QUANDO UM MURO SEPARA, UMA PONTE UNE

0

Por Marcos Napolitano*

A unidade latino-americana é uma fantasia sem consistência ou um projeto político e cultural confrontado com a dura realidade fragmentada do continente? Nos dias de hoje, começo do século XXI, esta pergunta ainda divide opiniões. Nos anos 1960 e 1970, período analisado por este livro, também dividia, em meio a um clima político ainda mais radicalizado. Naquele contexto, projetos de desenvolvimento autônomo conviviam com ditaduras militares reacionárias e perspectivas revolucionárias inovadoras. Em todos estes projetos, a América Latina ora surgia como uma região vocacionada para a unidade, ora como um retalho de nações sem comunicação entre si.

Uma coisa era inegável: os problemas eram comuns, passando pelo “subdesenvolvimento”, desigualdades sociais, superexploração pelas potências capitalistas e fragilidades institucionais de diversos tipos. Podemos dizer que os sonhos e projetos de unidade, ao menos no campo das esquerdas, se alimentavam destes problemas comuns, que deveriam ser enfrentados em conjunto pelos “progressistas”. Era assim que a história deveria ser, mas, como todos sabem, não foi. Se a unidade política das esquerdas sempre foi um desafio, apesar do suposto modelo latinoamericanista dado pela Revolução Cubana de 1959, os projetos de unidade cultural foram efetivos e vigorosos, principalmente no cinema e na música popular.

Nestas duas áreas artísticas, havia uma “nuestra América” delimitada, uma cartografia afetiva, estética e cultural que funcionava como uma espécie de bildung de todo jovem latinoamericano que queria ser engajado e libertário. O livro de Caio Gomes analisa as conexões estabelecidas pelos músicos latinoamericanos – estéticas, comerciais e políticas – na busca da efetivação da “unidade” continental que deveria preparar as consciências para a grande Revolução. Se os projetos revolucionários foram derrotados um a um, pela repressão e pelas suas contradições internas, restando apenas os ecos pálidos da Revolução Cubana, ficaram as canções.

O presente livro nos mostra como esta “música da unidade” também foi atravessada por fraturas e impasses diversos, apesar dos seus muitos momentos grandiosos. Desde a dificuldade em construir um idioma musical e poético comum para vários povos e etnias diferentes que formam o mosaico cultural do continente, até a dificuldade em expressar um caminho político convergente por meio da cultura. A partir de uma ampla documentação, inclusive de natureza fonográfica, o livro de Caio Gomes é um exemplo de uma historiografia que valoriza o objeto, sem ser nostálgica ou cínica.

*Marcos Napolitano
Departamento de História (FFLCH/USP)

Sobre o autor: Caio de Souza Gomes é bacharel, mestre e atualmente doutorando em História pela Faculdade de Filosofia, Letras e Ciências Humanas da Universidade de São Paulo (FFLCH-USP). Desenvolve pesquisas sobre as conexões estabelecidas entre os músicos latino-americanos engajados durante as décadas de 1960 e 1970.

Livro: Quando um muro separa, uma ponte une
Autor: Caio de Souza Gomes
Edição: Alameda (11 3012-24003)
Preço: R$ 56,00 (p. 224)
ISBN: 978-85-7939-324-2
Formato: 16 x 23- Brochura- 0,305 kg

Texto originalmente publicado no Painel Acadêmico da Alameda Editorial, onde o livro pode ser adquirido.

Compartilhar.

Sobre o autor

Comentários desativados.

000-017   000-080   000-089   000-104   000-105   000-106   070-461   100-101   100-105  , 100-105  , 101   101-400   102-400   1V0-601   1Y0-201   1Z0-051   1Z0-060   1Z0-061   1Z0-144   1z0-434   1Z0-803   1Z0-804   1z0-808   200-101   200-120   200-125  , 200-125  , 200-310   200-355   210-060   210-065   210-260   220-801   220-802   220-901   220-902   2V0-620   2V0-621   2V0-621D   300-070   300-075   300-101   300-115   300-135   3002   300-206   300-208   300-209   300-320   350-001   350-018   350-029   350-030   350-050   350-060   350-080   352-001   400-051   400-101   400-201   500-260   640-692   640-911   640-916   642-732   642-999   700-501   70-177   70-178   70-243   70-246   70-270   70-346   70-347   70-410   70-411   70-412   70-413   70-417   70-461   70-462   70-463   70-480   70-483   70-486   70-487   70-488   70-532   70-533   70-534   70-980   74-678   810-403   9A0-385   9L0-012   9L0-066   ADM-201   AWS-SYSOPS   C_TFIN52_66   c2010-652   c2010-657   CAP   CAS-002   CCA-500   CISM   CISSP   CRISC   EX200   EX300   HP0-S42   ICBB   ICGB   ITILFND   JK0-022   JN0-102   JN0-360   LX0-103   LX0-104   M70-101   MB2-704   MB2-707   MB5-705   MB6-703   N10-006   NS0-157   NSE4   OG0-091   OG0-093   PEGACPBA71V1   PMP   PR000041   SSCP   SY0-401   VCP550   HP0-S42   70-483   101   000-080   1z0-434   CCA-500   CAP   1Z0-804   220-802   70-483   SY0-401   70-980   300-101   c2010-652   ICGB   1Z0-144   101   70-533   000-017   1Z0-060   640-916   9L0-012   MB2-704   9L0-066   2V0-621D   1Z0-144   1Y0-201   74-678   EX200   70-483   700-501   210-260   200-310   100-105  , JK0-022   350-080   300-070   CISSP   810-403   CAS-002   300-206   200-101   OG0-093   000-104   MB6-703   CISSP   1Z0-144   070-461   1Z0-060   SSCP