Renault lança o Logan

0

A Renault do Brasil está lançando no País um dos seus maiores sucessos mundiais. Fabricado no Complexo Ayrton Senna, em São José dos Pinhais, no Paraná, o Logan chega ao País para satisfazer às necessidades de uma grande parcela de compradores: um carro de tamanho médio com preço de compacto.

O amplo espaço interno, projetado para acomodar cinco adultos de grande porte e 510 litros de bagagem, a robustez mecânica, a facilidade de manutenção e a garantia de três anos inédita no segmento são alguns dos principais atrativos do Renault Logan.

“Com o Logan atrairemos um novo público para a Renault do Brasil. Estamos certos de que esses compradores terão orgulho em ter um Logan na garagem, pois para eles será o jeito mais fácil de ter um carro que oferece status, espaço, robustez e mecânica confiável”, afirma Jérôme Stoll, Presidente da Renault do Brasil e Diretor Geral da Renault Mercosul. Logan e Clio Sedan conviverão juntos no mercado: o primeiro é destinado a quem precisa de um veículo espaçoso e acessível, já o Clio Sedan, dono de uma clientela fiel, continuará atendendo a um público de maior renda, com dois ou mais veículos na garagem e que valoriza um alto nível de equipamentos de conforto e comodidade de série.

Oferecido em três versões de acabamento e com dois tipos de motor, o Renault Logan apresenta estilo sóbrio e discreto que denota a robustez do conjunto. É um automóvel concebido desde o início do projeto para ser sedã, ao contrário da maioria dos modelos compactos desta configuração que nasce a partir de um hatchback e, portanto, tem o terceiro volume adaptado ao restante da carroceria. Um dos maiores benefícios desta concepção, além da harmonia estética, é a racionalização da parte interna.

Cinco adultos viajam com conforto e segurança no Renault Logan. Os materiais de acabamento interno são de alta qualidade e o nível de ruído, um dos mais baixos do segmento. “Para se ter uma idéia de nossa preocupação com a qualidade dos materiais, empregamos o mesmo tipo de plástico de acabamento usado no Clio europeu”, observa Bruno Hohmann, Gerente de Marketing da Renault do Brasil. Na fase de desenvolvimento, as equipes de técnicos da fábrica brasileira rodaram um milhão de quilômetros para ajustar o Logan às preferências do comprador brasileiro.

O Logan foi projetado para enfrentar as mais severas condições de rodagem nos mais de 50 países dos cinco continentes onde é vendido. Por isso conta com uma arquitetura resistente e um conjunto mecânico extremamente simples. “A grande revolução do Logan é resgatar a simplicidade para o universo do automóvel”, afirma Robson Beltrame, Gerente de Engenharia da Renault do Brasil.

Apontado como referência em qualidade e em confiabilidade pela revista francesa “L’Automobile Magazine”, o Renault Logan também se destaca pela economia de combustível e pelo baixo custo de manutenção: deixar um Logan em ordem custará menos de R$ 1 por dia, ao longo de três anos de garantia, de acordo com os cálculos da Renault do Brasil.


Renault Contrato 2009 prevê o lançamento de seis novos modelos até 2009

O “Renault Contrato 2009” é um conjunto de metas estabelecido no começo de 2006 pelo presidente e CEO do Grupo Renault, Carlos Ghosn. O principal objetivo é posicionar o Grupo como o mais rentável fabricante europeu de automóveis, com crescimento de vendas de 800.000 veículos até 2009.

A Renault do Brasil comercializará seis novos modelos, conforme anunciado por Jérôme Stoll, Presidente da Renault do Brasil e Diretor-Geral da Renault Mercosul, quando da apresentação dos objetivos do plano “Renault Mercosul Contrato 2009 – Compromisso Brasil”, em outubro do ano passado. O Logan é o terceiro veículo lançado no País dentro da estratégia desse plano, no qual já estão inclusos o Mégane Sedan e o Mégane Grand Tour, apresentados em 2006.

No Brasil, a produção deverá saltar das 78.000 unidades registradas em 2006 para cerca de 170.000 unidades dentro de dois anos.

Renault Logan, o jeito mais fácil
de ter um grande carro

O Renault Logan chega ao Brasil para acolher uma significativa parcela de compradores não atendida pelos modelos disponíveis no mercado. É um automóvel do porte de um modelo sedã médio, com preço de carro compacto. Simples e de concepção moderna, é um dos mais robustos veículos de passeio fabricados atualmente. O Logan é produzido na linha de montagem do Complexo Ayrton Senna, em São José dos Pinhais, Paraná.

“Estamos orgulhosos em poder oferecer o Logan ao consumidor brasileiro. Um modelo adequado ao perfil do exigente consumidor brasileiro no que se refere à qualidade, durabilidade, robustez, conforto e espaço interno. O Logan é um carro com vocação familiar e, por isso, atrairá bastante clientes à nossa marca”, afirma Jérôme Stoll, Presidente da Renault do Brasil e Diretor Geral da Renault Mercosul. Stoll observa que com o Logan, criado na virada do milênio, a Renault estabeleceu um novo padrão de veículos em todo o mundo. “Mais que os números de vendas, a maior prova do sucesso do Logan é que a fórmula de se fazer um carro simples e funcional, mas com tecnologia, começou a ser adotada por alguns dos grandes fabricantes mundiais”.

