PESQUISERIA É APOSTA DA GIACOMETTI

0

No Brasil, o ecossistema das startups tem elevado as chances de sucesso de marcas e empresas convencionais, auxiliando-as em processos de inovação aberta. Com o desafio de transpor esse cenário para o tradicional segmento de pesquisa, o empreendedor Tiago Faria apresentou à Giacometti Comunicação – agência na qual trabalhou há sete anos – a Pesquiseria. A startup criada em fevereiro deste ano recebeu um aporte de R$ 350 mil dos sócios da agência e contou com processo de aceleração taylor made conduzido pela Zhuo – consultoria focada em gestão, inovação e estratégia, parceira da agência. Após conduzir projetos para Lojas Marisa e Segurar, Faria anuncia o próximo passo da empresa: o selo Político. Por meio de metodologias emprestadas da “mercadologia”, a startup pretende investigar os anseios dos brasileiros, detectar demandas e transformar diagnósticos em projetos concretos, construídos coletivamente. Os clientes potenciais do selo Político são governos, partidos políticos, institutos/fundações, organizações suprapartidárias e ONGs.

Segundo Tiago Faria, sócio-fundador, a Pesquiseria tem o objetivo de atender diferentes agências de publicidade e marcas. A proposta é fomentar um processo de criação coletiva não apenas para campanhas e estratégias de marketing, mas para o desenvolvimento de produtos, de modelos disruptivos de negócio e de serviços inovadores para os clientes. “Neste contexto está o selo Político, que lança um novo olhar para a pesquisa política; um olhar investigativo, disposto a entender quais são as reais demandas da sociedade – e a ajudar essa mesma sociedade a criar planos concretos para a construção de uma nova sociedade, alimentando o viés político do cidadão”, destaca Faria.

Instigadora de pessoas, a Pesquiseria produz estudos qualitativos de inspiração, cuja missão é chegar na melhor composição entre método e pessoas – atuação que oferece aos clientes respostas estimulantes, criativas e inspiradoras para questões associadas às marcas, produtos e serviços. A adoção de princípios explica a diferenciação da startup. No princípio EMPATIA, os investigadores usam a sensibilidade para decifrar o outro; em COMFORT, a crença de que ninguém é natural em um terreno estranho resultou na construção de espaços acolhedores, confortáveis e vibrantes para conduzir entrevistas; em ENTERTAINMENT, a ambição de oferecer uma experiência aos entrevistados por meio de metodologias estimulantes, ambientes inspiradores e linguagem próxima.

“Os projetos são tratados como um trabalho artesanal – longe do estigma de que responder pesquisa é uma atividade extremamente chata”, afirma Tiago Faria. “O foco está em métodos qualitativos exploratórios, nos quais os consumidores se tornam parceiros das marcas. Quando estimulados, os consumidores podem ser extremamente inventivos; passam a ser coempreendedores e cocriativos”, detalha Faria, salientando que a mesma premissa norteia o selo Político, que usa as análises de elementos sociais para entender o coletivo.

Assuntos complexos demandam um desenho cooperado. Como parte desta filosofia e do escopo de atuação da Pesquiseria, a equipe está sempre questionando as pessoas sobre as condições macroambientais nas quais vivem. “Entendemos que a política se faz no cotidiano, no contato de cada cidadão com diferentes aspectos da vida. A política diz respeito, intimamente, a cada um de nós. O objetivo desse selo Político é levar a cabo a vocação social e utilizar o know-how para ser porta-voz dos cidadãos frente às demandas sociais. A proposta é investigar em profundidade essas demandas e instigar a criação de propostas concretas; instigar uma cultura cidadã corresponsável não somente pelos problemas, mas pelas soluções”, avalia.

O Projeto 30, que mapeia o brasileiro desta faixa etária, inspirou a criação do selo. “Estamos no estágio final deste projeto e os resultados são surpreendentes para o bem e para o mal. Ao mesmo tempo que detectamos problemas endêmicos, estamos diante da oportunidade de construir um novo Brasil”, afirma. Tiago Faria salienta que o selo não tem o interesse de repetir fórmulas de pesquisas políticas convencionais, que enxergam somente intenções de voto, aderência a candidatos ou percepções partidárias. “Queremos investigar o ser humano que antecede o eleitor; esse brasileiro contemporâneo, de todas as idades, que tem aversão à política. A transformação do Brasil passa, necessariamente, pela inovação trazida pelo empreendedorismo; essa inovação pode e deve contaminar a forma de fazer política no país”, finaliza.

Pensamento estratégico

Com a estratégia de investir no ecossistema de startups para desenvolver capital criativo e inovação aberta, a Giacometti Comunicação fez um aporte de R$ 350 mil na Pesquiseria e conduziu um processo de aceleração taylor made desenvolvido pela Zhuo – consultoria focada em gestão, inovação e estratégia. Nos Estados Unidos há agências de publicidade investindo em empresas nascentes de setores não necessariamente ligados ao negócio. A diferença da iniciativa da Giacometti Comunicação reside no fato de ter investido e acelerado uma startup que atua em uma área essencialmente estratégica para a agência, adotando a tendência corporate garage.

Segundo Dennis Giacometti, sócio-presidente da Giacometti Comunicação, a escolha por investir em uma startup de pesquisa está respaldada no próprio DNA da agência: trabalhar com base em evidências. “A Giacometti Comunicação investe continuamente em pesquisas para dar suporte ao nosso modo de atuar; somos uma agência que entende a dimensão humana que antecede o arquétipo consumidor. Nas pesquisas realizadas nos últimos anos, a equipe da Giacometti reformatava a proposta das empresas contratadas para que o trabalho fosse adequado às premissas defendidas pela agência. Ao investir na Pesquiseria houve uma cocriação da metodologia adotada”, detalha Giacometti.

 PESQUISERIA

Startup criada em 2015 pelo empreendedor Tiago Faria e acelerada pela Giacometti Comunicação, a Pesquiseria é uma empresa com foco em estudos qualitativos de inspiração. Com uma singular composição de método e pessoas, a Pesquiseria oferece respostas estimulantes, criativas e inspiradoras para os questionamentos contemporâneos de marcas e produtos. Com estudos taylor made e sem metodologias engessadas, a equipe alinha a atuação aos princípios EMPATIA, COMFORT e ENTERTAINMENT para gerar insights e ir além do entendimento da palavra; da narrativa pura. Na Pesquiseria, a MESA DE INSPIRAÇÃO – formada por psicólogos, sociólogos, antropólogos, filósofos, arquitetos, artistas e diversos profissionais – enriquece um processo analítico com a visão voltada a valores e códigos implícitos por trás do que as pessoas contam nas pesquisas. Publicitário com especialização em Ciências do Consumo e Sociopsicologia, Tiago Faria tem por sócio Dennis Giacometti, sócio-presidente da Giacometti Comunicação e CEO da Zhuo.

Compartilhar.

Sobre o autor

Comentários desativados.