SYSOPS   C_TFIN52_66   c2010-652   c2010-657   CAP   CAS-002   CCA-500   CISM   CISSP   CRISC   EX200   EX300   HP0-S42   ICBB   ICGB   ITILFND   JK0-022   JN0-102   JN0-360   LX0-103   LX0-104   M70-101   MB2-704   MB2-707   MB5-705   MB6-703   N10-006   NS0-157   NSE4   OG0-091   OG0-093   PEGACPBA71V1   PMP   PR000041   SSCP   SY0-401   VCP550   HP0-S42   70-483   101   000-080   1z0-434   CCA-500   CAP   1Z0-804   220-802   70-483   SY0-401   70-980   300-101   c2010-652   ICGB   1Z0-144   101   70-533   000-017   1Z0-060   640-916   9L0-012   MB2-704   9L0-066   2V0-621D   1Z0-144   1Y0-201   74-678   EX200   70-483   700-501   210-260   200-310   100-105  , JK0-022   350-080   300-070   CISSP   810-403   CAS-002   300-206   200-101   OG0-093   000-104   MB6-703   CISSP   1Z0-144   070-461   1Z0-060   SSCP