PORORO NO BRASIL

0

O segundo trimestre começa agitado no mercado de licenciamento, com o lançamento da propriedade coreana Pororo, que vai atingir o público pré-escolar. Os números são muito animadores: faturamento previsto de US$ 150 milhões no varejo (até final de 2016), com 25 a 30 empresas licenciadas e cerca de 100 itens.

O diretor da Angelotti Licensing, Luiz Angelotti, reúne 280 empresas em evento de apresentação (hoje – dia 14 de abril) para adesão de interesse no desenvolvimento produtos. A novidade é que a propriedades é sucesso em mais de 130 países e está no mundo digital atraindo mais de 12 milhões de consumidores.

“Essa é uma revolução no licenciamento no Brasil, com a entrada do mundo digital. Pororo terá série de desenho animado com distribuição digital pelo Youtube. Numa época de baixo consumo, o licenciamento é investimento certo das empresas, pois há resultados efetivos em outros países para comparar e a comunicação dirigida tem retorno em curto prazo”, explica Luiz Angelotti.

O mundo digital é realidade em qualquer classe social e a vitrine do mundo, seja consumidor ou não. O conceito de qualquer personagem de licenciamento deve estar envolvido em ações sociais, de sustentabilidade e inovação tecnológica.

Pororo

O pequeno pingüim Pororo foi lançado na Coreia do Sul em 2003 e o sucesso veio muito rápido: tornou-se o personagem mais admirado do país e expandiu sua imagem para 130 países, que comercializam 2230 diferentes produtos para público de 2 a 10 anos, e faturamento de 6 trilhões de dólares em 10 anos, segundo dados da Agência Criativa Content Coreia (KOCCA). Na América Latina, o Brasil será o primeiro país a ter empresas licenciadas.

“Nossa estratégia é licenciar no máximo 30 empresas para produtos pré-escolares, que vão de brinquedos, cadernos, canetas, livros, linha festa, linha com pratos, copos e talheres, vestuário, calçados, acessórios e alimentos. A expectativa conservadora de faturamento é de US$ 250 milhões até o final de 2016”, comenta Luiz Angelotti.

Compartilhar.

Sobre o autor

Comentários desativados.

000-017   000-080   000-089   000-104   000-105   000-106   070-461   100-101   100-105  , 100-105  , 101   101-400   102-400   1V0-601   1Y0-201   1Z0-051   1Z0-060   1Z0-061   1Z0-144   1z0-434   1Z0-803   1Z0-804   1z0-808   200-101   200-120   200-125  , 200-125  , 200-310   200-355   210-060   210-065   210-260   220-801   220-802   220-901   220-902   2V0-620   2V0-621   2V0-621D   300-070   300-075   300-101   300-115   300-135   3002   300-206   300-208   300-209   300-320   350-001   350-018   350-029   350-030   350-050   350-060   350-080   352-001   400-051   400-101   400-201   500-260   640-692   640-911   640-916   642-732   642-999   700-501   70-177   70-178   70-243   70-246   70-270   70-346   70-347   70-410   70-411   70-412   70-413   70-417   70-461   70-462   70-463   70-480   70-483   70-486   70-487   70-488   70-532   70-533   70-534   70-980   74-678   810-403   9A0-385   9L0-012   9L0-066   ADM-201   AWS-SYSOPS   C_TFIN52_66   c2010-652   c2010-657   CAP   CAS-002   CCA-500   CISM   CISSP   CRISC   EX200   EX300   HP0-S42   ICBB   ICGB   ITILFND   JK0-022   JN0-102   JN0-360   LX0-103   LX0-104   M70-101   MB2-704   MB2-707   MB5-705   MB6-703   N10-006   NS0-157   NSE4   OG0-091   OG0-093   PEGACPBA71V1   PMP   PR000041   SSCP   SY0-401   VCP550   HP0-S42   70-483   101   000-080   1z0-434   CCA-500   CAP   1Z0-804   220-802   70-483   SY0-401   70-980   300-101   c2010-652   ICGB   1Z0-144   101   70-533   000-017   1Z0-060   640-916   9L0-012   MB2-704   9L0-066   2V0-621D   1Z0-144   1Y0-201   74-678   EX200   70-483   700-501   210-260   200-310   100-105  , JK0-022   350-080   300-070   CISSP   810-403   CAS-002   300-206   200-101   OG0-093   000-104   MB6-703   CISSP   1Z0-144   070-461   1Z0-060   SSCP