O PLACAR DO VÍRUS ZIKA NOS ESTÁDIOS

0

Durante o clássico mais tradicional do futebol carioca, o Fla x Flu que acontece nesse domingo às 19h30 no Estádio Mané Garrincha em Brasília, terá início uma outra partida que vai unir as duas torcidas: é a partida do Brasil contra o zika vírus, na qual está em jogo a saúde de todos os brasileiros. Antes da bola rolar, o Ministério do Esporte promove a campanha #ZikaZero para mobilizar clubes, jogadores e torcedores em torno do combate ao Aedes Aegypti, mosquito transmissor da zika.

A agência Fields360 desenvolveu a ação, na qual os internautas postaram nas redes sociais vídeos acompanhados pela hashtag #ZikaZero em que mostram como estão contribuindo para evitar o contágio e transmissão do zika vírus e prevenir os criadouros do Aedes Aegypti na casa e no trabalho. Ambos os times entrarão em campo carregando uma faixa com os avatares dos autores dos melhores vídeos.

O objetivo é homenagear esses internautas para mostrar que, no jogo contra a zika, eles estão dando de dez a zero.

Além do Fla x Flu, servirão de palco para a ação da Fields360 outras quatro partidas pelos estaduais, todas às 17h: o clássico pernambucano Sport Recife versus Santa Cruz, no estádio da Ilha do Retiro, São Paulo vs Rio Claro, no estádio do Pacaembu, Atlético Mineiro vs Boa Esporte, no estádio Independência, e Grêmio vs Novo Hamburgo, na Arena do Grêmio.

“A melhor forma de distribuir o selo governamental #ZikaZero foi pensar no que esse número, zero, significa pro esporte. Chegamos no conceito de que é o pior resultado para um placar, por isso as ações têm o mote ‘Brasil 10 x Zika Zero’. Não importa o resultado em campo, na torcida Brasil, junta, a gente consegue driblar o Aedes”, afirma Lucas Zaiden, diretor de criação da Fields360.

Compartilhar.

Sobre o autor

Comentários desativados.