1.000.000 de Logan vendidos até 2010

O Brasil é o sétimo país a fabricar o Logan. Lançado em setembro de 2004, o modelo é produzido na Romênia (300.000 unidades/ano), na Rússia (60.000 unidades/ano), no Marrocos (30.000 unidades/ano), na Colômbia (16.000 unidades/ano), no Irã (300.000 unidades/ano) e na Índia (50.000 unidades/ano). No Brasil, a capacidade de produção é de 110.000 carros/ano, parte destinada à exportação para alguns países do Mercosul e também para o México, onde será comercializado pela Nissan. Já chega com 80% de nacionalização.

Até o começo de 2010, um milhão de unidades do Logan terão sido produzidas em todo o mundo, conforme as expectativas da Renault. Oferecido em mais de 50 países dos cinco continentes, mais de 500.000 unidades do Logan e seus derivados já foram vendidas em todo o mundo.

Montado a partir da plataforma B da Aliança Renault-Nissan – a mesma do Renault Modus e do Nissan Micra -, o Renault Logan representa, nas palavras de Christian Pouillaude, Vice-Presidente da Renault do Brasil, o melhor custo-benefício no segmento dos compactos. “Nenhum outro carro do segmento à venda no país oferece mais espaço para passageiros e bagagens que o Logan”, afirma. As proporções internas do modelo só podem ser comparadas às dos sedãs médios: acomoda cinco adultos de até 1,90 metro de altura e transporta 510 litros de bagagem.

As dimensões externas, igualmente, equivalem as dos sedãs médios. Como comparação, tem entreeixos de 2.630 milímetros, 30 milímetros a mais que o do Toyota Corolla. Ao lado do Chevrolet Vectra, revela-se mais largo (1.742 mm x 1.728 mm) e mais alto (1.525 mm x 1.425 mm).

“O Logan destina-se, basicamente, às famílias com dois ou mais filhos e sem renda o suficiente para comprar um carro médio. Será normalmente o único carro da casa e, por isso, precisa ser espaçoso, confortável e de baixa manutenção”, explica Maristela Castanho, Diretora de Planejamento de Produto da Renault do Brasil. “Estamos certos de que esses compradores terão orgulho em ter um Logan na garagem, pois para eles será o jeito mais fácil de ter um carro que oferece status, espaço, robustez e mecânica confiável”.

 

Compartilhar.

Sobre o autor

Comentários desativados.

000-017   000-080   000-089   000-104   000-105   000-106   070-461   100-101   100-105  , 100-105  , 101   101-400   102-400   1V0-601   1Y0-201   1Z0-051   1Z0-060   1Z0-061   1Z0-144   1z0-434   1Z0-803   1Z0-804   1z0-808   200-101   200-120   200-125  , 200-125  , 200-310   200-355   210-060   210-065   210-260   220-801   220-802   220-901   220-902   2V0-620   2V0-621   2V0-621D   300-070   300-075   300-101   300-115   300-135   3002   300-206   300-208   300-209   300-320   350-001   350-018   350-029   350-030   350-050   350-060   350-080   352-001   400-051   400-101   400-201   500-260   640-692   640-911   640-916   642-732   642-999   700-501   70-177   70-178   70-243   70-246   70-270   70-346   70-347   70-410   70-411   70-412   70-413   70-417   70-461   70-462   70-463   70-480   70-483   70-486   70-487   70-488   70-532   70-533   70-534   70-980   74-678   810-403   9A0-385   9L0-012   9L0-066   ADM-201   AWS-SYSOPS   C_TFIN52_66   c2010-652   c2010-657   CAP   CAS-002   CCA-500   CISM   CISSP   CRISC   EX200   EX300   HP0-S42   ICBB   ICGB   ITILFND   JK0-022   JN0-102   JN0-360   LX0-103   LX0-104   M70-101   MB2-704   MB2-707   MB5-705   MB6-703   N10-006   NS0-157   NSE4   OG0-091   OG0-093   PEGACPBA71V1   PMP   PR000041   SSCP   SY0-401   VCP550   HP0-S42   70-483   101   000-080   1z0-434   CCA-500   CAP   1Z0-804   220-802   70-483   SY0-401   70-980   300-101   c2010-652   ICGB   1Z0-144   101   70-533   000-017   1Z0-060   640-916   9L0-012   MB2-704   9L0-066   2V0-621D   1Z0-144   1Y0-201   74-678   EX200   70-483   700-501   210-260   200-310   100-105  , JK0-022   350-080   300-070   CISSP   810-403   CAS-002   300-206   200-101   OG0-093   000-104   MB6-703   CISSP   1Z0-144   070-461   1Z0-060   SSCP