Reciclagem une Pão de Açúcar e Unilever

0

Lançado há seis anos em caráter pioneiro, o programa “Estações de Reciclagem Pão de Açúcar Unilever” inova mais uma vez no processo de gestão de resíduos e a partir do dia 1º de junho, passa a receber óleo de cozinha para reciclagem.

A expansão do projeto com a inclusão de novos materiais tem total aderência ao propósito das empresas. “As estações de reciclagem Pão de Açúcar Unilever são bons exemplos de como alinhar o negócio a uma ação sócio-ambientalmente responsável”, destaca Claudia Pagnano, diretora executiva do Grupo Pão de Açúcar. “Nosso objetivo é envolver os clientes do Pão de Açúcar e toda comunidade num processo de construção de um futuro melhor com ações simples, praticadas no dia-a-dia. Nesse contexto, as ações de reciclagem são emblemáticas porque transformamos o estado bruto dos resíduos, ou seja lixo, em ferramenta de inclusão social e preservação do meio ambiente”, completa.

A visão da rede varejista é endossada pela Unilever, parceira no projeto. De acordo com Waleska Ferreira, Gerente de Assuntos Governamentais e Socioambientais da Unilever Brasil, “a ação com o Pão de Açúcar reflete o comprometimento da Unilever com o desenvolvimento sustentável. Além disso, essa experiência também permite que as marcas Omo, Knorr, Ades e Rexona, apoiadoras do projeto, contribuam, com legitimidade, para a conscientização dos consumidores sobre a importância da reciclagem”.

A coleta de óleo para reciclagem acontece inicialmente em nove das 98 Estações Pão de Açúcar Unilever já existentes e deve ser implantada nas demais ao longo de 2007. As unidades Pão de Açúcar que já possuem o coletor de óleo de cozinha são: Borba Gato, Brooklin, Carneiro da Cunha, Morumbi, Pedroso, Portal, Real Parque, Ricardo Jaffet e Santo Amaro. Para este ano, estão previstas instalações de novas Estações nas cidades de São José do Rio Preto (SP), Ribeirão Preto (SP) e Indaiatuba (SP).

por que reciclar

Cada litro de óleo despejado no esgoto tem capacidade para poluir cerca de um milhão de litros de água. Além disso, essa contaminação encarece o processo e prejudica o funcionamento das estações de tratamento de água. O acúmulo de óleos e gorduras nos encanamentos pode causar entupimentos, refluxo de esgoto e até rompimentos nas redes de coleta. Para retirar o produto e desentupir os encanamentos são empregados produtos químicos altamente tóxicos, o que acaba criando uma cadeia perniciosa. Fora da rede de esgoto, a presença de óleos nos rios cria uma barreira que dificulta a entrada de luz e a oxigenação da água, comprometendo assim, a base da cadeia alimentar aquática e contribui para a ocorrência de enchentes.

como reciclar

A arrecadação do óleo de cozinha é feita em processo semelhante ao que acontece com outros resíduos recebidos nas Estações de Reciclagem Pão de Açúcar Unilever. Para cada tipo de material – papel, metal, vidro e plástico – estão disponíveis containeres específicos. O mesmo acontece para a arrecadação do óleo, que deve ser guardado pelos consumidores em garrafas pet. Os clientes receberão a orientação sobre o passo a passo do armazenamento do resíduo em material específico, amplamente divulgado nas lojas participantes. Entre as indicações estão: aguardar o esfriamento do óleo e armazená-lo em uma garrafa plástica de 2 litros e, se possível, transparente. Tampar bem e depositá-la no coletor marrom indicado para essa finalidade

qual o destino do material reciclado

Diferentemente de outros processos de reciclagem de óleo que transformam o material em detergente (sabão ou sabonete), o óleo arrecadado nas Estações de Reciclagem Pão de Açúcar Unilever é encaminhado às cooperativas recicladoras de lixo cumprindo também uma função social, com geração de trabalho e renda. Das cooperativas, o material segue para uma empresa especializada e credenciada para ser transformado em biocombustível (biodiesel*). Com isso, além de conduzir o óleo vegetal de volta ao sistema produtivo, a ação evita a extração de combustíveis fosseis, não renováveis.

(*) Biodiesel é um combustível biodegradável derivado de fontes renováveis, que pode ser obtido por diferentes processos tais como o craqueamento, a esterificação ou pela transesterificação. Esta última, mais utilizada, consiste numa reação química de óleos vegetais ou de gorduras animais com o álcool comum (etanol) ou o metanol, estimulado por um catalisador. (fonte: www.biodiesel.gov.br)

O biodiesel feito com óleo de cozinha segue as seguintes etapas:

Ä Decantagem e filtragem do óleo para eliminação de impurezas.

