RENAULT FOCA NO MEIO AMBIENTE

0

O Grupo Renault reafirma os seus investimentos visando soluções industriais úteis para a redução das emissões. O Grupo Renault, que é o primeiro fabricante automotivo europeu que investiu maciçamente no veículo 100% elétrico, reduziu em 10%, nos últimos 3 anos, a emissão de carbono de todos os seus veículos.
Na dinâmica da COP 21, e tendo em vista a relevância dada atualmente à indústria automotiva, a Renault decidiu intensificar o desenvolvimento de tecnologias visando proteger ainda mais o meio ambiente.
Neste âmbito, o Grupo Renault considera que a comissão independente criada pelo poder público consiste num fator positivo para os fabricantes automotivos franceses, a serviço da transparência para com os consumidores:
– Os veículos da Renault não estão equipados com softwares ou sistemas que visam fraudar o controle antipoluição.
– Os veículos da Renault foram homologados em conformidade com a regulamentação.
– Há ainda, para a Renault, a possibilidade de avançar consideravelmente em relação à emissão de óxido de nitrogênio (NOx) em condições de utilização real do veículo.
O setor de engenharia da Renault lançou, em julho de 2015, um programa de pesquisa visando a melhoria das soluções de redução das emissões de NOx.
Com base num cronograma da atividade de engenharia e visando a aplicação no menor prazo possível, a Renault deu início a um processo contínuo de melhoria do desempenho dos sistemas antipoluição EGR (recirculação dos gases). O objetivo desse programa, que tem um orçamento adicional de 50 milhões de euros, consiste em reduzir significativamente as diferenças entre as emissões reais e as emissões normatizadas.
A partir do mês de julho de 2016, o EGR aperfeiçoado será instalado progressivamente em todos os veículos que saem das fábricas.
Ao mesmo tempo, a Renault está dando continuidade ao seu programa ambicioso de investimentos em P&D, que corresponde à soma de 1,2 bilhão no período de cinco anos, em conjunto com o seu parceiro da Aliança Nissan, visando desenvolver, com foco nas futuras normas Euro6d, a nova geração de motores menos poluentes e com melhor desempenho. Foi decidida a aceleração da implementação desse programa.

Compartilhar.

Sobre o autor

Comentários desativados.

000-017   000-080   000-089   000-104   000-105   000-106   070-461   100-101   100-105  , 100-105  , 101   101-400   102-400   1V0-601   1Y0-201   1Z0-051   1Z0-060   1Z0-061   1Z0-144   1z0-434   1Z0-803   1Z0-804   1z0-808   200-101   200-120   200-125  , 200-125  , 200-310   200-355   210-060   210-065   210-260   220-801   220-802   220-901   220-902   2V0-620   2V0-621   2V0-621D   300-070   300-075   300-101   300-115   300-135   3002   300-206   300-208   300-209   300-320   350-001   350-018   350-029   350-030   350-050   350-060   350-080   352-001   400-051   400-101   400-201   500-260   640-692   640-911   640-916   642-732   642-999   700-501   70-177   70-178   70-243   70-246   70-270   70-346   70-347   70-410   70-411   70-412   70-413   70-417   70-461   70-462   70-463   70-480   70-483   70-486   70-487   70-488   70-532   70-533   70-534   70-980   74-678   810-403   9A0-385   9L0-012   9L0-066   ADM-201   AWS-SYSOPS   C_TFIN52_66   c2010-652   c2010-657   CAP   CAS-002   CCA-500   CISM   CISSP   CRISC   EX200   EX300   HP0-S42   ICBB   ICGB   ITILFND   JK0-022   JN0-102   JN0-360   LX0-103   LX0-104   M70-101   MB2-704   MB2-707   MB5-705   MB6-703   N10-006   NS0-157   NSE4   OG0-091   OG0-093   PEGACPBA71V1   PMP   PR000041   SSCP   SY0-401   VCP550   HP0-S42   70-483   101   000-080   1z0-434   CCA-500   CAP   1Z0-804   220-802   70-483   SY0-401   70-980   300-101   c2010-652   ICGB   1Z0-144   101   70-533   000-017   1Z0-060   640-916   9L0-012   MB2-704   9L0-066   2V0-621D   1Z0-144   1Y0-201   74-678   EX200   70-483   700-501   210-260   200-310   100-105  , JK0-022   350-080   300-070   CISSP   810-403   CAS-002   300-206   200-101   OG0-093   000-104   MB6-703   CISSP   1Z0-144   070-461   1Z0-060   SSCP