Ä Após limpo, o óleo é colocado em um reator de inox, onde é feito a reação com álcool (etanol ou metanol) e um catalisador (potassa cáustica ou metilato de sódio). Esta reação ocorre entre 2 e 3 horas.

Ä Reação concluída o produto é colocado em tanque e após descanso, ocorre a separação das fases (biodiesel e glicerina).

Ä Por um sistema de drenagem é extraído o biodiesel.

Ä O biodiesel retirado vai para outro tanque com agitação onde é adicionada terra filtrante e clarificante.

Ä Em outro tanque o biodiesel passa por um filtro prensa para retirada da terra e outras impurezas, terminando assim o processo.

sobre as estaçoes de reciclagem Pão de Açúcar unilever

Referência por sua eficiência e sustentabilidade, o projeto “Estações de Reciclagem Pão de Açúcar Unilever” já recebeu, desde o seu lançamento, em 2001, catorze mil e oitocentos toneladas de material, incluindo plásticos, papéis, metais, alumínios e vidros. Por mês, somados os 98 pontos de coleta, o programa recebe, em média, 322 toneladas de resíduos, o que faz dele um dos programas de maior volume de embalagens pós-consumo coletadas e recicladas no país.

Se o volume de material já é sinônimo de um projeto vencedor, o caráter social dessa iniciativa faz com que essa seja uma das mais bem sucedidas ações de preservação ambiental aliada à inclusão social. O projeto, além de proteger o meio ambiente, gera 350 posições de trabalho como atendentes, coletores e triadores de materiais, que fazem parte de 17 cooperativas de catadores.

Para complementar o sistema proposto pelas Estações de Reciclagem Pão de Açúcar Unilever e incentivar os consumidores a reciclar, as lojas da rede distribuem sacolas de supermercados com estampas nas cores padrão de reciclagem e informações sobre o processo de separação dos materiais. Além disso, orientadores ambientais (fiscais da natureza) supervisionam cada uma das estações e estimulam os clientes a participarem do projeto separando o seu lixo doméstico.

Pão de Açúcar – responsabilidade socio-ambiental

Não há como se imaginar o crescimento das empresas descolado das questões sociais e ambientais. Em todos os seus processos, o Grupo Pão de Açúcar busca alinhar a melhoria contínua das condições sócio-ambientais e minimizar as ações potencialmente agressivas ao meio ambiente.

Compartilhar.

Sobre o autor

Comentários desativados.

000-017   000-080   000-089   000-104   000-105   000-106   070-461   100-101   100-105  , 100-105  , 101   101-400   102-400   1V0-601   1Y0-201   1Z0-051   1Z0-060   1Z0-061   1Z0-144   1z0-434   1Z0-803   1Z0-804   1z0-808   200-101   200-120   200-125  , 200-125  , 200-310   200-355   210-060   210-065   210-260   220-801   220-802   220-901   220-902   2V0-620   2V0-621   2V0-621D   300-070   300-075   300-101   300-115   300-135   3002   300-206   300-208   300-209   300-320   350-001   350-018   350-029   350-030   350-050   350-060   350-080   352-001   400-051   400-101   400-201   500-260   640-692   640-911   640-916   642-732   642-999   700-501   70-177   70-178   70-243   70-246   70-270   70-346   70-347   70-410   70-411   70-412   70-413   70-417   70-461   70-462   70-463   70-480   70-483   70-486   70-487   70-488   70-532   70-533   70-534   70-980   74-678   810-403   9A0-385   9L0-012   9L0-066   ADM-201   AWS-SYSOPS   C_TFIN52_66   c2010-652   c2010-657   CAP   CAS-002   CCA-500   CISM   CISSP   CRISC   EX200   EX300   HP0-S42   ICBB   ICGB   ITILFND   JK0-022   JN0-102   JN0-360   LX0-103   LX0-104   M70-101   MB2-704   MB2-707   MB5-705   MB6-703   N10-006   NS0-157   NSE4   OG0-091   OG0-093   PEGACPBA71V1   PMP   PR000041   SSCP   SY0-401   VCP550   HP0-S42   70-483   101   000-080   1z0-434   CCA-500   CAP   1Z0-804   220-802   70-483   SY0-401   70-980   300-101   c2010-652   ICGB   1Z0-144   101   70-533   000-017   1Z0-060   640-916   9L0-012   MB2-704   9L0-066   2V0-621D   1Z0-144   1Y0-201   74-678   EX200   70-483   700-501   210-260   200-310   100-105  , JK0-022   350-080   300-070   CISSP   810-403   CAS-002   300-206   200-101   OG0-093   000-104   MB6-703   CISSP   1Z0-144   070-461   1Z0-060   SSCP